Messi ganhou a Bola de Ouro por sete pontos. Ronaldo ficou a 210 do argentino

Alejandro Garcia / EPA

O futebolista argentino Lionel Messi conquistou a sexta Bola de Ouro com apenas sete pontos de vantagem sobre o holandês Virgil van Dijk, com o português Cristiano Ronaldo a terminar no terceiro lugar, a 210 votos do rival.

De acordo com as votações esta terça-feira publicadas pela revista France Football, que atribui o prémio, Messi, avançado do FC Barcelona, que se tornou no futebolista com mais galardões, somou 686 pontos, contra 679 do defesa do Liverpool.

Van Dijk, campeão europeu ao serviço do Liverpool e finalista da Liga das Nações, foi escolhido mais vezes na primeira posição do que Messi (69 contra 61), ‘reinando’ na Europa e na Ásia, enquanto o argentino foi o mais escolhido na América do Sul e em África.

Cristiano Ronaldo, que tem cinco Bolas de Ouro, ficou na terceira posição, com 476 pontos, ficando no pódio pela 12.ª vez, a nona consecutiva.

Apenas mais dois futebolistas ultrapassaram a barreira dos 100 pontos, o senegalês Sadio Mané (347) e o egípcio Mohamed Salah (178), ambos avançados do Liverpool.

Bernardo Silva, avançado Manchester City, que se tornou o 11.º português a integrar o ‘top-10’, ficou na nona posição, com 41 pontos. Terceiro no prémio Kopa, para melhor jogador sub-21, João Félix, que trocou o Benfica pelo Atlético de Madrid, foi um dos três jogadores nomeados que não receberam qualquer voto, juntamente com o brasileiro Marquinhos (Paris Saint-Germain) e o holandês Donny van de Beek (Ajax).

O jornalista Joaquim Rita, representante português no painel de votantes, colocou Ronaldo no primeiro lugar, seguido de Mané, Messi, Van Dijk e Bernardo Silva.

“Tenho consciência da idade que tenho”

Depois de vencer o galardão, a sexta Bola de Ouro da sua carreira, Messi disse que nunca de “sonhar” desde que recebeu a primeira Bola de Ouro, em 2009, e que espera continuar a “desfrutar”, apesar de o final de carreira estar a aproximar-se.

Depois dos triunfos em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015, Messi voltou a vencer o prémio da France Football, repetindo a eleição da FIFA – que de 2010 a 2015 entregou o prémio em parceria com a revista francesa – como o melhor da época 2018/19.

Com esta conquista, Messi isolou-se na liderança do ‘ranking’, com mais um troféu do que o português Cristiano Ronaldo, que terminou na terceira posição.

Messi, de 32 anos, recordou a conquista do primeiro troféu, em 2009, assegurando que, desde então, procurou “melhorar dia após dia”.

“Tenho consciência da idade que tenho e que o final de carreira começa a aproximar-se, mas ainda tenho vários anos pela frente, apesar de estar a passar tudo muito rápido. Quero continuar a desfrutar do futebol, juntamente com a minha família, os meus adversários e os meus companheiros de equipa”, observou o internacional argentino.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

França investe oito mil milhões de euros para aumentar profissionais de saúde

O Governo francês anunciou, esta segunda-feira, que vai disponibilizar quase oito milhões de euros para que os profissionais de saúde possam ter aumentos salariais.  De acordo com a rádio Renascença, a medida foi anunciada pelo novo …

Máscaras e luvas usadas para proteger contra covid-19 enchem rios europeus

Os principais rios da Europa estão cheios de máscaras cirúrgicas e luvas médicas descartadas por pessoas que utilizaram estes equipamentos para se protegem contra o novo coronavírus, denunciaram cientistas. Segundo noticiou na segunda-feira a agência AFP, …

Dez milhões de crianças "podem nunca voltar à escola" após coronavírus

A pandemia de coronavírus causou uma "emergência educacional sem precedentes", com 9,7 milhões de crianças afetadas pelo encerramento de escolas em risco de nunca voltar às aulas, alertou na segunda-feira a Organização Não Governamental (ONG) …

Nos Estados Unidos, há uma máquina obsoleta a dificultar a resposta à pandemia. Chama-se fax

O facto de vários departamentos de saúde pública norte-americanos ainda utilizarem o fax para trocarem informação com hospitais, centros de saúde e laboratórios que realizam testes de deteção do novo coronavírus é um grande problema …

Uber passa a estar disponível em todo o país

A plataforma de transporte pode, a partir desta terça-feira, ter operadores em todo o território nacional, considerando ser um passo importante num contexto em que o turismo interno ganha relevância, no âmbito da pandemia da …

Profissionais do SNS já trabalharam oito milhões de horas extra no primeiro semestre

No primeiro semestre de 2020, contam-se mais 1,2 milhões de horas suplementares trabalhadas, sendo que só em maio a subida foi superior a 471 mil. Segundo o Jornal de Notícias, nos primeiros seis meses deste ano, …

Rui Moreira diz que não é possível prevenir festejos de adeptos do FC Porto

O presidente da Câmara Municipal do Porto disse, esta terça-feira, não ser possível tomar medidas de prevenção em relação a possíveis festejos de adeptos do FC Porto pela conquista do título, pedindo apenas que se …

Mulher assintomática provoca surto de 71 infetados na China. Bastou entrar sozinha num elevador

A passagem de uma mulher infetada com covid-19, mas assintomática, por um elevador de um edifício habitacional na China deu origem a um surto de 71 contagiados. De acordo com o estudo publicado pelo Centro de …

Detido em França um dos pedófilos da "darknet" mais procurados do mundo

A polícia francesa prendeu um suspeito de gerir portais na "darknet" que permitiram a "milhares de internautas de todo o mundo ter acesso a fotografias ou vídeos de caráter pedopornográfico", anunciou, esta segunda-feira, o Ministério …

Mais seis mortes e 233 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta terça-feira, mais seis mortes e 233 novos casos de infeção por covid-19 em relação a segunda-feira. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 233 novos casos, 143 são na região …