Metade da matéria que estava “perdida” no Universo acabou de ser encontrada

Andrey Kratsov, da universidade de Chicago) e Anatoly Klypin, da New Mexico State University

A matéria perdida do Universo acabou de ser encontrada

Duas equipas de pesquisa encontraram a matéria “perdida” do Universo – matéria feita de partículas chamadas bariões, que ligam as galáxias através de filamentos de gás quente e difuso.

Metade dessa matéria parecia estar em falta. Ou seja, a matéria devia estar ali, mas não é possível vê-la. “O problema dos bariões desaparecidos foi resolvido”, disse Hideki Tanimura, do Instituto de Astrofísica Espacial em Orsay, em França, principal investigador de uma das equipas. A outra foi liderada por Anna de Graaff da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido.

Como essa matéria forma um gás ténue e não suficientemente quente para os telescópios de raios-X o detetarem, ninguém tinha conseguido provar que realmente existia. Para tentar resolver a questão, os dois grupos de pesquisa tiveram que procurar uma maneira de mostrar definitivamente que os fios de gás estavam realmente lá.

As equipas aproveitaram-se de um fenómeno chamado Efeito Sunyaev-Zel’dovich, que ocorre quando a luz que sobrou do Big Bang passa por gás quente. À medida que a luz viaja, espalha eletrões neste gás, deixando uma “marca” na radiação de fundo de micro-ondas cósmica.

Em 2015, o satélite Planck criou um mapa desse efeito ao longo do universo observável. Como os filamentos de gás entre as galáxias são muito difusos, as marcas que causam são demasiado fracas para serem vistas diretamente.

Os cientistas selecionaram pares de galáxias que deveriam ser conectadas pelos filamentos de bariões, e sobrepuseram os sinais de Planck sobre os dados dessas áreas, tornando os filamentos individuais fracos detetáveis em massa.

A equipa de Tanimura analisou 260 mil pares de galáxias, e a de Graaff mais de um milhão de pares. Ambas as equipas encontraram provas definitivas de filamentos de gás entre as galáxias.

O grupo de Tanimura descobriu que o gás era quase três vezes mais denso do que a média da matéria normal no universo, e o de Graaf que era seis vezes mais denso – confirmação de que o gás nessas áreas é suficientemente denso para formar filamentos.

“Esperamos algumas diferenças porque estamos a observar filamentos a diferentes distâncias. Se este fator for incluído, as nossas descobertas são muito consistentes com as do outro grupo”, explicou Tanimura.

Encontrar os bariões “sumidos” que foram previstos por décadas de simulações valida alguns dos nossos pressupostos sobre o universo.

“Toda a gente sabe que deveria estar lá, mas esta é a primeira vez que alguém – dois grupos diferentes, inclusive – faz uma deteção definitiva. Isso mostra que muitas das nossas ideias de como as galáxias e as estruturas do universo se formam são bastante corretas”, comemorou Ralph Kraft, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica, nos EUA.

RESPONDER

Além de um ícone da ciência, Marie Curie também foi uma heroína de guerra

Marie Curie foi, além de uma cientista conceituada, vencedora de dois prémios Nobel, uma filantropa que usou as suas competências na área da ciência para ajudar a salvar vidas na I Guerra Mundial. Se perguntarmos a …

Incêndios: Costa garante que "nada ficará como dantes", a ministra "não teve férias"

O primeiro-ministro pediu hoje consenso político para a aplicação das recomendações da comissão independente aos fogos de junho e prometeu que, no fim dos incêndios, o Governo assumirá totais responsabilidades na reconstrução do território e …

Mosteiro alemão com 900 anos vai fechar. Não há monges

Um antigo mosteiro na Alemanha, com quase nove séculos de actividade, está prestes a fechar as portas, devido a problemas financeiros e à escassez de monges. À medida que a Igreja Católica vê declinar significativamente o …

Furacão Ophelia com ventos de 150 Km/h faz três mortos na Irlanda

A Irlanda está em alerta vermelho com os ventos provocados pelo furacão a atingirem os 150 km/h. A tempestade provocada pelo furacão Ophelia causou esta segunda-feira a morte de três pessoas na Irlanda, segundo informações da …

Oposição venezuelana não aceita resultados das eleições regionais

O Conselho Nacional Eleitoral dá conta de que o PSUV, o partido no Governo, ganhou em 17 dos 23 Estados do país, nas eleições deste domingo. A aliança opositora venezuelana Mesa de Unidade Democrática (MUD) rejeitou, …

Número de mortos em atentado na Somália já ultrapassou os 300

O número de mortos do violento atentado terrorista registado no sábado em Mogadíscio, capital da Somália, já ultrapassou as três centenas, havendo, porém, a certeza que o total vítimas será ainda maior, indicou fonte médica …

Astrónomos detetam um novo tipo de ondas gravitacionais: "O princípio de uma nova era"

Segundo os cientistas, as novas emissões de radiação agora detetadas são consequência da fusão de duas estrelas de neutrões numa galáxia distante. Uma equipa internacional anunciou esta segunda-feira ter conseguido ver através da luz e das …

Sal no pão vai baixar ainda mais a partir de 2018

O teor de sal no pão vai baixar ainda mais a partir do próximo ano, de acordo com um protocolo que será assinado, esta segunda-feira, entre o Estado e a indústria da panificação e pastelaria. Segundo …

Falsos recibos verdes podem enfrentar "aumento de impostos desumano" em 2018

"Um aumento de impostos desumano", é o que antecipa o fiscalista Mendes da Silva sobre as mudanças no regime simplificado dos trabalhadores independentes, os chamados recibos verdes, que estão previstas no Orçamento de Estado para …

Bancos obrigados a comunicar mais cedo transferências para offshores

Os bancos serão obrigados a comunicar mais cedo à administração tributária a lista das transferências realizadas para contas sediadas em paraísos fiscais sempre que as movimentações ultrapassem os 15 mil euros. As declarações deveriam ser feitas …