Menino filipino fotografado a estudar à luz do McDonald’s recebeu enxurrada de doações

Um menino filipino sem-abrigo recebeu doações em dinheiro, material escolar e até uma bolsa de estudos depois de uma foto sua ter sido publicada no Facebook por uma estudante.

Na imagem, Daniel Cabrera, de nove anos, surge a fazer os trabalhos da escola no passeio de um estacionamento, aproveitando a luz de um restaurante McDonald’s próximo.

De acordo com a agência de notícias AFP, a mãe de Daniel, Maria Christina Espinosa, é viúva e vive com dois filhos no minimercado onde trabalha desde que a casa da família, num bairro de lata de Mandaue, na província filipina de Cebu, foi consumida pelo fogo.

Maria Christina ganha cerca de 80 pesos filipinos (1,60 euros) por dia como funcionária de uma loja e é empregada doméstica na casa dos donos do estabelecimento.

Todas as noites, segundo a mãe, o pequeno Daniel, que está no terceiro ano da primária, usava a luz do McDonald’s para fazer os trabalhos de casa.

No final de junho, um destes momentos foi registado pela estudante Joyce Torrefranca, de 20 anos, que afirmou ter sido “inspirada” pela criança.

I got inspired by a kid ❤️

Posted by Joyce Gilos Torrefranca on Tuesday, June 23, 2015

A publicação original foi partilhado por milhares de pessoas no Facebook, que exaltavam, em diversas línguas, a importância dos esforços do menino. Torrefranca disse ao canal local ABS-CBN que, “como estudante, aquilo tocou-me profundamente”.

As fotos também chamaram a atenção do portal de notícias filipino Rappler, que iniciou uma campanha para recolher doações para menino – e para outras crianças na mesma situação – depois de encontrá-lo no mesmo local da foto dois dias depois.

Em entrevista ao site, Daniel disse ter um terço preso a seu único lápis, para que ele não seja roubado. Ele também mostrou o local onde dorme com a mãe e o irmão Gabriel, de sete anos, rodeados por bancos de madeira.

Símbolo

Desde então, a família tem recebido inúmeras doações, que vão desde material e uniformes escolares até candeeiros de LED para que o menino possa estudar à noite, conta a mãe.

Daniel também já recebeu uma bolsa de estudos que garantirá a sua educação até à faculdade.

“Estamos muito felizes, nem sei o que fazer com tantas bênçãos. O Daniel não precisa mais sofrer para completar os estudos”, disse à AFP.

Maria Christina afirma ainda que o menino é, de fato, estudioso e determinado, e que insistia em ir para a escola mesmo quando não tinha dinheiro para almoçar.

De acordo com uma assistente social de Mandaue, Daniel tornou-se um símbolo de todos os meninos da cidade que não conseguem estudar porque não têm eletricidade.

No entanto, a fama também teve consequências desagradáveis. Ao site, a mãe do menino contou que a família chegou a ser levada por um canal de televisão para um passeio pela cidade e impedida de voltar para casa quando queria, simplesmente para que um canal concorrente não pudesse entrevistá-los.

Familiares distantes também começaram a fazer chamadas para pedir dinheiro depois de ver o menino na televisão, relata Maria Christina Espinosa. “Não se trata de ganhar dinheiro com meu filho, mas de lhe dar o que precisa para alcançar os seus sonhos”, disse ao portal Rappler.

Daniel diz que gostaria de ser médico ou polícia, porque “gosta de encontrar coisas perdidas e de localizar seus amigos quando eles se escondem”.

Comovida com a repercussão de seu post na vida da família, Joyce agradeceu no Facebook. “Eu não achei que uma simples foto pudesse fazer tanta diferença. Obrigada por partilharem a foto. Com isso, conseguimos ajudar o Daniel a alcançar os seus sonhos”.

Apesar do rápido crescimento económico nos últimos anos – o PIB do país cresceu 6,1% em 2014, de acordo com o Banco Mundial – um quarto da população das Filipinas continua abaixo da linha de pobreza.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se fosse cá em Portugal essas doações teriam que pagar IVA caso contrário a criança ficava com uma divida ás Finanças, NÉ ? e talvez com uma hipoteca, neste país tudo é possível, só não é possível ser-se honesto.

RESPONDER

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …

Com apenas 4 dólares é possível dormir na última Blockbuster. E ainda participa na festa pijama

Já sente saudades de sair de casa para ir alugar um filme e comprar umas pipocas? A última loja da icónica Blockbuster está agora disponível no Airbnb. A antiga loja da cadeia americana pode ser …

Espanha com quase mais 3.000 novos casos. É o maior aumento desde maio

Espanha registou o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid …

Escolas devem reabrir normalmente. Governo preparado para decisões diferentes

As escolas devem reabrir em situação de normalidade e só uma evolução negativa da pandemia levará a decisões contrárias, de maior ou menor alcance, que o Governo disse esta quinta-feira estar preparado para tomar. Na conferência …

Família de ativista saudita teme que esteja a ser torturada na prisão

Familiares de uma importante ativista dos direitos das mulheres da Arábia Saudita, detida desde maio de 2018, temem que esteja a ser torturada na prisão, uma vez que não dá notícias há vários meses. Loujain al-Hathloul, …

Governo disponível para retomar reuniões no Infarmed (mas nega falta de informação)

O Governo manifestou esta quinta-feira “abertura para retomar as reuniões” no Infarmed sobre o ponto de situação da epidemia de covid-19, mas rejeitou falhas na informação ao parlamento e aos partidos. Na conferência de imprensa do …

Israel e Emirados Árabes Unidos alcançam "acordo histórico" mediado pelos Estados Unidos

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira que Israel e os Emirados Árabes Unidos concordaram em estabelecer relações diplomáticas plenas, como parte de um acordo para impedir a anexação israelita de terras ocupadas pelos …