Menino escolhido por Dalai Lama como 2.ª figura do budismo desapareceu há 25 anos (e a China revela o que lhe aconteceu)

Jan Michael Ihl / Flickr

Há 25 anos, Gedhun Choekyi Nyima, um menino de seis anos escolhido por Dalai lama para Panchen Lama, a segunda pessoa mais importante do budismo tibetano, desapareceu. Agora, a China revelou o que lhe aconteceu.

Gedhun Choekyi Nyima tinha apenas seis anos quando desapareceu com a sua família, após ter sido escolhido por Dalai Lama para ser o 11.º Panchen Lama, a segunda figura mais importante do budismo do Tibete. Desde então, pouco se sabe sobre o que lhe aconteceu.

A China, que considera que o Tibete faz parte do seu território, nomeou outro menino, Gyaltsen Norbu, para a posição depois do desaparecimento de Nyima. Norbu raramente é visto e acredita-se que passe a maior parte do tempo em Pequim. É geralmente visto como uma figura política sob o controle de Pequim e não partilha a fama global do Dalai Lama.

Na terça-feira, Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, disse, de acordo com a revista norte-americana Time, que Nyima “recebeu educação obrigatória gratuita enquanto criança, passou no exame de entrada na Universidade e tem agora um emprego”.

Segundo o político, Nyima, de 31 anos, e a sua família desejam não ser perturbados nas suas “vidas normais atuais”.

A disputa entre Pequim e o Dalai Lama, que fugiu para exílio em 1959, prende-se com quem determinará o futuro do budismo tibetano, que ainda domina fortemente o povo da região dos Himalaias. A China diz que esse território é seu há séculos, mas muitos tibetanos acreditam que era independente.

O autodeclarado governo exilado do Tibete, na Índia, marcou o 25º aniversário do desaparecimento de Gedhun Choekyi Nyima, pedindo a Pequim para explicar o seu paradeiro.

“O sequestro do Panchen Lama pela China e a negação forçada da sua identidade religiosa e direito de praticar no seu mosteiro, não só é uma violação da liberdade religiosa, mas também uma violação grave dos direitos humanos”, defendeu o parlamento tibetano, conhecido como Kashag, em comunicado.

Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, emitiu um comunicado a pedir à China que “torne público imediatamente o paradeiro de Panchen Lama e defenda a sua própria constituição e compromissos internacionais para promover a liberdade religiosa para todas as pessoas”.

O Dalai Lama nomeou o Panchen Lama original com a ajuda de lamas tibetanos treinados na leitura de presságios e sinais.

Por outro lado, a China alega que o reencarnado apenas pode ser escolhido fazendo um sorteio com uma urna de ouro, um método usado para escolher o seu próprio candidato sob o controlo do oficialmente ateu Partido Comunista.

Tradicionalmente, o Panchen Lama serve como professor e assessor do Dalai Lama, o mais alto líder do budismo tibetano, que tem agora 84 anos e é acusado por Pequim de almejar a independência do Tibete. O Dalai Lama nega as acusações, dizendo que apenas defende maior autonomia para a região.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Outra esquisitice oriundo da China. Aquele território está repleto de esquisitos.
    Como se apresenta mundialmente, não me admira nada se a China quer ter o domínio mundial, quer mandar em tudo e todos, tal como fazem no seu próprio país e colónias. Isto já nada tem a ver com comunismo, mas com caciquismo, racismo puro e superioridade mal colocada.

  2. Mais uma prova , do poderio e da ideologia, dos chineses para dominarem tudo e todos .
    Depois de de Hong kong , Macau , Tibete , vários em África , o que vira a seguir ???
    Antes , que seja , despoletada mais contestação ao pretendido , território do Tibete , a melhor maneira é
    aprisionar a família , sempre é mais seguro para a causa chinesa , sé é que só estão aprisionados !!
    Nunca iremos saber a verdade , ou será muito difícil descobrir a verdade , e se for descoberta , o ou os responsáveis , não , viverão muito tempo , depois de declararem , que é mentira , disseram aquilo , por
    estarem perturbados , como aconteceu recentemente , com os alertas do covid19 .
    Cuidem-se , muita saúde ao Dalaí Lama .

  3. “”Segundo o político, Nyima, de 31 anos, e a sua família desejam não ser perturbados nas suas “vidas normais atuais”.”
    LOL, como se eles tivessem algum resquício de possibilidade de se pronunciar…
    Nas “grandes” nações existe gente que almeja o domínio mundial mas a China, pela sua dimensão populacional/tecnológica e ideologia impregnada ao longo de décadas, aparenta ser a mais perigosa.
    Ainda mais que começou a tomar uma estratégia expansionista.
    Mas não se descure a Índia onde o nacionalismo étnico-religioso está a dominar.

  4. Mas é claro que os chinos fizeram desaparecer a criança e os pais que o Dalai Lama tinha escolhido para seu sucessor e inventaram outra criança china para o substituir. São assim os chinos, perigosos sacanas e criminosos. Todos aqueles que os estorvam nas suas ambições, são liquidados porque eles querem mandar em tudo e em todos. Não foi por acaso que invadiram e tomaram como suas, as terra do Himalaias – Tibete/Nepal – as terras do Dalai Lama e de todos os tibetanos /nepaleses, para os dominar e não hesitaram em matar milhares de nepaleses e tibetanos que conquistaram à força das armas, daqueles desgraçados país, para os chinos ficaram na fronteira com a Índia! !

RESPONDER

Por George Floyd, milhares de portugueses manifestam-se contra o racismo

Milhares de portugueses manifestaram-se, este sábado, contra o racismo em Lisboa, Porto, Braga, Coimbra e Viseu. Em causa está a morte de George Floyd, nos Estados Unidos. Mais de cinco mil pessoas participaram hoje à tarde …

Touradas regressam quando "estiverem aprovadas regras" pela DGS

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, disse hoje que os espetáculos tauromáquicos vão poder ser retomados “assim que as regras” para esse reinício “estiverem aprovadas pela Direção-Geral da Saúde”, devido à pandemia da Covid-19. Numa visita …

Maddie terá entrado em veículo de matrícula alemã em Espanha após o desaparecimento

Uma testemunha diz ter visto uma criança parecida com Madeleine McCann a entrar numa carrinha de matrícula alemã, em Espanha, acompanhada de um homem, poucas semanas após o seu desaparecimento. A informação consta de um arquivo …

Primeiro dia das eleições do FC Porto com mais de quatro mil votantes

O primeiro dia das eleições do FC Porto não podia ter sido "melhor", estimou Matos Fernandes, presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube, relevando que este sábado 4.036 sócios que se dirigiram ao Dragão …

Novo dispositivo produz energia a partir das sombras

Em dias chuvosos e com pouca luz solar, seria uma mais-valia se pudéssemos usar a sombra dos objetos para obter energia elétrica. A solução desenvolvida por Swee Ching Tan, cientista de materiais na Universidade Nacional …

Estômago de dinossauro preservou a sua última refeição durante 110 milhões de anos

Cientistas canadianos analisaram a última refeição de um anquilossauro nodossóide, com 110 milhões de anos, ainda na sua barriga fossilizada. De acordo com o site Science Alert, este dinossauro herbívoro de 1300 quilos – Borealopelta markmitchelli – descoberto …

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …