Mini-exército de Terracota descoberto em fossa milenar na China

Uma equipa de arqueólogos descobriu uma espécie de exército em miniatura no interior de uma fossa milenar na China. Foram encontradas centenas de figuras, que incluem carruagens cuidadosamente organizadas, mini-estátuas de cavalaria, torres de vigia, infantaria e até músicos.

As figuras agora encontradas parecem personalizar a versão miniatura do mítico Exército de Terracota – uma coleção de carruagens e esculturas de soldados, cavalos, animadores e autoridades civis em tamanho real – construída por Qin Shi Huang, o primeiro imperador da China.

Tendo em conta o design dos artefactos agora descobertos, os arqueólogos acreditam que o enorme buraco foi construído há cerca de 2.100 anos, ou então um século após a construção do Exército de Terracota.

De acordo com o relato dos cientistas, a parte sul do cavidade estava preenchida com formações de cavalaria e bigas – carros de guerra de duas rodas, puxados a cavalo, bem como modelos de torres de vigia com 1,4 metros de altura.

Já no centro da escavação, foram encontrados cerca de 300 cavala de infantaria em alerta, organizados numa formação quadrada. Por sua vez, a parte norte da fossa tinha um modelo de um pavilhão teatral, compostos por pequenas esculturas de músicos.

“A forma e a escala da cova sugerem que este acompanha um grande local de sepultamento”, escreveram os arqueólogos no artigo recentemente publicado na revista Chinese Cultural Relics. Os “veículos, cavalaria e infantaria em formação quadrada foram reservados para enterros de monarcas, oficiais ou príncipes meritórios“, pode ler-se.

Tal como explicado acima, os soldados e a cavalaria do exército agora descobertos são bastante menores do que as esculturas do Exército de Terracota. Com base na data, dimensão e localização da fossa, os especialistas acreditam que o exército recém-descoberto pode ter sido construído para Liu Hong, príncipe de Qi – poderoso estado da China antiga -, filho do imperador Wu (reinou entre 141 e 84 a.C).

Hong viveu na cidade de Linzi que fica localizada perto da cavidade agora descoberta, tendo morrido em 110 a.C. “Fontes textuais registaram que Liu Hong foi instalado como o príncipe de Qi ainda muito jovem e, infelizmente, morreu cedo, sem deixar qualquer herdeiro”, notaram os arqueólogos na publicação.

Túmulo fica por encontrar

Se esta espécie de poço e o exército de estatuetas de cerâmica foram construídos para proteger Hong, ou qualquer outro membro da família real, na vida após a morte, o seu túmulo deve estar nas proximidades.

“Há possivelmente vestígios arquitetónicos ou um caminho vai até ao local da sepultura, mas não há como explorar a câmara funerária principal”, escrevam os arqueólogos, notando que a tumba pode mesmo ter sido destruída.

Habitantes mais velhos da região relataram um proeminente monte de terra, com cerca de quatro metros de altura perto da cova. Mais tarde, conta os especialista, a terra foi movida e o terreno achatado para ampliar a linha ferroviária.

Esta descrição é corroborada por uma fotografia aérea capturada em 1938 pela Força Área Japonesa – na época, em guerra com a China -, que mostra um possível monte funerário perto da ferrovia.

A fossa foi descoberto no inverno de 2017 juntamente com outros sítios arqueológicos durante obras de construção na área. Após a descoberta, o local foi escavado pela Agência de Relíquias Culturais do Distrito Linzi da cidade de Zibo.

Após a conclusão da escavação, foi publicado pela primeira vez, e na língua chinesa, um artigo em 2016. O artigo foi recentemente traduzido para inglês, sendo depois pubicado na revista Chinese Cultural Relics.

Mítico Exército de Terracota

As escavações do Exército de Terracota, encontrados ao lado do túmulo do primeiro imperador da China, são as únicas até agora encontradas na China com um exército de soldados de cerâmica em tamanho real.

Logo após a sua morte, em 210 a.C, a sua dinastia, conhecida como dinastia de Qin, entrou e colapso e uma nova dinastia, conhecida como dinastia de Han, ascendeu, tomando o poder na China.

Alguns dos governantes da dinastia de Han continuaram a construir fossas com exércitos de soldados de cerâmica para os seus enterros, mas os soldados eram consideravelmente menores. Por exemplo, o exército recém-descoberto é composto por figuras de 20 a 30 centímetros de altura, estátuas bem mais pequenas do que as do Exército de Terracota.

O mítico exército de Qin Shi Huang era composto por mais de oito mil soldados, 130 carruagens com 520 cavalos e 150 cavalos de cavalaria, a maioria das peças ainda permanecem enterradas na proximidades da sua sepultura.

A construção deste mausoléu começou em 246 a.C. e, os historiadores acreditam que tenha sido necessário 700.000 trabalhadores e artesãos para o completar, num trabalho de construção que terá levado 38 anos a completar.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “…a parte sul do cavidade estava preenchida com formações de cavalaria e bigas – carros romanos puxados a cavalo…”

    Isto quer dizer que a região da China importava bigas de Roma? Ou talvez queiram rever a definição de biga. Com tudo o que se diz de mal da Wikipédia, ela se calhar era capaz de ajudar com uma definição mais exacta.

RESPONDER

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …

A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

https://vimeo.com/368036025 Porcos tão pesados como ursos polares. Esta é a solução encontrada por produtores chineses de porcos que tentam resolver o problema da falta de carne no mercado, muito por culpa da gripe suína africana dizimou …

Rússia e Síria vão partilhar controlo do nordeste sírio

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse hoje que a Turquia e a Rússia alcançaram um acordo pelo qual as forças curdas da Síria vão recuar 30 quilómetros a partir da zona fronteiriça do nordeste …

Câmara dos Comuns aprova acordo do Brexit (mas rejeita calendário apertado)

A Câmara dos Comuns aprovou esta terça-feira a primeira votação do acordo para o Brexit. No entanto, a calendarização da saída foi rejeitada numa segunda votação, deixando um impasse na data para o Brexit. Pela primeira …