Netanyahu diz que métodos não letais “não funcionam” em Gaza

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

“Tentámos de todas as maneiras. Testámos todos os tipos de métodos. Só nos restam estas más opções. É mau”, afirmou o primeiro-ministro israelita.

Benjamin Netanyahu, líder israelita, afirmou que os métodos não letais “não funcionam” em Gaza, onde mais de 60 palestinianos foram mortos em protestos na segunda-feira.

“Tentámos de todas as maneiras. Testámos todos os tipos de métodos. Você tenta métodos não letais e não funcionam. Só nos restam estas más opções. É mau”, disse Netanyahu, numa entrevista à rede televisiva CBS, gravada em Jerusalém.

Netanyahu justificou assim a morte de, pelo menos, 55 palestinianos na segunda-feira, na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel, durante protestos contra a transferência da embaixada dos EUA de Telavive para Jerusalém, ordenada por Donald Trump.

“Tentámos minimizar as vítimas, mas são eles que as provocam na tentativa de pressionar Israel”, disse, acrescentando que “os palestinianos empurram civis, mulheres e crianças para a linha de fogo para conseguir vítimas”.

Se o movimento palestiniano Hamas não os tivesse empurrado, não teria acontecido”, concluiu Netanyahu.

Na reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, esta terça-feira, o enviado da ONU para o Médio Oriente, Nikolai Mladenov, responsabilizou Israel e o movimento palestiniano Hamas pela “tragédia sem justificação”. Mladenov frisou que Israel deve “calibrar o uso da força” e só utilizar meios letais como “último recurso“.

Na mesma reunião, os Estados Unidos isolaram-se na defesa de Israel contra uma indignação geral de várias nações.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Pois… Os judeus tinham de ser exterminados… Suspeito que Netanyahu terá uma ideia semelhante relativamente aos palestinianos…
      “Se o movimento palestiniano Hamas não os tivesse empurrado, não teria acontecido”. Se o Trump não tivesse provocado uma enorme escaladade violência, isso sim! As coisas estavam relativamente calmas e vem o Trump (as) por tudo por terra. E ainda acham que é um bom candidato ao Prémio Nobel… da Paz!

RESPONDER

Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais …

Netflix está a ser processada por causa de "Bandersnatch"

O episódio interativo de Black Mirror, que estreou no final do ano passado, não agradou à Chooseco, a editora responsável pela série de livros Escolhe a tua Aventura. A 28 de dezembro estreou o mais recente …

Piloto belga "admitiu" ter assassinado o secretário-geral da ONU em 1961

Dag Hammarskjöld, secretário-geral da ONU, morreu na queda de um avião quando tentava negociar a paz no Congo, e o desastre continua a ser investigado até hoje É um mistério com mais de cinco décadas cujo …

Acordo para o Brexit chumbado. Plano de May esmagado no Parlamento

O Parlamento britânico chumbou, por uma esmagadora maioria, o acordo de saída da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May. O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, aproveitou a derrota histórica de May para …

Senador italiano chamou “orangotango” a antiga ministra e foi condenado a pena suspensa

A justiça italiana condenou esta segunda-feira o senador da extrema direita Roberto Calderoli a 18 meses de prisão, com pena suspensa, por comparar, em 2013, a ministra da Integração, Cécile Kyenge, com um "orangotango". O tribunal …

Num restaurante do Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com o Dubai a tornar-se mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante lembrou-se de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma …

Roma e a Igreja em guerra milionária por causa das moedas da Fontana di Trevi

As moedas que os turistas lançam à Fontana di Trevi, um dos rituais mais populares entre quem visita Roma, está a causar problemas na relação entre a Igreja e a capital italiana. A câmara de Roma …

Frente Comum marca greve nacional da função pública

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa. “Foi decidido marcar um …

A Coreia do Norte já não é "inimiga" da Coreia do Sul

A Coreia do Sul deixou de apelidar os militares norte-coreanos de "inimigos" no documento bienal da Defesa divulgado esta terça-feira, num aparente esforço para prosseguir a reconciliação com Pyongyang. O documento oficial do Ministério da Defesa …

Tsipras enfrenta voto de confiança no parlamento grego

O primeiro-ministro grego enfrenta uma semana crucial com o pedido de um voto de confiança no parlamento, cujo debate se inicia esta terça-feira, ou a perspetiva de eleições antecipadas, após a rutura da coligação governamental …