Descoberta a origem dos meteoritos que caem com mais frequência na Terra

josemiguelmartinez / Flickr

Um estudo, conduzido pelo astrónomo Peter Jenniskens, identificou a fonte dos meteoritos mais comuns, conhecidos como condritos L.

É possível classificar os meteoritos em várias categorias pela textura e composições química e mineralógica, sendo os condritos os mais comuns de todos eles, representando 82% dos meteoritos.

Através do estudo, publicado na revista Meteoritics & Planetary Science, os cientistas conseguiram determinar que este tipo de meteorito vem de pelo menos dois campos de detritos no cinturão de asteroides – região circular do Sistema Solar formada por múltiplos objetos irregulares denominados asteroides – , originários de planetas outrora anões que colidiram há muito tempo. A colisão constante desses fragmentos produzem os meteoritos que caem na Terra.

Meteoritos que caíram em 2012 na cidade norte-americana de Novato, no estado da Califórnia, e em 2015 perto da cidade de Creston, também situada no mesmo estado, foram comparados e identificados como condritos L.

A princípio, os 33 investigadores envolvidos no estudo acharam que os meteoritos poderiam ter vindo do mesmo campo de detritos, mas foi determinado que o meteorito de Novato demorou três anos a contornar o Sol, enquanto o outro demorou um ano e meio para fazer o mesmo movimento.

Isso sugere que o primeiro meteorito caído foi enviado por uma ressonância mais distante do Sol e mais profunda no cinturão de asteroides.

Durante a grande colisão há 470 milhões de anos, o meteorito de Novato perdeu a maior parte dos seus gases nobres ou inertes, como o argónio, enquanto que o de Creston “não perdeu o argónio dos minerais nos últimos 4,3 mil milhões de anos”, afirmou o geoquímico Matthias Meier.

“Isso provavelmente significa que o asteroide do qual o meteorito de Creston se originou não sofreu a colisão que afetou o de Novato há 470 milhões de anos”, acrescentou Meier.

Embora estes meteoritos provenham de diferentes colisões em diferentes partes do cinturão de asteroides, têm muito em comum e parecem estar relacionados entre si, sugerem os autores do estudo.

Por exemplo, ter-se-iam tornado matéria sólida no mesmo corpo paternal, que poderia ter sido quebrado e as suas partes poderiam acabar em lugares diferentes no cinturão de asteroides.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vídeos da Momo causam pânico no Brasil

Pais e mães angustiados debateram intensamente, durante os últimos dias, vídeos infantis que teriam sido "invadidos" pela temida personagem Momo que, supostamente, ensinariam as crianças a usar objectos cortantes em casa para praticarem actos suicidas. Grupos …

Madeira chega a acordo com enfermeiros na recuperação do tempo de serviço

O governo regional da Madeira chegou a acordo com os enfermeiros. O pagamento da verba correspondente aos anos em que o tempo de serviço destes profissionais esteve congelado começa já em maio e prolonga-se até …

Entre a "revolução" e a "bomba eleitoral", Costa amuou

A redução no preço dos passes sociais, que está a ser apontada pelo PSD como uma "bomba eleitoral" do Governo socialista, marcou o debate quinzenal no Parlamento, com António Costa a defender-se, notando que a …

Centeno atira-se ao CDS e acusa-o de "aproveitamento político"

O Ministro das Finanças, Mário Centeno, respondeu ao pedido de audição do CDS a propósito dos impostos europeus e aproveitou a oportunidade para atacar os centristas. Mário Centeno enviou uma carta ao Parlamento, nomeadamente à Secretaria …

PSD acusa Governo de baixar preços dos passes sem ter os transportes

O PSD acusou hoje o Governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e sem aumentar os transportes, com o primeiro-ministro a responder que os sociais-democratas são simplesmente contra …

Venezuela, promessas e (muitos) elogios: Trump e Bolsonaro foram feitos um para o outro

Não faltaram sorrisos, elogios nem promessas de cooperação. Os Presidentes das duas maiores economias da América concentraram as atenções na Venezuela. Enquanto Trump prometeu dar apoio à entrada do Brasil na OCDE e na NATO, …

Proposta do PS sobre propaganda política só tem efeitos em 2020

O PS apresentou esta terça-feira um projeto de lei no Parlamento para "clarificar" qual a propaganda política que se pode fazer no período pré-eleições. No entanto, no que toca a 2019, as novas regras - a …

Abertura de barragens pode agravar tragédia em Moçambique. Búzi a horas de ser engolida

Depois do ciclone Idai, há duas novas ameaças na zona da Beira: a abertura das comportas de barragens no Zimbabué e as fortes chuvas que se aproximam. O Zimbabué admite vir a abrir as comportas das …

Ordem dos Médicos contra consultas por telemóvel

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, afirma ter reservas em relação a consultas por telemóvel, a começar pelo facto de lhe chamarem consultas. Esta terça-feira, arrancou em Lisboa a maior cimeira nacional de tecnologia …

Vítimas de esterilização forçada no Japão vão ser indemnizadas

Estima-se que mais de 16 mil pessoas foram vítimas de esterilização forçada no Japão, devido a uma lei que esteve em vigor entre 1948 e 1996. Só agora haverá direito a indemnizações e a um …