Meninas em tratamento no IPO desfilaram no ModaLisboa

cv NIT Newintown / YouTube

Nove meninas, oito das quais em tratamento no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, que ajudaram Filipe Faísca a criar a coleção apresentada pelo designer na ModaLisboa, encerraram o desfile, no Pátio da Galé, causando comoção na plateia.

A coleção “Darling”, de Filipe Faísca, foi aplaudida de pé pelos presentes, muitos dos quais com os olhos molhados e fazendo comentários como “foi forte“.

Uma a uma, a caminhar ao lado de manequins profissionais, as meninas, com idades entre os seis e os 16 anos, percorreram a longa passerelle do Pátio da Galé com o ar tímido de quem enfrenta pela primeira vez uma plateia com centenas de desconhecidos.

A participação no desfile foi o culminar de uma parceria entre Filipe Faísca e a Fundação Rui Osório de Castro, FROC, instituição sem fins lucrativos que concentra a sua atuação na área informativa e científica do cancro pediátrico.

As meninas passaram dois dias no atelier de Filipe Faísca, que, num primeiro momento, lhes pediu que desenhassem o que para elas é o Amor.

O resultado foi transformado em padrão, que o designer de moda aplicou em peças da coleção hoje apresentada, e também em vestidos feitos à medida para cada uma das oito.

Como Filipe Faísca contou à Lusa, para ele “não fazia sentido” associar-se a esta causa contribuindo apenas com um donativo monetário, através de um leilão, ou revertendo uma percentagem das vendas para a FROC.

“Gostava que houvesse mais interligação entre aquilo que a fundação faz e o que eu faço”, referiu, decidindo por isso “envolver as crianças” na criação da coleção.

De acordo com a diretora-geral da FROC, Mariana Oliveira, as nove disseram “logo que sim ao desfile”, apesar de confessarem algum nervosismo.

A Lusa acompanhou um dos ‘workshops’ de Filipe Faísca com as meninas e testemunhou o entusiasmo e nervosismo com que imaginavam o dia do desfile.

Uma das participantes, Rita, confessou estar “um bocado nervosa”, enquanto Beatriz revelou algum receio por ter de desfilar de canadianas. Já Diana previa que iria ter “muita vergonha”.

“Mas temos de meter a vergonha para o lado“, disse. E foi o que fez, ela e as outras oito.

Além dos ‘workshops’ com as crianças, Filipe Faísca irá ajudar a FROC com um donativo monetário: 30% do valor de cada peça da coleção “Darling” será doada àquela instituição.

Destes workshops resultou ainda a foto-reportagem Cancro, Era Uma Vez, realizada pela fotógrafa Isabel Saldanha a convite da FROC.

Workshop de Filipe Faísca com meninas em tratamento no IPO

Workshop de Filipe Faísca com meninas em tratamento no IPO

A FROC tem uma banca nos Paços do Concelho, em Lisboa, onde estão à venda ‘t-shirts’ e sacos estampados com desenhos feitos nos ‘workshops’. Está à espera de uma visita sua.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …