Microsoft vai contratar 300 pessoas, formar funcionários públicos e investir em startups em Portugal

A Microsoft Portugal e o Governo assinaram esta sexta-feira um memorando de entendimento, numa parceria que prevê reforçar a cooperação entre a empresa e o país.

O protocolo assinado, descreve o Jornal Económico, estipula que a empresa contrate 300 trabalhadores, forme funcionários públicos com competências digitais e invista até um milhão de euros num programa para startups.

O memorando de entendimento foi assinado pelo ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e pela diretora-geral da Microsoft Portugal, Paula Panarra. A parceria promove iniciativas até ao final de 2022.

Para Pedro Siza Vieira, o memorando assinado hoje fará parte do “motor da transformação” de Portugal e contribuirá para a “transformação [digital] na administração pública, ao mesmo tempo que investe na “transformação do tecido empresarial”.

“Estou convicto que esta parceria reforça o compromisso coletivo do Estado português para a capacitação digital, imperativa para que o país possa alcançar um novo capítulo de prosperidade e produtividade”, afirmou o governante.

A primeira grande medida da empresa será iniciar o recrutamento de mais 300 pessoas “altamente qualificadas”, elevando o número de trabalhadores total da empresa para 1.500 em Portugal.

A Microsoft vai criar ainda o programa “Highway to 5 Unicorns”, investindo até um milhão de euros no apoio a cinco startups fora dos grandes centros urbanos do país. Além disso, o atual programa em vigor da tecnológica “Microsoft for Startups”, que já apoia 40 empresas, vai ser expandido para 100 negócios.

A empresa compromete-se ainda a formar cem mil portugueses até 2022 com competências digitais, através de 1.200 cursos online. A Microsoft Portugal vai criar um programa de desenvolvimento de competências para reforçar a qualificação dos trabalhadores da Administração Pública, durante os próximos dois anos.

O diretor executivo de setor público da Microsoft Portugal, Eduardo Antunes, explicou que a Microsoft vai também reforçar os seus centro tecnológico no país, “que hoje já presta apoio a mais de 90 países a partir de Portugal”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Formar para usar o software proprietário deles próprios quando o mundo se move para soluções abertas, nas quais existe de facto concorrência na prestação de serviços. Presente envenenado e que vai sair caro a médio/longo prazo.

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …