Um McDonald’s abandonado dá comida a milhares de famílias carenciadas em França

L'Après M

L’Après M

Um antigo McDonald’s foi reconvertido num banco alimentar que dá comida a milhares de família carenciadas em Marselha, França.

Fati Bouarua, de ascendência argelina, cresceu nos bairros mais negligenciados de Marselha, em França. Agora, ajudou a transformar um antigo restaurante McDonald’s, em Sainte-Marthe, num banco alimentar que oferece comida a 2 mil famílias por semana.

“Quando veio o primeiro confinamento, as pessoas estavam mais preocupadas em morrer de fome do que com a covid-19 por aqui”, disse Fati à Vice. “Fecharam tudo, até instituições de caridade e assistência social. As pessoas foram deixadas ao abandono. Com ou sem documentos — eles não tinham nada”.

Em Marselha, muitos imigrantes e refugiados são forçados a viver em condições precárias e na comuna de Sainte-Marthe, quando o McDonald’s fechou, só o supermercado local estava a oferecer emprego às pessoas.

O McDonald’s foi aberto lá em 1992 e não apenas oferecia emprego a 77 pessoas, como dava aos habitantes locais a dignidade de ter um lugar para comer fora. Em 2018, o restaurante fechou por falta de financiamento do Governo.

Inconformado, o então gerente do restaurante, Kamel Guemari, encharcou-se em gasolina e ameaçou emular-se a menos que o encerramento do McDonald’s fosse interrompido e todos os 77 funcionários tivessem o seu sustento garantido. De pouco adiantou e o restaurante manteve-se fechado.

Graças a uma forte campanha nas redes sociais, Guemari começou a angariar fundos, remodelou o restaurante e deu-lhe um novo nome: L’Après M.

Numa enorme onda de apoio, agricultores doaram frutas e vegetais; as lojas ofereciam comida e os habitantes locais doavam fundos para apoiar este movimento crescente. Nas primeiras cinco semanas após a inauguração, mais de 100.000 pessoas receberam uma refeição.

Agora, criaram uma empresa chamada Le Part Du Peuple, em que todos os que doam, ficam com uma parte da empresa, ninguém é o dono. É uma empresa administrada como uma organização sem fins lucrativos.

“O que queremos fazer é criar aqui um fast-social-food, um restaurante onde te entreguem o menu e os preços sejam determinados a partir do que ganhas. Se fores um migrante sem documentos, podes vir e comer duas vezes por semana gratuitamente. Os que ganham o salário mínimo pagam apenas 3 euros por pessoa, e assim por diante”, explicou Fati.

“Vamos reempregar 37 funcionários, e os demais serão 40 voluntários que oferecem meio dia por mês do seu tempo para manter tudo a funcionar. É um modelo não apenas para ajudar os mais pobres a sobreviver, mas para lutar contra a vitimização causada pelo capitalismo”, acrescentou.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. ‘Em 2018, o restaurante fechou por falta de financiamento do Governo.”
    Na França os Mcdonalds são financiados pelo governo??!

  2. “encharcou-se em gasolina e ameaçou emular-se a menos que o encerramento do McDonald’s fosse interrompido.” Penso que nesta frase o sentido será, ser queimado pelo fogo e sendo assim a palavra correta será imolar-se. Emular é outra coisa.

  3. A culpa de facto é do governo, mas por deixar e pactuar com a entrada diariamente de milhares de migrantes ilegais. Depois aumentam os impostos à classe média para sustentarem esta gente. Os subúrbio das grandes cidades francesas estão um barril de pólvora, para além do crescente domínio muçulmano. Paris é agora triste e assustador de visitar. França já não é França. França está irremediavelmente perdida.

  4. Por cá deviam fazer o mesmo com os balcões do BES em vez de termos de andar a pagar a “fatura” que os aldrabões e do seu ladrão mor deixaram por pagar e ainda se riem e faltam ás audiências evocando que são dementes e muito doentes.

RESPONDER

Adeptos do Parma contestam regresso do Buffon "mercenário"

Faixa exibida à porta do estádio do Parma recorda saída para a Juventus, em 2001: "Saíste como mercenário". Gianluigi Buffon está de volta ao Parma, 20 anos depois. Mas nem todos os adeptos do emblema italiano …

Ex-adjunta da ministra da Justiça vai investigar corrupção no Governo

A magistrada Carolina Costa, que foi adjunta da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, foi escolhida para integrar o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP). Ora, este órgão, está a investigar vários elementos …

Coro de críticas ao "fecho" da Área Metropolitana de Lisboa aumenta. Governo insiste que medida é constitucional

O Governo insiste que o "fecho" da Área Metropolitana de Lisboa (AML) é uma medida prevista na situação de calamidade, mas o coro de críticas aumenta. Na conferência de imprensa desta quinta-feira, a ministra Mariana Vieira …

Como foi possível? "Inquérito urgente" à transferência de 788 mil euros para desempregado

Ainda não se sabe como é que foi possível que a Segurança Social tenha transferido 788 mil euros para um desempregado. O caso já levou à abertura de um "inquérito urgente" e o Governo quer …

MP investiga protesto com alegadas saudações nazi

Uma fonte oficial da Procuradoria-Geral da República revelou esta sexta-feira que foi instaurado um inquérito, dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, às alegadas saudações nazi na manifestação que ocorreu na Praça …

Eriksen tem alta hospitalar

Seis dias depois de sofrer uma paragem cardíaca, Christian Eriksen teve alta hospitalar e visitou o estágio da seleção dinamarquesa antes de regressar a casa. Christian Eriksen teve alta hospitalar esta sexta-feira, confirmou a federação dinamarquesa, …

MP francês pede seis meses de prisão efetiva para Sarkozy

O Ministério Público (MP) pediu na quinta-feira um ano de prisão, com seis meses de pena efetiva, para o ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy, julgado em Paris na sequência de uma investigação ao financiamento irregular na …

Portugueses já podem pedir Certificado Digital Covid

Os portugueses já podem pedir o Certificado Digital Covid, o documento que facilita as viagens para o estrangeiro durante as férias. O primeiro-ministro, António Costa, anunciou que os portugueses poderiam pedir o seu certificado digital europeu …

Guterres presta juramento na ONU e estabelece "prioridade mundial absoluta"

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, prestou juramento e tomou posse para um segundo mandato durante uma sessão plenária da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, Estados Unidos. António Guterres …

Suécia 1-0 Eslováquia | Isak carrega nórdicos às costas

A Suécia deu hoje um passo de ‘gigante’ rumo aos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Eslováquia por 1-0, em encontro da segunda jornada do Grupo E, disputado em São Petersburgo. Depois …