/

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

(dr) Donut Robotics

O protótipo da C-Face Smart, máscara inteligente da empresa Donut Robotics

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus).

Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras de proteção em objetos do quotidiano, a Donut Robotics viu uma oportunidade de negócio. De acordo com a CNN, a startup japonesa criou uma máscara inteligente que pretende facilitar a comunicação e o distanciamento social.

Em conjunto com uma aplicação, a C-Face Smart pode amplificar a voz do seu utilizador e traduzir até o seu discurso em oito línguas: Japonês, Chinês, Coreano, Vietnamita, Indonésio, Inglês, Espanhol e Francês.

Mas, apesar de todas estas funcionalidades tecnológicas, a máscara inteligente não oferece proteção contra o novo coronavírus. Em vez disso, explica o CEO da Donut Robotics, Taisuke Ono, foi desenhada para ser usada por cima de uma máscara convencional.

Segundo a estação norte-americana, inicialmente, a empresa estava a desenvolver um software de tradução para um robô chamado Cinnamon. Porém, com o aparecimento da pandemia de covid-19, o projeto foi guardado na gaveta. Foi então que a equipa se lembrou de usar o mesmo software numa máscara.

Em junho, a empresa lançou uma campanha de angariação de fundos na plataforma japonesa de crowdfunding Fundinno, tendo conseguido arrecadar 28 milhões de ienes, cerca de 225 mil euros, em 37 minutos.

“Foi muito surpreendente porque, normalmente, são precisos três ou quatro meses para conseguir esse dinheiro”, declara Ono.

Entretanto, em julho, uma segunda ronda no Fundinno arrecadou mais 56,6 milhões de ienes (450 mil euros), que o fundador da startup planeia usar para desenvolver o software de tradução para o mercado internacional.

Ono acredita que vai ter cerca de cinco mil a dez mil máscaras disponíveis, no Japão, até dezembro. A C-Face Smart vai custar entre 34 e 42 euros, podendo ter uma subscrição extra para a app.

O CEO da Donut Robotics diz que a empresa não se vai expandir para o exterior, pelo menos, até abril de 2021, mas diz que já houve interesse no Reino Unido e nos Estados Unidos, onde planeia apostar no crowdfunding no Kickstarter.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.