Medina sondou BE e PCP para coligação. Levou uma nega, mas o futuro depende do sucesso de Moedas

Tiago Petinga / Lusa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, com o primeiro-ministro, António Costa

Fernando Medina quis uma coligação pré-eleitoral com Bloco de Esquerda e o PCP, mas os partidos não aceitaram. No entanto, a hipótese poderá voltar a estar em cima da mesa de Carlos Moedas começar a ganhar terreno nas sondagens. 

O Público revela, esta segunda-feira, que Fernando Medina, atual presidente da Câmara de Lisboa e candidato do PS nas autárquicas, sondou o Bloco de Esquerda e o PCP para uma coligação à esquerda na capital.

Ambos os partidos rejeitaram a proposta, com base no argumento de que “não há necessidade” de coligar forças uma vez que a esquerda recuperou a maioria da tendência de voto na capital, desde que António Costa foi eleito pela primeira vez, em 2007. Tanto o BE como o PCP remeteram acordos para o período pós-eleitoral.

As conversas aconteceram antes de o antigo comissário europeu Carlos Moedas se lançar a Lisboa pelo PSD, mas a estratégia parece não ter alterado. No entanto, se a megacoligação de direita, encabeçada por Moedas, começar a ganhar força e espaço nas sondagens, a possibilidade de uma coligação pré-eleitoral à esquerda passa a estar em cima da mesa.

O Público adianta que a decisão tem como prazo o mês de junho.

Ao diário, José Luís Carneiro, secretário-geral adjunto do PS, disse que a gestão camarária do PS “sempre foi um projeto aberto a todos quantos nele quiseram participar” e garantiu que “assim continuará a ser, antes e depois das eleições”.

Do Bloco de Esquerda, Jorge Costa referiu que os candidatos do BE “contribuirão para maiorias que, excluindo os partidos de direita, possam assumir compromissos fundamentais”.

Atualmente, Fernando Medina é presidente da Câmara Municipal de Lisboa com o apoio do Bloco. “O acordo PS-Bloco”, que vigora desde 2017, “tem sido cumprido com resultados positivos para a cidade”, afirmou o bloquista.

Sobre o futuro pós-eleitoral e eventuais acordos, Jorge Cordeiro, do PCP, disse que, “no quadro da composição plural dos órgãos autárquicos e do reconhecido posicionamento dos eleitos do PCP e da CDU, Lisboa contará sempre, como tem contado, com o seu trabalho, honestidade e competência para assegurar uma gestão e as decisões que melhor sirvam a quem vive e trabalha na cidade”.

Favorável a uma coligação pré-eleitoral é o Livre. “A assembleia do Livre aprovou a orientação geral de que o partido deve procurar promover coligações com forças de esquerda e ecologistas, em geometria variável, caso a caso”, explicou Ricardo Sá Fernandes ao Público.

“Em relação a Lisboa ainda não se iniciaram negociações e a solução vai depender delas, mas a disponibilidade do Livre é para que seja estabelecida uma coligação pré-eleitoral”, acrescentou.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

No funeral de Filipe, a família real não vai usar uniformes militares "para evitar envergonhar Harry"

No funeral do duque de Edimburgo os membros da família real não vão usar uniformes militares. A quebra na tradição é justificada como medida "para evitar envergonhar" o príncipe Harry. Segundo o The Sun, a decisão …

FBI diz que grupos radicais dos EUA têm fortes ligações com extrema-direita europeia

O diretor do FBI revela que os radicais norte-americanos são os que têm os laços internacionais mais vastos e que se têm deslocado para se encontrarem com outros ativistas. Os norte-americanos de extrema-direita e com motivações …

Nova espécie de pterossauro revela o polegar opositor mais antigo de sempre

Cientistas descobriram uma nova espécie de pterossauro que viveu durante o período Jurássico e que subia às árvores graças aos seus polegares opositores. Esta característica nunca tinha sido observada nestes animais. De acordo com a rede …

Devido ao sucesso da vacinação, Israel põe fim à obrigatoriedade de uso de máscara no exterior

As autoridades israelitas anunciaram hoje que a partir do próximo domingo acabará a obrigatoriedade de uso de máscara no exterior, medida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de …

A rainha Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal (mas novos documentos põem fim aos mitos)

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por lavar-se pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a viagem …

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …

Itália vai enviar réplica de David de Michelangelo para o Dubai

No final de abril, Itália vai enviar uma réplica em tamanho real do famoso David de Michelangelo, feita com impressoras 3D, para a Exposição Universal do Dubai, que se irá realizar de 1 de outubro …