May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

Stefan Wermuth / Reuters

A primeira-ministra britânica Theresa May

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, “facilitar” a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está “muito perto”.

Theresa May partilhou na sua página do Facebook uma carta aberta aos mais de três milhões de cidadãos da União Europeia (UE) residentes no Reino Unido, que foi interpretada como uma tentativa de desbloquear a negociação com Bruxelas perante a reunião, hoje e amanhã, do Conselho Europeu.

Na missiva, a chefe do Governo britânico explica que se vai tornar “o mais simples possível” e menos dispendioso o processo de registo dos europeus com direito a residência permanente, e estes poderão participar num “grupo de utentes” para determinar o funcionamento deste processo.

Já não lhes será exigido demonstrar que têm acesso a um seguro de saúde e vai reduzir-se o processo burocrático geral e simplificá-lo especificamente para os que já tenham obtido o cartão de residência permanente, indica o texto.

May afirma que vai delinear aos 27 Estados-membros que os mesmos trâmites se facilitem também para os britânicos residentes noutros países da UE.

“Fui clara durante este processo em que os direitos dos cidadãos são a minha primeira prioridade, e sei que os meus colegas têm o mesmo objetivo: salvaguardar os direitos dos nacionais da UE que vivem no Reino Unido e os britânicos que vivem na UE”.

May destaca que os cidadãos europeus são “uma enorme contribuição para o país” e, por isso, é tão importante que tanto eles como as suas famílias “possam ficar”. “Não posso ser mais clara: os cidadãos da UE que residem legalmente no Reino Unido, poderão ficar”.

A líder “tory” (conservadora) afirma que “com flexibilidade e criatividade” dos dois lados, a negociação sobre os direitos dos cidadãos pode finalizar-se “nas próximas semanas”.

Sobre a carta de May, um porta-voz do grupo “the3million”, que representa os interesses dos cidadãos da UE, disse que “poderá abrir a porta ao diálogo” mas lamentou que a primeira-ministra e o ministro do Brexit, David Davis, não se tenham reunido com eles para “abordar os verdadeiros problemas”, tal como a reunificação familiar.

Paralelamente, um grupo de políticos pró-Brexit enviou outra carta aberta a May, coordenada pela campanha “Leave means Leave” (“Sair significa sair”), na qual pede à primeira-ministra para abandonar as negociações com Bruxelas se não houver conclusões positivas no Conselho Europeu.

Os signatários argumentam que o Governo “foi mais do que paciente” nas suas tentativas de abordar com a UE a futura relação comercial e assinalam que, se não há garantias de poder negociar isso em breve, o país deverá assumir que quando sair da UE, a 29 de março de 2019, passará a operar sob os parâmetros da Organização Mundial do Comércio (OMC).

EFE ZAP // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …