Vizinhos irritados e engenheiros preocupados. Homem construiu o seu próprio muro na fronteira com o México

Tommy Fisher, um norte-americano apoiante de Donald Trump que tem uma empresa de construção na Dakota do Norte, conseguiu mais de dois mil milhões de dólares em contratos para construir o muro na fronteira do Presidente dos Estados Unidos.

Quando Tommy Fisher decidiu que queria construir o seu próprio muro de fronteira no Texas, disse que queria evitar problemas com o México. Agora, o muro criou seu próprio conjunto de problemas no lado americano da fronteira: os engenheiros avisam que a estrutura será destruída por uma enchente, os vizinhos querem que seja desmontada e Fisher está envolvido em processos judiciais.

Fisher ergueu a barreira de ferro com 5,5 metros de altura e cinco quilómetros de comprimento ao longo do altamente regulamentado Rio Grande como o seu projeto pessoal.

Os opositores dizem que, desde então, está em mau estado e pode agravar as inundações porque está muito perto do rio.

Os locais estão pasmos com o projeto. “Não sabia que se poderia desrespeitar a margem do rio assim”, disse o reverendo Roy Snipes, um padre que celebra a missa numa igreja não muito longe do muro, de acordo com o NPR.

Fisher sempre disse que construiu o muro para mostrar ao Governo que o conseguiria fazer melhor, mais rapidamente e com menos custos.

Apesar dos processos movidos pela Comissão Internacional de Fronteiras e Água e um vizinho enfurecido, um juiz federal permitiu que Fisher terminasse o seu muro em março.

Para os críticos, a maior perplexidade sobre o muro é sua falta de sentido. A enorme e cara barreira de Trump que está em construção a apenas 1,5 quilómetros a norte contraria a necessidade do muro de Fisher.

Além disso, o muro fica ao lado do rio sinuoso, não no topo do dique que fica fora da planície inundada, onde a administração Trump está a construir o seu próprio e polémico muro.

“Essa coisa que o grupo Fisher fez está demasiado perto da água. E está numa área onde nunca poderíamos construir no nível do governo federal”, disse Ron Vitiello, chefe aposentado da Patrulha de Fronteira que supervisionava alguns da construção do muro federal.

Como se não bastasse, agora, há um sopro de escândalo. Em agosto, os promotores federais acusaram o ex-conselheiro de Trump, Steve Bannon, e três outros de defraudar doadores em milhões de dólares.

A acusação alega que o grupo “We Build The Wall” “defraudou centenas de milhares de doadores” numa campanha de crowdfunding que deveria ir para o muro. Em vez disso, de acordo com a acusação, o dinheiro foi para financiar estilos de vida luxuosos.

“We Build The Wall” contribuiu com apenas 1,5 milhões de dólares para o muro de Fisher no Vale do Rio Grande. Fisher pagou a maior parte do custo de 40 milhões. No entanto, !We Build The Wall! continua a receber crédito pelos dois projetos de Fisher.

A grande questão agora é o que acontecerá na próxima vez que o Rio Grande tiver uma grande enchente, o que acontece periodicamente com furacões no Golfo. Marianna Treviño Wright, diretora executiva do National Butterfly Center, é a vizinha que está a processar Fisher.

“Os especialistas e os cientistas atestam o facto de que num evento de inundação, esse muro irá bloquear e entupir. Isso causará um redirecionamento do fluxo de água e, em última análise, resultará em danos às propriedades adjacentes e a montante“, disse Wright.

Enquanto isso, Fisher recebeu quatro contratos de construção de muros do Departamento de Segurança Interna avaliados em 2,25 mil milhões de dólares – mais do que qualquer outro contratante federal.

Atualmente, Fisher está ocupado no Arizona a construir o muro oficial da fronteira, de acordo com o Governo. Mas voltou ao Texas no início de agosto para responder às reclamações de erosão sob o seu muro protótipo. “Não importa o que façamos, se houver uma grande tempestade, haverá erosão”, disse Fisher. “E temos a capacidade de consertar isso aqui e, em seguida, temos a capacidade de torná-lo mais forte.”

Para Fisher, as soluções são simples: preencher as valas erodidas com mais terra, colocar cascalho e semear a área com relva.

Porém, os especialistas permanecem profundamente duvidosos. Engenheiros avisam que o muro privado está em perigo de tombar devido a uma má fundação e erosão contínua.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ricardo Pereira revela segredo para o FC Porto derrotar o City

A jogar em Inglaterra há três anos, Ricardo Pereira conhece bem o próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões. O internacional português deu alguns conselhos à equipa portista. Ricardo Pereira está a cumprir a …

OE em duodécimos deixa 2.700 milhões de estímulo orçamental em suspenso

A hipótese de haver um Orçamento em duodécimos em 2021 está em cima da mesa. Se tal acontecer, há pelo menos 2.700 milhões de estímulo orçamental que não chegarão à economia. Se o Orçamento do Estado …

Grupo Luz Saúde foi o que mais faturou com a pandemia

O Grupo Luz Saúde faturou quase 40 milhões de euros com a venda de material à Direção-Geral da Saúde (DGS), a hospitais e até a autarquias. A GLSMed Trade, do grupo Luz Saúde, foi a empresa …

Pinto da Costa: "Varandas fará um grande serviço quando se dedicar à medicina"

Manchester City, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas foram alguns dos temas abordados por Pinto da Costa numa recente entrevista ao Porto Canal. Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa fez a antevisão ao encontro …

Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas "muito difíceis"

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado …

Algarve pode consagrar Lewis Hamilton como piloto mais vitorioso de sempre

O Autódromo Internacional do Algarve está a caminho de ver a consagração do piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) como o piloto mais vitorioso de sempre da Fórmula 1, no domingo, no Grande Prémio de Portugal. Depois …

Antigo túmulo siberiano contém casal de guerreiros (e um enorme stock de armas)

Uma equipa de arqueólogos desenterrou um túmulo com 2.500 anos que continha os restos mortais de quatro pessoas da antiga cultura Tagar. Arqueólogos da Universidade Estadual de Novosibirsk, na Rússia, desterraram um túmulo com 2.500 anos …

OE2021. Governo perde fé nas negociações com o Bloco, mas conta com PAN e talvez PCP

As negociações com o Bloco para garantir a aprovação do Orçamento do Estado para 2021 não estão bem encaminhadas. O Governo espera contar com o PAN e talvez com o PCP. Um possível entendimento entre o …

"Eleição do mundo". USA Today declara apoio a Biden (que continua a liderar nas sondagens)

Pela primeira vez, o jornal norte-americano USA Today decidiu apoiar um candidato presidencial - Joe Biden. O democrata continua a liderar as sondagens a dois dias do último debate. "Há quatro anos, o Conselho Editorial - …

Cientistas descobrem (acidentalmente) um novo órgão dentro da cabeça humana

Uma equipa de investigadores fez uma descoberta anatómica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana. Esta "entidade desconhecida" foi identificada acidentalmente por médicos na Holanda, que …