“Trazia material muito perigoso no avião”. Venezuela confirma que deteve tio de Juan Guaidó

Rayner Peña / EPA

O Governo venezuelano confirmou ter detido o tio do líder opositor Juan Guaidó, por ter tentado entrar no país com “material muito perigoso”.

“Andam por aí com um escândalo que é um desaparecimento forçado”, disse o presidente da Assembleia Constituinte, Diosdado Caballo, numa referência à detenção de Juan José Marquez, tio de Juan Guaidó.

“Tenho uma notícia: foi detido um senhor, que trazia material muito perigoso dentro do avião”, acrescentou o político, durante um programa transmitido pela televisão estatal venezuelana na terça-feira à noite.

O presidente da Assembleia Constituinte, composta unicamente por apoiantes do regime venezuelano, acrescentou que Juan José Marquez “violou as normas da Aeronáutica Civil e entrou com um colete anti-bala, proibido” no país.

Diosdado Cabello, considerado o segundo homem mais forte do chavismo, depois do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, indicou que o tio de Juan Guaidó “trazia umas lanternas táticas, que continham no interior, no compartimento das pilhas, substâncias químicas de natureza explosiva, presumivelmente explosivo sintético C4″.

Na terça-feira, o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó denunciou o desaparecimento, no mesmo dia, do tio Juan José Márquez, depois de ter sido intercetado pelas autoridades aduaneiras, na chegada a Caracas, no final de uma deslocação internacional de 23 dias.

O Centro Nacional de Comunicação (CNC) de Guaidó denunciou, na rede social Twitter, “o desaparecimento de Juan José Márquez” e exigiu “a libertação” do tio de Guaidó, que acompanhava o opositor “no momento da chegada à Venezuela”. “Depois de passar pela migração normalmente e estar prestes a sair, Márquez foi detido por uma suposta revisão do Seniat [Serviço Nacional Integrado de Alfândega e Administração Tributária]”, de acordo com a mesma mensagem.

O presidente do parlamento da Venezuela, o opositor Juan Guaidó, chegou na terça-feira à Venezuela, tendo sido agredido por simpatizantes do regime venezuelano. Guaidó, que chegou a Caracas proveniente de uma deslocação iniciada em 19 de janeiro na Colômbia, visitou Reino Unido, Suíça, Espanha, Canadá, França e Estados Unidos, para manter encontros com diferentes governantes, incluindo com o Presidente norte-americano Donald Trump.

A crise venezuelana agravou-se desde janeiro de 2019, quando o líder opositor e presidente do parlamento, Juan Guaidó, jurou publicamente assumir as funções de presidente interino da Venezuela até conseguir afastar Nicolás Maduro do poder, convocar um governo de transição e eleições livres no país. Os Estados Unidos foram o primeiro de mais de 50 países que manifestaram apoio a Juan Guaidó, entre eles Portugal, uma posição tomada no âmbito da União Europeia.

  // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Homem budista a meditar

O tukdam - um estado mental "meio-morto" dos monges budistas - é o novo fascínio da ciência

Os monges budistas conseguem chegar a um estado de meditação tão profunda que não é detectada qualquer actividade cerebral. No Budismo no Tibete, há um conceito mítico conhecido como "thukdam" ou "tukdam". Acredita-se que este é …

Trofense 1-2 Benfica | Águias passam a rasar

O Benfica, da I Liga, venceu hoje o Trofense, da II Liga, por 2-1, no prolongamento, depois do 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue …

Como nasceu o mito dos vampiros? Mais doenças e menos Drácula

Os vampiros são um mito com séculos de história e que podem estar associados a doenças como a raiva e a pelagra — e não ao Drácula. O vampiro é uma imagem comum na cultura pop …

Edifícios impressos em 3D pelo exército norte-americano

Exército dos EUA pode agora imprimir edifícios de cimento em 3D em zonas de desastre

O objectivo da tecnologia é facilitar a construção de casas e pontes quando são precisas com urgência em zonas afectadas por catástrofes. O Corpo de Engenheiros do exército norte-americano pode agora imprimir quartéis, bunkers e outras …

Monumento Pillar of Shame, na Universidade de Hong Kong

Pillar of Shame foi, em tempos, um testemunho da liberdade de Hong Kong. Agora, dizem-lhe adeus

Em tempos, a escultura Pillar of Shame, plantada na Universidade de Hong Kong, foi um testemunho das liberdades da cidade. Agora, está a ser removida. Exposta há mais de 20 anos na Universidade de Hong Kong, …

Arquitetura em nome do amor. Homem constrói casa giratória para que a esposa possa escolher a vista

Na Bósnia, um autodidata de 72 anos construiu uma casa invulgar: a habitação gira 360 graus para mudar de vista. Algumas das mais bonitas obras arquitetónicas do mundo nasceram em nome do amor. É o …

Novo SEF deverá chamar-se Agência para as Migrações e Asilo

Afinal, já não vai haver um Serviço de Estrangeiros e Asilo (SEA) para substituir o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), mas sim uma Agência Portuguesa para as Migrações e Asilo (APMA). De acordo com o …

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, com o guarda-redes Diogo Costa

Diogo Costa renova com o FC Porto até 2026

O guarda-redes Diogo Costa renovou contrato com o FC Porto até 2026, anunciaram os dragões, na tarde deste sábado. Diogo Costa, de 22 anos, aproveitou a lesão de Marchesín no início da temporada e assumiu a …

O algoritmo das plataformas de streaming afeta o que vemos (e quem somos)

As plataformas de streaming usam um algoritmo que afeta aquilo que vemos e o que queremos ver, moldando a nossa personalidade. Squid Game, o drama coreano distópico da Netflix, tornou-se a série mais vista lançada pela …

BPN e Banif custam mais do que alívio de IRS e subida de pensões

A despesa prevista no OE2022 para os veículos financeiros dos antigos Banif e BPN supera o valor previsto para medidas como o alívio no IRS e o aumento extra das pensões. Tal como destaca o Dinheiro …