Presidente da República Checa quer revogar reconhecimento do Kosovo

David Sedlecký / Wikimedia

Miloš Zeman, Presidente da República Checa

O Presidente da República Checa propôs que o seu país revogue o reconhecimento como país independente do Kosovo, antiga província sérvia, uma sugestão contrariada pelo chefe da diplomacia de Praga.

Milos Zeman sugeriu esta alteração da posição do Governo checo no segundo e último dia de uma visita oficial à Sérvia, que não reconhece a independência do Kosovo.

No decurso de uma conferência conjunta com o seu homólogo sérvio Aleksandar Vucic, o Presidente checo esclareceu que não pode revogar o reconhecimento por Praga da independência do Kosovo, mas que pretende colocar a questão.

“Não sou um ditador. Mas o que posso fazer é perguntar… Vou perguntar se a questão pode ser concretizada”, afirmou na conferência de imprensa conjunta.

Zeman, também conhecido por diversas declarações impetuosas, disse na terça-feira que gosta da Sérvia e do povo sérvio, mas não tem particular apreço pelo Kosovo, com maioria de população albanesa muçulmana.

O ministro dos Negócios Estrangeiros checo, Tomas Petricek, considerou não existir motivo para o Governo reconsiderar a sua decisão sobre o Kosovo. “Apesar de não ver qualquer razão para semelhante debate neste momento, porque a situação nos Balcãs não se alterou, estou disposto a falar com Zeman sobre a sua posição”.

Mais de cem países reconheceram a declaração da independência do Kosovo anunciada em 2008, incluindo 23 Estados-membros da União Europeia (UE) e os Estados Unidos. Para além da Sérvia, Rússia, China, Índia ou África do Sul recusaram legitimar essa declaração unilateral.

As conversações mediadas pela UE sobre a normalização das relações entre a Sérvia e o Kosovo estão suspensas e o clima de tensão tem-se acentuado na região. A Sérvia tem efetuado diversos esforços para convencer outros países a recuarem no seu reconhecimento do Kosovo. Cerca de 12 Estados, na sua maioria situados em África, já terão adotado essa posição.

Hoje, Vucic voltou a insistir na necessidade de um “compromisso” para resolver a disputa do Kosovo e considerou ainda Zeman um amigo da Sérvia, e com a reputação de “um homem que pensa pela sua cabeça”.

No decurso da conferência de imprensa conjunta, Zeman definiu o Kosovo como um país “dirigido por criminosos de guerra”.

O primeiro-ministro demissionário do Kosovo, Ramush Haradinaj, foi recentemente convocado por um tribunal internacional para depor sobre alegados crimes de guerra cometidos durante a guerra (1998-1999). No entanto, recusou prestar declarações perante a instância e não foi indiciado. O Kosovo realiza legislativas antecipadas em outubro.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Será que aqueles países da Europa Ocidental que foram quanto a mim os obreiros de tal disparate seguindo a mesma lógica estarão amanhã dispostos a prescindir de parte do seu território quando esse já estiver habitado por uma maioria de muçulmanos? Para lá caminhamos resta apenas saber se o parecer será ou não igual.

RESPONDER

"Marte está vivo". Sonda InSight regista mais de 170 eventos sísmicos no Planeta Vermelho

Resultados dos primeiros dez meses de exploração da sonda InSight da NASA revelaram que o Planeta Vermelho é um mundo com atividade sísmica ativa. "Marte está vivo e a cada diz que passa começo a ter …

Um planeta pode ter sido "roubado" do Sistema Solar

Uma nova análise de astrónomos da Universidade Stony Brook, em Nova Iorque, revelou que as estrelas "roubam" planetas umas às outras - e isso também poderá ter acontecido no nosso próprio Sistema Solar. Quase tudo o …

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …