Megaoperação de combate à pedofilia detém mais de 30 pessoas

Koen Van Weel / EPA

Mais de 30 pessoas foram detidas em onze países no âmbito de uma megaoperação de combate à pornografia infantil realizada pela Europol e pela polícia nacional de Espanha, país onde foram presos mais de metade dos criminosos.

De acordo com a direção-geral da polícia espanhola, foram detidas 17 pessoas naquele país, 14 das quais menores de idade que partilhavam material pedófilo de extrema violência num chat do WhatsApp, anexando emoticons e outras animações às imagens de abusos sexuais a crianças muito pequenas.

A maior parte dos suspeitos — cuja idade média é de 22 anos — tinha os telemóveis em nome dos pais, pelo que estes também foram investigados.

A operação, designada como “Chemosh”, durou 26 meses e foi realizada pela Unidade Central de Crimes Cibernéticos da Polícia Nacional espanhola, em colaboração com a Interpol, a Europol e as forças policiais da Costa Rica, Equador, França, Guatemala, Índia, Itália, Paquistão, Peru, Reino Unido e Síria.

As investigações começaram na sequência de informações enviadas por um anónimo para o e-mail “denuncias.pornografia.infantil@policia.es”, que alertavam para a existência de um grupo de Whatsapp, formado por menores de idade, no qual vários participantes tinham considerado normal a existência de pedofilia e abusos sexuais a outros menores.

Em algumas das conversas de WhatsApp estavam também envolvidos pedófilos estrangeiros adultos que trocavam material, o que dificultou as investigações, referiu a polícia.

Segundo a Polícia Nacional espanhola, a operação começou inicialmente para travar a pornografia infantil em chats de língua espanhola, mas também para impedir que jovens espanhóis entrassem em contacto com material pedófilo ou com pessoas perigosas que pudessem gerar material próprio.

Um dos detidos mais perigosos foi um homem, de 29 anos, preso na província de Ciudad Real, por ter feito download de pornografia infantil nos chats investigados, e por ter tentado que outros membros do grupo lhe dessem contactos de meninas menores de idade a quem pudesse assediar para obter material.

Este homem foi preso depois de entrar em contacto com um polícia que fingiu estar interessado em trocar contactos.

Outro dos detidos foi uma criança com menos de 15 anos que queria ser administradora de grupos de chat sobre pedofilia, tendo armazenado um grande número de arquivos para distribuir a quem fizesse parte do grupo.

No grupo dos detidos conta-se ainda um rapaz de 19 anos, que se tinha iniciado no mundo da pedofilia através de banda desenhada onde apareciam menores a sofrerem abusos e que procurava agora material sexual com crianças, um adulto de 50 anos com deficiência intelectual, que frequentava grupos de chat de menores de idade, e um outro adulto, de 32 anos, que incitava membros do grupo a realizar atos pedófilos para poder partilhar as imagens com outros utilizadores.

Entre os detidos, além dos espanhóis, estavam quatro cidadãos do Equador, dois da Costa Rica, dois do Uruguai e dois do Peru, um indiano, um italiano, um francês, um paquistanês, um britânico e um sírio.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …

À frente de Figo, Futre e Ronaldo. Joelson é o terceiro mais novo de sempre a estrear-se pelo Sporting

O Sporting venceu esta quinta-feira na receção ao Gil Vicente, por 2-1, no jogo de encerramento da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A partida marcou também a estreia do jovem extremo Joelson …

Austrália pondera dar refúgio a quem abandone Hong Kong

O primeiro-ministro australiano disse esta quinta-feira que o Governo está a ponderar dar refúgio aos residentes de Hong Kong que desejem abandonar a ex-colónia britânica devido à nova lei de segurança nacional imposta por Pequim. Scott …

Vieira ainda sonha com Jesus (e a Libertadores pode ajudar no regresso)

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não desistiu de voltar a colocar Jorge Jesus no comando técnico da equipa da Luz e, caso a Taça dos Libertadores não seja realizada, o regresso do treinador …

Marta Temido garante que não há descontrolo em Lisboa (mas assume falhas)

Em entrevista à RTP, a ministra da Saúde garantiu que não há "descontrolo" na evolução da pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, mas sublinhou que se trata de uma "situação de sobressalto, …

A genética ajuda a determinar o quão afetuosas são as mulheres (mas não os homens)

A genética desempenha um papel importante no nível de afetividade das mulheres, mas o mesmo não acontece entre os homens, concluiu uma nova investigação científica levada a cabo com gémeos. Na nova investigação, recentemente publicada …

Prémio para profissionais do SNS é "uma esmola". "Mais valia terem estado quietos"

Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, diz que a proposta que prevê prémios e mais férias para os profissionais de saúde é uma "afronta" para enfermeiros. Para a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, a …

Tempo de espera para entrega de cartão de cidadão pode chegar a cinco meses

Para fazer o levantamento do cartão de cidadão é preciso fazer marcação e há balcões que só têm disponibilidade para entregar o documento no final do ano. De acordo com a edição desta quinta-feira do …

Físicos explicam por que as mudanças do campo magnético da Terra são mais fracas no Pacífico

Uma nova investigação levada a cabo por físicos da Universidade de Alberta, no Canadá, apresenta uma explicação para o facto de as mudanças no campo magnético da Terra serem mais fracas na região do Pacífico. …

Chovem diamantes no interior de Neptuno e Urano (e já se sabe porquê)

Podem estar a chover diamantes dentro dos corações de Neptuno e Urano. Agora, os cientistas descobriram novas evidências experimentais que mostram como é que isso poderia ser possível. Neptuno e Urano são os planetas mais mal …