Menino acorda do coma pouco antes de desligarem as máquinas

Um menino de dois anos acordou do coma um dia após a família decidir desligar as máquinas que o mantinham ligado à vida.

Dylan Askin tinha dois anos e sofria de um raro cancro nos pulmões quando “o milagre”, assim lhe chamou a família, aconteceu. Foi no domingo de Páscoa de 2016 em Nottingham, no Reino Unido, mas a notícia só foi divulgada agora pela família, citada pelo Daily Mail.

Acredito que foi um milagre, apesar de não me considerar religiosa. Quando contámos ao nosso filho mais velho, ele disse: ‘é como Jesus’, porque tinha aprendido sobre isso na escola”, disse a mãe, Kerry Askin.

Os médicos não acreditavam que o menino sobreviveria, mas Dylan decidiu desafiar todas as expectativas e probabilidades, e começou a mexer-se. O menino estava internado no Queens Medical Hospital.

Após ter batizado a criança no hospital, na Sexta-Feira Santa, a família já se tinha despedido de Dylan. Segundo Kerry, quando os médicos começaram os procedimentos habituais para desligar as máquinas, Dylan começou a dar sinais de vida e os níveis de oxigénio começaram a subir.

O pequeno Dylan já tinha ganho forças para voltar a casa no domingo de Páscoa.

Venceu o cancro

No dia de natal de 2015, Dylan foi levado para o hospital de urgência com graves problemas respiratórios. Já na unidade hospitalar, os pais descobriram que os seus pulmões tinham colapsado.  Os exames médicos revelaram então que 80% dos pulmões de Dylan estavam cobertos com quistos.

Dylan foi diagnosticado com uma forma extremamente rara de cancro nos pulmões: a PLCH, ou histocitose de células de Langerhans pulmonar.

Inicialmente, o menino recuperou o suficiente para deixar os cuidados intensivos, mas  teve depois uma convulsão febril na enfermaria e apanhou uma pneumonia bacteriana, que deixou os seus pulmões praticamente destruídos.

De acordo com os pais, os médicos concordaram então em ligar Dylan às máquinas de suporte de vida.

Dois anos passados, Dylan venceu a doença. O menino terminou o tratamento contra o cancro com sucesso no ano passado e agora o seu quadro clínico está estável. Após a recuperação, a família, agradecida, foca-se agora em ajudar instituições de caridade.

 

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Não acham coincidência a mais o facto do menino ter dado entrada no hospital no dia do Natal e depois ter saído no domingo de Páscoa dois anos depois, quando a ciência nada mais podia fazer e se preparava para deixá-lo morrer?????? Porquê tanta dificuldade em aceitar a presença constante do divino nas nossas vidas?? Porquê tanta resistência em aceitar que algo maior do que nós sempre existiu??? Vamos ser mais humildes, pois já o grande sábio grego dizia que existem mais coisas entre o céu e a terra de que o homem jamais poderá entender.

    • Pois, porque será?!
      Será porque esse “divino” não evitou que uma criança de 2 anos tivesse cancro de pulmão?!
      Será porque não evitou que ele tivesse estado meses em coma?!
      Se não fossem as máquinas/hospital a manter a criança viva até o tal divino decidir “ajudar”, onde estaria agora a criança?!…
      Pois!…
      Quando tiver algum problema de saúde não vá ao hospital e fique à espera da cura do divino e depois venha cá contar como correu!…

  2. A Fé, o Acreditar, geram Forças Energéticas potentíssimas capazes de produzir os ditos “milagres”. O milagre é apenas um resultado com ínfima probabilidade de acontecer, mas existente. Independentemente de se acreditar em Deus ou não (mas para mim é inegável a existência de uma Força Universal regedora da Vida, ou seja, “Deus”), é deveras curioso as datas de internamento e do acordar do coma, sem esquecer que a criança foi Baptizada na 6ª Feira Santa. E no Universo simplesmente não há coincidências! Há acção e a sua reacção consequente! Força Dylan! Que a tua “Ressurreição” tenha um significado positivo para a Humanidade!

Está a nevar em Plutão

Em julho de 2015, a sonda New Horizons da NASA concluiu uma longa e árdua jornada pelo Sistema Solar, viajando a 36.000 mph durante nove anos e meio. Toda a missão focava-se em mapear a …

Cientistas dão um importante passo na criação de uma Internet quântica segura

Uma nova investigação da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelou o elo que faltava para termos uma Internet quântica funcional e prática: uma forma de corrigir os …

Os pedregulhos de Bennu brilham como faróis para a Osiris-Rex da NASA

Este verão, a sonda OSIRIS-REx empreenderá a primeira tentativa da NASA de tocar a superfície de um asteroide, recolher uma amostra e recuar em segurança. Mas, desde que chegou ao asteroide Bennu há mais de …

Cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para futuros desastres

Especialistas ouvidos pelo portal One Zero acreditam que cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para populações que possam vir a enfrentar desastres naturais no futuro potenciados pelas alterações climáticas. À medida que os desastres naturais …

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …

Biblioteca virtual no Minecraft dá voz a jornalistas censurados de todo o mundo

Enquanto governos de todo o mundo reprimem a liberdade jornalística e censuram a sua imprensa nacional, a Reporters Without Borders está a trabalhar para chegar ao público através de um canal improvável: uma enorme biblioteca …