Menino escolhido por Dalai Lama como 2.ª figura do budismo desapareceu há 25 anos (e a China revela o que lhe aconteceu)

Jan Michael Ihl / Flickr

Há 25 anos, Gedhun Choekyi Nyima, um menino de seis anos escolhido por Dalai lama para Panchen Lama, a segunda pessoa mais importante do budismo tibetano, desapareceu. Agora, a China revelou o que lhe aconteceu.

Gedhun Choekyi Nyima tinha apenas seis anos quando desapareceu com a sua família, após ter sido escolhido por Dalai Lama para ser o 11.º Panchen Lama, a segunda figura mais importante do budismo do Tibete. Desde então, pouco se sabe sobre o que lhe aconteceu.

A China, que considera que o Tibete faz parte do seu território, nomeou outro menino, Gyaltsen Norbu, para a posição depois do desaparecimento de Nyima. Norbu raramente é visto e acredita-se que passe a maior parte do tempo em Pequim. É geralmente visto como uma figura política sob o controle de Pequim e não partilha a fama global do Dalai Lama.



Na terça-feira, Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, disse, de acordo com a revista norte-americana Time, que Nyima “recebeu educação obrigatória gratuita enquanto criança, passou no exame de entrada na Universidade e tem agora um emprego”.

Segundo o político, Nyima, de 31 anos, e a sua família desejam não ser perturbados nas suas “vidas normais atuais”.

A disputa entre Pequim e o Dalai Lama, que fugiu para exílio em 1959, prende-se com quem determinará o futuro do budismo tibetano, que ainda domina fortemente o povo da região dos Himalaias. A China diz que esse território é seu há séculos, mas muitos tibetanos acreditam que era independente.

O autodeclarado governo exilado do Tibete, na Índia, marcou o 25º aniversário do desaparecimento de Gedhun Choekyi Nyima, pedindo a Pequim para explicar o seu paradeiro.

“O sequestro do Panchen Lama pela China e a negação forçada da sua identidade religiosa e direito de praticar no seu mosteiro, não só é uma violação da liberdade religiosa, mas também uma violação grave dos direitos humanos”, defendeu o parlamento tibetano, conhecido como Kashag, em comunicado.

Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, emitiu um comunicado a pedir à China que “torne público imediatamente o paradeiro de Panchen Lama e defenda a sua própria constituição e compromissos internacionais para promover a liberdade religiosa para todas as pessoas”.

O Dalai Lama nomeou o Panchen Lama original com a ajuda de lamas tibetanos treinados na leitura de presságios e sinais.

Por outro lado, a China alega que o reencarnado apenas pode ser escolhido fazendo um sorteio com uma urna de ouro, um método usado para escolher o seu próprio candidato sob o controlo do oficialmente ateu Partido Comunista.

Tradicionalmente, o Panchen Lama serve como professor e assessor do Dalai Lama, o mais alto líder do budismo tibetano, que tem agora 84 anos e é acusado por Pequim de almejar a independência do Tibete. O Dalai Lama nega as acusações, dizendo que apenas defende maior autonomia para a região.

  ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Outra esquisitice oriundo da China. Aquele território está repleto de esquisitos.
    Como se apresenta mundialmente, não me admira nada se a China quer ter o domínio mundial, quer mandar em tudo e todos, tal como fazem no seu próprio país e colónias. Isto já nada tem a ver com comunismo, mas com caciquismo, racismo puro e superioridade mal colocada.

  2. Mais uma prova , do poderio e da ideologia, dos chineses para dominarem tudo e todos .
    Depois de de Hong kong , Macau , Tibete , vários em África , o que vira a seguir ???
    Antes , que seja , despoletada mais contestação ao pretendido , território do Tibete , a melhor maneira é
    aprisionar a família , sempre é mais seguro para a causa chinesa , sé é que só estão aprisionados !!
    Nunca iremos saber a verdade , ou será muito difícil descobrir a verdade , e se for descoberta , o ou os responsáveis , não , viverão muito tempo , depois de declararem , que é mentira , disseram aquilo , por
    estarem perturbados , como aconteceu recentemente , com os alertas do covid19 .
    Cuidem-se , muita saúde ao Dalaí Lama .

  3. “”Segundo o político, Nyima, de 31 anos, e a sua família desejam não ser perturbados nas suas “vidas normais atuais”.”
    LOL, como se eles tivessem algum resquício de possibilidade de se pronunciar…
    Nas “grandes” nações existe gente que almeja o domínio mundial mas a China, pela sua dimensão populacional/tecnológica e ideologia impregnada ao longo de décadas, aparenta ser a mais perigosa.
    Ainda mais que começou a tomar uma estratégia expansionista.
    Mas não se descure a Índia onde o nacionalismo étnico-religioso está a dominar.

  4. Mas é claro que os chinos fizeram desaparecer a criança e os pais que o Dalai Lama tinha escolhido para seu sucessor e inventaram outra criança china para o substituir. São assim os chinos, perigosos sacanas e criminosos. Todos aqueles que os estorvam nas suas ambições, são liquidados porque eles querem mandar em tudo e em todos. Não foi por acaso que invadiram e tomaram como suas, as terra do Himalaias – Tibete/Nepal – as terras do Dalai Lama e de todos os tibetanos /nepaleses, para os dominar e não hesitaram em matar milhares de nepaleses e tibetanos que conquistaram à força das armas, daqueles desgraçados país, para os chinos ficaram na fronteira com a Índia! !

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …