Mikhail Gorbachov alerta para risco de “nova Guerra Fria”

European Parliament / Flickr

Mikhail Gorbachev, último líder daUnião Soviética, o artífice da "perestroika" e da "glasnost"

Mikhail Gorbachov, último líder daUnião Soviética, o artífice da “perestroika” e da “glasnost”

O último líder da União Soviética, Mikhail Gorbachov, alertou este sábado para o risco de “uma nova Guerra Fria”, durante as comemorações que assinalam a queda do Muro de Berlim, na Alemanha.

“O mundo está à beira de uma nova Guerra Fria. Alguns dizem mesmo que já começou“, declarou Mikhail Gorbachov, na abertura de uma conferência sobre o mundo, um quarto de século depois da queda do Muro de Berlim.

Num cenário em que as tensões entre Ocidente e Rússia aumentam, o ex-líder soviético exprimiu “profunda preocupação” com a “rutura no diálogo” e a “quebra de confiança” entre os líderes internacionais.

“Não haverá segurança na Europa sem a cooperação de Alemanha e Rússia”, recordou o artífice das reformas “perestroika” (reconstrução) e “glasnost” (transparência), que abriram caminho à queda do Muro de Berlim, a 09 de novembro de 1989.

Recuperar o diálogo é “a prioridade máxima”, insistiu, considerando que, apesar das “duras críticas” aos Estados Unidos e à Europa, o atual presidente russo, Vladimir Putin, está a tentar “encontrar uma via para baixar as tensões e construir uma nova base de cooperação”.

Assinalando que os acontecimentos da década de 1980 são a prova de que, “mesmo para situações aparentemente sem esperança, existe uma saída”, Gorbachov sublinhou que a realidade daquela época “não era menos urgente e perigosa” do que a de hoje.

Numa entrevista à radio e televisão suíça RTS, que será transmitida este domingo, Gorbachov considerou que “a Europa corre o perigo de perder a voz nos assuntos internacionais e passar a ser, gradualmente, irrelevante”.

O ex-líder soviético concretizou: “Em vez de liderar a mudança num mundo global, a Europa converteu-se numa arena de agitação política, de competição por esferas de influência e de conflito militar. A consequência inevitável é a fragilização da Europa, numa altura em que outros centros de poder e influência ganham força.”

Por seu lado, a NATO “quer provar que pode salvar o mundo”, quando já não é sequer necessária, sustentou.

“Vêem-se novos muros. Na Ucrânia, querem cavar um enorme fosso”, reconheceu, admitindo que na atual situação “é muito difícil ser otimista”, mas frisando que não há razão para “sucumbir ao pânico e ao desespero”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …

Chega apresenta oito candidatos para o distrito do Porto. Ventura acredita que vai ter "grande resultado"

O líder do Chega anunciou este sábado oito candidatos às próximas eleições autárquicas no distrito do Porto, onde André Ventura acredita que o partido vai ter "um grande resultado". "Fizemos esta deslocação ao Porto para anunciar …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

"Novas dificuldades e entropias". Autarcas independentes exigem extinção imediata da CNE

Os presidentes de Câmara e representantes de movimentos independentes decidiram este sábado dar um novo prazo aos partidos para que estes possam alterar a lei eleitoral autárquica. Porém, exigem a extinção imediata da Comissão Nacional …

Estudo mostra que as ovelhas preferem acasalar com machos subordinados

Um novo estudo descobriu que, ao contrário do que se podia pensar, as ovelhas preferem acasalar com machos que estão mais abaixo na hierarquia. Atualmente, a vida sexual da maioria das ovelhas é controlada pela indústria …

“Vamos iniciar uma nova etapa". Madeira vai testar toda a população (gratuitamente)

O Governo da Madeira vai desencadear uma campanha de testagem massiva da população da região, ainda sem data, que será gratuita, para aferir da evolução da pandemia da covid-19 no arquipélago, anunciou este sábado o …

O armazenamento de energia "sem massa" está a chegar

Uma equipa de cientistas da Chalmers University of Technology, na Suécia, produziu uma bateria estrutural com um desempenho dez vezes melhor do que todas as versões anteriores. A descoberta abre caminho ao armazenamento de energia …

Ataque terrorista a cidade na Nigéria atinge organizações humanitárias e instalações da ONU

Jihadistas alegadamente ligados ao Estado Islâmico atacaram este sábado as instalações de várias organizações humanitárias e das Nações Unidas na cidade nigeriana de Damasak, e ainda estão no local, afirmaram fontes das organizações não-governamentais (ONG). O …

Os humanos foram "superpredadores" durante dois milhões de anos

Uma nova investigação revelou que os humanos foram um predador de ponta durante cerca de dois milhões de anos. Só a extinção da megafauna e o declínio das fontes de alimentos de origem animal no …

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …