Covid-19. Cientistas identificam o melhor tratamento para a perda do olfato

Uma equipa de cientistas desaconselhou o uso de esteróides para tratar a perda prolongada do olfato causada pela covid-19. Em vez disso, sugere que os pacientes “treinem” novamente o nariz para farejar certos odores.

Recentemente, um grupo de cientistas mostrou que os corticosteróides – uma classe de medicamento que reduz a inflamação no corpo – não são recomendados para tratar a perda do olfato, um sintoma proeminente da covid-19.

Em vez disso, a equipa recomenda o “treino do olfato”, isto é, um processo que envolve cheirar pelo menos quatro odores diferentes duas vezes por dia durante vários meses.

Segundo o Science Alert, os corticosteróides, frequentemente prescritos para pessoas com nariz congestionado ou inflamado, não devem ser a primeira opção de tratamento para a perda do olfato na sequência da infeção pelo novo coronavírus.

A equipa envolvida no estudo recomenda o treino do olfato e realça que esta técnica, além de não ter efeitos colaterais conhecidos, é de baixo custo. Além disso, “é o único tratamento disponível apoiado por uma base de evidências robusta”, sustentam os investigadores.

O grupo realizou uma revisão sistemática baseada em evidências para apurar se os corticosteróides poderiam ajudar os infetados a recuperar o olfato. Carl Philpott, da University of East Anglia, no Reino Unido, explicou que a equipa descobriu que “há muito pouca evidência de que os corticosteróides ajudem na perda do olfato”.

Como estes medicamentos “têm efeitos colaterais adversos, o nosso conselho é que não sejam prescritos como um tratamento para a perda pós-viral do olfato”.

“Felizmente, a maioria das pessoas que perdem o olfato como resultado da infeção por covid-19 recuperam-no espontaneamente. A pesquisa mostra que 90% terá recuperado totalmente o olfato após seis meses”, adiantou o investigador.

“Mas sabemos que o treino do olfato pode ser útil. A técnica envolve cheirar pelo menos quatro odores diferentes duas vezes por dia, todos os dias durante vários meses. Surgiu como uma opção de tratamento barata, simples e sem efeitos colaterais para várias causas de perda de olfato, incluindo a covid-19″, acrescentou.

O objetivo do treino do olfato é ajudar na recuperação com base na neuroplasticidade – a capacidade do cérebro de se reorganizar para compensar uma mudança ou lesão.

O artigo científico foi publicado em março na International Forum of Allergy & Rhinology.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Manchester City conquista título no sofá e com costela portuguesa. É o terceiro em quatro anos

O Manchester City garantiu hoje a conquista do seu sétimo título de campeão inglês de futebol, e terceiro em quatro anos, face ao desaire do Manchester United na receção ao Leicester (1-2), na 36.ª ronda. Com …

Venda da Groundforce pode ficar nas mãos do administrador de insolvência

A apreciação judicial do pedido de insolvência da Groundforce feito pela TAP ainda deverá demorar alguns meses. Até lá, o acionista maioritário terá de conseguir vender a sua parte, ou a decisão poderá passar para …

Estádio do Dragão vai receber final da Liga dos Campeões

O Estádio do Dragão, na cidade do Porto, vai ser o palco da final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, agendada para 29 de maio. A hipótese de a cidade "Invicta" e o …

Ministério Público, viúva de Ihor e inspetores vão recorrer da sentença

Tanto o Ministério Público, como a viúva de Ihor Homeniuk e os inspetores do SEF, vão recorrer da decisão no caso da morte do ucraniano no aeroporto. Procuradora considera que penas foram demasiado leves. A decisão …

Entre a espada e a parede. Ministro do Ambiente de “olhos fechados“ em relação à agricultura intensiva

João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente, continua a fugir a perguntas sobre a expansão da área de estufas no Parque Natural do Sudoeste Alentejano, quando questionado em audição na comissão parlamentar de Ambiente sobre …

Uma questão de minutos. Os antigos romanos quase foram salvos da erupção do Vesúvio

Centenas de romanos antigos que fugiram da erupção do Vesúvio em 79 estavam a poucos minutos de serem resgatados num barco enviado pelo historiador Plínio, o Velho, quando morreram. Os esqueletos de 300 habitantes da cidade …

Regime de prevenção da corrupção isenta políticos e órgãos de soberania. Delação premiada gera críticas no PS

Os gabinetes dos principais órgãos políticos e de todos os órgãos de soberania, assim como o Banco de Portugal, vão ser excluídos do novo regime geral de prevenção da corrupção. De acordo com o jornal Público, …

”Pouco realista”. Banco de Portugal arrasa plano do Novo Banco para a dívida de Vieira

O Banco de Portugal considera que a reestruturação da dívida de Luís Filipe Vieira no Novo Banco é “pouco realista” e tem “pouca aderência à realidade”. A reestruturação da dívida do grupo de Luís Filipe Vieira …

Um treinador sem medo de errar e um plantel que pouco o fez. As razões para o título do Sporting

O Sporting sagrou-se, esta terça-feira, campeão nacional. Há várias figuras responsáveis pelo título dos 'leões', desde Rúben Amorim ao talentoso plantel. Apito final do Sporting CP-Boavista e os 'leões' voltam a conquistar o campeonato, 19 anos …

Identificada nova espécie de gato dente-de-sabre, uma das maiores de sempre

Usando técnicas detalhadas de comparação de fósseis, cientistas foram capazes de identificar uma nova espécie gigante de gato dente-de-sabre, que teria andado pela América do Norte entre há cinco e nove milhões de anos. De acordo …