Astrónomos mediram a luz estelar emitida em toda a história do Universo

Uma equipa de astrónomos do estado norte-americano da Carolina do Sul mediu toda a luz estelar já produzida em toda a história do Universo observável, ou seja, mediram toda a luz de todas as estrelas que já existiram – o número é brutal.

Para chegar até a um número, os cientistas examinaram os primórdios da criação estelar, passado desde a formação do Universo há 13,7 mil milhões de anos até aos dias de hoje. “Isto nunca foi feito antes“, disse Marco Ajello, astrofísico do Clemson College of Science, na Carolina do Sul, e autor principal do estudo publicado em declarações ao The Guardian.

Estima-se que as primeiras estrelas tenham surgido algumas centenas de milhões de anos após o Big Bang. Desde então, as galáxias produziram estrelas a um ritmo quase frenético, existindo atualmente, segundo os cálculos dos cientistas, um bilião de biliões.

De acordo com a investigação, cujos resultados foram publicados recentemente na revista Science, as estrelas já irradiaram 4×1084 fotões. Noutras palavras, 4 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 000 fotões.

Os cientistas trabalham já há algum tempo para conseguir obter esta medida, também conhecida como luz de fundo extragalática (EBL) ou “névoa cósmica”. O EBL representa o livro que relata a história da atividade estelar e a evolução das galáxias dentro do Universo”, explicou Ajello ao portal Astronomy.

Tal como notou o líder da investigação, a medição da EBL pode ser uma ótima ferramente para os cientistas, podendo ajudá-los a melhor compreender a evolução das galáxias, os processos de formação estelar e até a forma como o próprio Universo evoluiu.

Até então, era difícil obter este número porque a “névoa cósmica” é muito mais fraca do que a Via Láctea e as demais luzes do céu noturno. Além disso, os cientistas não conseguiam observar as galáxias mais distantes, uma vez que são muito escuras e a luz mais brilhante emitida em primeiro plano obscurecia ainda mais esta visão.

Agora, e através de um método indireto, os cientistas conseguiram calcular toda a luz estelar já emitida. Os cientistas observaram as chamadas “blazars” – galáxias que giram em torno de um buraco negro supermassivo – que emitem feixes de matéria e radiação na nossa direção recorrendo ao Telescópio Espacial Fermi de Raios-Gama da NASA.

“Usando blazars a diferentes distâncias de nós, medimos a luz das estrelas em diferentes períodos de tempo. Medimos a luz estelar total de cada época – há mil milhões de anos, há dois mil milhões de anos, há seis mil milhões de anos (…) – desde quando as estrelas foram formadas”, explicou Vaidehi Paliya, coautor do estudo.

O Telescópio “permitiu reconstruir o EBL e determinar a história da formação das estrelas do Universo de uma forma mais eficaz do que já havia sido alcançado até então”, rematou o cientista em comunicado.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Misterioso vírus recentemente descoberto desafia evolução

https://vimeo.com/368044917 Cientistas japoneses descobriram um novo tipo de vírus que pode desafiar e redefinir a nossa compreensão dos vírus e do processo como se espalham e propagam. Uma equipa de cientistas da Universidade de Agricultura e Tecnologia …

SpaceX quer enviar mais 40.000 satélites para o Espaço

Depois de um primeiro lançamento em meados de maio, a Space X pretende agora colocar mais 30.000 pequenos satélites em órbita, revelam documentos apresentados pela empresa de Elon Musk às autoridades de telecomunicações. De acordo …

Bola de fogo que sobrevoou o Japão em 2017 é um fragmento de um asteróide que pode atingir a Terra

Na madrugada de 28 de abril de 2017, uma pequena bola de fogo passou pelo céu de Quioto, no Japão. Agora, graças a dados da SonotaCo, os invetivadores determinaram que a rocha espacial era um …

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …