Ministério da Saúde tinha 114 imóveis desocupados em 2018

No início de 2018, o Ministério da Saúde tinha 114 imóveis desocupados, o que compreendia uma área de “pelo menos 369 mil metros quadrados e um valor patrimonial de 3,9 milhões de euros, relativo apenas a metade desses imóveis”.

A notícia, avançada pelo Jornal de Negócios nesta sexta-feira, cita números de uma auditoria realizada no biénio 2016/2017 pela Inspeção-Geral de Finanças (IGF).

Segundo a auditoria, 62 entidades do Ministério da Saúde ocupavam 2756 imóveis no final de 2016, o que representa 12% do universo total de imóveis registados no Sistema de Informação dos Imóveis do Estado da Direção-Geral do Tesouro e Finanças.

A mesma inspeção concluiu, no entanto, que só cerca de metade (48%) é propriedade pública, concentrando-se a maioria nas cinco Administrações Regionais de Saúde.

“Os registos dos imóveis no SIIE, sob gestão do MS, revelam insuficiências, pois não refletem a situação integral e atual do património imobiliário, com destaque para a ausência de dados sobre: o registo predial (53%), o registo na matriz (43%), o valor patrimonial (51%) ou o valor de avaliação (72%)”, pode ler-se no documento divulgado no site da IGF a que o Negócios acedeu.

De acordo com o jornal, da Inspeção-Geral de Finanças identificaram ainda “um número residual de cedências de imóveis a título gratuito a entidades privadas”, ainda que maioritariamente ligadas à área da saúde.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PS e CDS na Madeira desencontrados, PSD e Bloco continuam no Norte

No arranque da segunda semana de campanha para as autárquicas, os líderes do PS e do CDS-PP apostam na Madeira mas com horários desencontrados, enquanto BE e PSD continuam a norte, e PAN e PCP …

Depois de "disparate" em Matosinhos, Costa promete "lição exemplar" à Galp. Empresa não comenta

António Costa deixou críticas ao encerramento da refinaria de Matosinhos, na sequência da decisão da Galp de concentrar as operações em Sines. A empresa escusou-se a fazer qualquer comentário sobre as declarações. No domingo, o secretário-geral …

Confronto entre EUA e China é "perigoso para o mundo", alerta Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou no domingo que um confronto entre os Estados Unidos (EUA) e a China é "perigoso para o mundo" e que, apesar das diferenças, há áreas onde …

Portugal recebeu no domingo grupo de 80 afegãos

Portugal recebeu no domingo 80 afegãos, na maioria atletas da equipa de futebol feminino e seus agregados familiares, elevando para 178 o total de cidadãos acolhidos após a emergência humanitária no Afeganistão, anunciou esta segunda-feira …

Inspeção obrigatória das motas começa em janeiro de 2022

Quase dez anos depois de a medida ter sido aprovada pelo Governo, a inspeção obrigatória de motas com mais de 125 cc vai arrancar em janeiro de 2022. Jorge Delgado, secretário de Estado das Infraestruturas, referiu …

André Ventura - Chega

Ventura diz que PSD está "igual" ao PS - e desafia Rio a justificar atraso no interior

O líder do Chega, André Ventura, manifestou-se hoje preocupado com o panorama político à direita, observando que o PSD está “igual” ao PS e acusando ambos os partidos de terem abandonado o interior do país. “Estou …

Sem Cristiano, o que se passa com a Juventus?

Nenhum triunfo em quatro jornadas do campeonato. Não acontecia há 60 anos. E o problema maior não estará no ataque, apesar da saída de Cristiano Ronaldo. Estreia na temporada: 2-2 no terreno da Udinese. Receber o …

Pacto AUKUS. Nova aliança dos EUA na Ásia-Pacífico pode levar a "corrida às armas nucleares"

A nova aliança dos Estados Unidos (EUA) na região da Ásia-Pacífico e a recente compra de submarinos norte-americanos por parte da Austrália pode desencadear uma "corrida às armas nucleares" na região, avisou esta segunda-feira a …

Costa foi omnipresente, agradeceu a regueifa e recarregou a "bazuca" como arma política

António Costa correu oito concelhos do Norte, em missão de campanha eleitoral. A "bazuca" europeia é usada como arma política, assim como a gestão da pandemia. A pandemia era um ponto de inflexão para as eleições …

"Queremos justiça", exigem famílias de vítimas do ataque em Cabul. CIA alertou para a presença de civis

A família das 10 vítimas mortais do ataque com drone dos EUA a um veículo em Cabul exigem que os operadores sejam julgados em tribunal. A CIA terá alertado para a presença de civis segundos …