/

Marques Mendes desmente governo no caso Isabel dos Santos-CaixaBank

1

Luís Marques Mendes diz que o ministro da Economia, Caldeira Cabral, “precipitou-se” ao anunciar que a empresária angolana Isabel dos Santos e o CaixaBank tinham retomado as negociações no âmbito do BPI. O comentador da SIC garante que isso ainda não aconteceu.

No seu espaço de comentário na SIC, este domingo, Marques Mendes revelou que as negociações entre Isabel dos Santos e o CaixaBank não foram retomadas, como avançou Caldeira Cabral, embora vaticinando que é “provável” que isso venha a acontecer em breve.

Marques Mendes lembrou a notícia de que o governo está a preparar uma Lei que retira direitos de voto ao BPI no Banco de Fomento Angola, realçando que “é mais uma prova de que vamos ter novas negociações entre espanhóis e angolanos”.

“A ameaça desta lei é apenas isso, uma ameaça para reforçar a posição negocial de Isabel dos Santos. É como quem diz: se não houver acordo, avança a lei. E Isabel dos Santos precisa dessa ameaça porque o seu poder negocial ficou diminuído”, relevou Marques Mendes na SIC.

O ex-líder do PSD lembrou também que “todos têm muito a perder sem acordo”, considerando que Portugal e Angola “precisam um do outro e estão condenados a entender-se porque o grau de interligação entre as duas economias permite amuos mas não rupturas”.

ZAP

1 Comment

  1. Este meio metro de parasita, continua a disparatar conforme sua agenda (e a dos seus amigos/clientes) – já é mais do que tempo de a SIC/jornais lhe tirarem o tempo de antena que ele habilmente usa, tentando passar a ideia que os seus comentários são opiniões isentas/desinteressadas!
    Da pior caca que já passou pela politica portuguesa, cujo objectivo sempre foi arranjar clientela – como se constata olhando para o seu longo “currículo”!…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE