Vizinhos irritados e engenheiros preocupados. Homem construiu o seu próprio muro na fronteira com o México

Tommy Fisher, um norte-americano apoiante de Donald Trump que tem uma empresa de construção na Dakota do Norte, conseguiu mais de dois mil milhões de dólares em contratos para construir o muro na fronteira do Presidente dos Estados Unidos.

Quando Tommy Fisher decidiu que queria construir o seu próprio muro de fronteira no Texas, disse que queria evitar problemas com o México. Agora, o muro criou seu próprio conjunto de problemas no lado americano da fronteira: os engenheiros avisam que a estrutura será destruída por uma enchente, os vizinhos querem que seja desmontada e Fisher está envolvido em processos judiciais.

Fisher ergueu a barreira de ferro com 5,5 metros de altura e cinco quilómetros de comprimento ao longo do altamente regulamentado Rio Grande como o seu projeto pessoal.

Os opositores dizem que, desde então, está em mau estado e pode agravar as inundações porque está muito perto do rio.

Os locais estão pasmos com o projeto. “Não sabia que se poderia desrespeitar a margem do rio assim”, disse o reverendo Roy Snipes, um padre que celebra a missa numa igreja não muito longe do muro, de acordo com o NPR.

Fisher sempre disse que construiu o muro para mostrar ao Governo que o conseguiria fazer melhor, mais rapidamente e com menos custos.

Apesar dos processos movidos pela Comissão Internacional de Fronteiras e Água e um vizinho enfurecido, um juiz federal permitiu que Fisher terminasse o seu muro em março.

Para os críticos, a maior perplexidade sobre o muro é sua falta de sentido. A enorme e cara barreira de Trump que está em construção a apenas 1,5 quilómetros a norte contraria a necessidade do muro de Fisher.

Além disso, o muro fica ao lado do rio sinuoso, não no topo do dique que fica fora da planície inundada, onde a administração Trump está a construir o seu próprio e polémico muro.

“Essa coisa que o grupo Fisher fez está demasiado perto da água. E está numa área onde nunca poderíamos construir no nível do governo federal”, disse Ron Vitiello, chefe aposentado da Patrulha de Fronteira que supervisionava alguns da construção do muro federal.

Como se não bastasse, agora, há um sopro de escândalo. Em agosto, os promotores federais acusaram o ex-conselheiro de Trump, Steve Bannon, e três outros de defraudar doadores em milhões de dólares.

A acusação alega que o grupo “We Build The Wall” “defraudou centenas de milhares de doadores” numa campanha de crowdfunding que deveria ir para o muro. Em vez disso, de acordo com a acusação, o dinheiro foi para financiar estilos de vida luxuosos.

“We Build The Wall” contribuiu com apenas 1,5 milhões de dólares para o muro de Fisher no Vale do Rio Grande. Fisher pagou a maior parte do custo de 40 milhões. No entanto, !We Build The Wall! continua a receber crédito pelos dois projetos de Fisher.

A grande questão agora é o que acontecerá na próxima vez que o Rio Grande tiver uma grande enchente, o que acontece periodicamente com furacões no Golfo. Marianna Treviño Wright, diretora executiva do National Butterfly Center, é a vizinha que está a processar Fisher.

“Os especialistas e os cientistas atestam o facto de que num evento de inundação, esse muro irá bloquear e entupir. Isso causará um redirecionamento do fluxo de água e, em última análise, resultará em danos às propriedades adjacentes e a montante“, disse Wright.

Enquanto isso, Fisher recebeu quatro contratos de construção de muros do Departamento de Segurança Interna avaliados em 2,25 mil milhões de dólares – mais do que qualquer outro contratante federal.

Atualmente, Fisher está ocupado no Arizona a construir o muro oficial da fronteira, de acordo com o Governo. Mas voltou ao Texas no início de agosto para responder às reclamações de erosão sob o seu muro protótipo. “Não importa o que façamos, se houver uma grande tempestade, haverá erosão”, disse Fisher. “E temos a capacidade de consertar isso aqui e, em seguida, temos a capacidade de torná-lo mais forte.”

Para Fisher, as soluções são simples: preencher as valas erodidas com mais terra, colocar cascalho e semear a área com relva.

Porém, os especialistas permanecem profundamente duvidosos. Engenheiros avisam que o muro privado está em perigo de tombar devido a uma má fundação e erosão contínua.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal regista mais 11 mortes e 780 casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, 780 novos casos e 11 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Pandemia já matou quase tantos norte-americanos como a gripe espanhola

A covid-19 já matou quase tantos norte-americanos, no último ano e meio, como a gripe espanhola, entre 1918 e 1919, de acordo com dados esta terça-feira divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Embora o aumento das novas …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: A sexta, a bonança e um festival de juventude

O pleno das águias, o regresso do campeão às vitórias e um dragão jovem com chama alta. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. A prática de Darwin SL Benfica 3 …

Autoeuropa retoma hoje produção após paragem face à crise dos semicondutores

Falta de semicondutores tem sido uma constante, apesar da melhora da situação pandémica, face ao atraso dos países asiáticos no que concerne à vacinação, o que obriga à paragem das fábricas responsáveis pelo fabrico das …

Os smartphones avariam mal acaba a garantia? Portugal e a UE estão a lutar contra a obsolescência programada

As empresas criam os telemóveis para avariarem pouco depois de acabar a garantia - mas a União Europeia e várias associações estão a lutar contra o desperdício e a tentar proteger os direitos do consumidor. É …

Lava do vulcão de La Palma está a escorrer em direção ao mar aumentando o risco de gases tóxicos

O vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, nas Canárias, que entrou em erupção no domingo, tem uma nova boca eruptiva, o que obrigou a evacuar mais habitações, informaram as autoridades. De acordo como Plano …

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …