Ministério Público chegou a pedir pulseira eletrónica para Carrilho

manuelmariacarrilho.com

Manuel Maria Carrilho, professor universitário e ex-ministro da Cultura

Manuel Maria Carrilho, professor universitário e ex-ministro da Cultura

Em junho do ano passado, ao longo do processo que se seguiu ao divórcio de Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho, o Ministério Público (MP) chegou a pedir que o ex-ministro da Cultura passasse a usar pulseira eletrónica de forma a impedi-lo de se aproximar da apresentadora.

De acordo com o jornal i, com base em documentos do MP relativos ao processo, o pedido da procuradora Daniela D’Évora surgiu como agravamento das medidas de coação impostas a 18 de janeiro de 2014, quando Carrilho foi proibido pelo tribunal de contactar e de se aproximar da casa da ex-mulher, excepto por questões relacionadas com a guarda partilhada dos filhos. O ex-ministro só veio a ser acusado pelo Ministério Público de violência doméstica quatro meses depois.

No entanto, a 26 de junho, no seguimento de supostas invasões e agressões que o ex-ministro da Cultura terá cometido no apartamento onde vive a ex-mulher aquando da entrega das crianças, a procuradora do MP Daniela D’Évora propôs que Carrilho ficasse com pulseira eletrónica, de maneira a garantir a segurança da apresentadora.

“O arguido, a pretexto de cumprir o acordo relativo ao exercício das responsabilidades parentais relativo aos filhos menores comuns, tem forçado os encontros e os contactos pessoais com a assistente [Bárbara Guimarães], fazendo questão de os entregar à mãe à porta de casa e não aceitando que a empregada doméstica ou qualquer outro familiar os venha receber à porta”, lê-se no documento do MP, citado pelo i.

A procura Daniela D’Évora relatava ainda, no documento referido pelo jornal, que Carrilho aproveitaria a entrega das duas crianças à mãe para a “insultar” e “atemorizar, prometendo fazer-lhe mal na sua vida pessoal, pública e profissional”.

 

Se a proposta do MP fosse aceite, no caso de Carrilho se aproximar da ex-mulher, esta poderia ser alertada através de um pager, com base num sistema de geolocalização por satélite da pulseira. O alerta seria igualmente enviado para uma equipa da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, que então alertaria a polícia.

O Tribunal de Instrução Criminal, contudo, rejeitou a aplicação desta medida, declarando em setembro que as medidas de coação a que o antigo ministro estava sujeito desde janeiro do ano passado eram suficientes para “afastar o perigo de continuação da actividade criminosa”, não havendo necessidade de serem alteradas.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha vai rastear mais de 40 milhões de telemóveis para enfrentar pandemia

Mais de 40 milhões de telemóveis vão ser rastreados em Espanha num estudo de mobilidade anónima que permitirá conhecer os movimentos da população entre territórios e contribuir para tomar decisões para enfrentar a pandemia causada …

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …

Liga belga propõe fim do campeonato e o Club Brugge campeão

A Liga de futebol da Bélgica recomendou esta quinta-feira que se dê por terminada a época 2019/20 do campeonato e a “aceitação da classificação atual” que faz do Clube Brugge campeão, devido ao novo coronavírus …

Pico da pandemia pode ser tardio. "Só saberemos quando começarmos a descer"

A diretora-geral da Saúde disse que ainda não é possível saber quando é que será o pico da covid-19 em Portugal, alertando que este pode ser tardio, uma vez que uma progressão mais lenta da …