Maria Luís disponível para dar esclarecimentos ao Parlamento

PSD / Flickr

A ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

A ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

A ex-ministra das Finanças disse, esta segunda-feira, estar disponível para prestar esclarecimentos “em primeiro lugar” ao Parlamento, a propósito da polémica à volta das transferências para paraísos fiscais.

Questionada pela agência Lusa, perante pedidos de explicações dos partidos de esquerda, Maria Luís Albuquerque respondeu que está e estará “sempre disponível para prestar esclarecimentos” sobre a sua atuação “enquanto membro do Governo”.

“O Parlamento merece-me todo o respeito, mesmo se não o tem merecido por parte de todos os responsáveis, pelo que os esclarecimentos que me venham a ser solicitados serão prestados em primeiro lugar aos deputados, como de resto sempre fiz”, refere a vice-presidente do PSD, numa nota enviada à Lusa.

Hoje, a coordenadora do BE Catarina Martins disse estranhar o “silêncio ensurdecedor” da anterior ministra das Finanças sobre este caso, depois de o PS e o PCP também terem acusado o anterior executivo PSD/CDS-PP de ter responsabilidades políticas.

Transferências de dinheiro para paraísos fiscais concretizadas entre 2011 e 2014, durante a governação PSD/CDS-PP, sem controlo estatístico por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira, como a lei obriga, levaram os partidos com assento parlamentar a solicitar audições urgentes do atual e do anterior secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade e Paulo Núncio, que acontecerão na quarta-feira.

O antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais veio no sábado “publicamente reconhecer a responsabilidade política pela decisão da não publicação das estatísticas sobre as transferências realizadas para território ‘offshore'” entre 2011 e 2014, mas salientou que o mais importante agora é saber se o erário público foi prejudicado com esta situação.

No entanto, PS, PCP e BE já consideraram esta declaração insuficiente, considerando que são necessárias mais explicações.

Maria Luís Albuquerque foi ministra das Finanças do Governo PSD/CDS entre 2013 e 2015, sucedendo no cargo a Vítor Gaspar.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Transferências de dinheiro para paraísos fiscais, sem controlo estatístico por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira, (para mais num período em que sugavam o povo) é algo de muito grave em qualquer governo.
    Relativamente à ex-ministra das finanças, já deu para perceber, que ainda antes de prestar qualquer esclarecimento sobre o assunto, já revelou grande disponibilidade para “MANDAR FARPAS”.

RESPONDER

O “Grenadier” já não vai ser português. Fabricante automóvel Ineos desiste de fábrica em Estarreja

A INEOS Automotive, empresa do ramo automóvel, transmitiu à Câmara de Estarreja que vai suspender o investimento de 300 milhões de euros numa fábrica no concelho, revelou este domingo fonte municipal. "A empresa transmitiu à Câmara …

Grécia e Austrália recuam na abertura de fronteiras. Marrocos isola cidade após recorde de casos

Grécia e Austrália anunciaram neste fim-de-semana um recuo na abertura das suas fronteiras, enquanto que Marrocos isolou uma cidade após um número recorde de novas infeções de covid-19 registadas em 24 horas. A Grécia anunciou …

Dinheiro dos pobres usado para "vida de luxo". Presidente, mulher e filha da Mão Amiga acusados

O presidente da Associação Mão Amiga, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, a mulher e a filha foram acusados pelo Ministério Público (MP) de usarem o dinheiro da instituição para pagarem uma "vida de luxo". …

Fisco tem por cobrar 15 mil milhões de euros em impostos

O Jornal Económico escreve esta segunda-feira que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem por cobrar 14.919 milhões de euros em impostos. De acordo com o diário de economia, mais de metade da dívida dos contribuintes está …

"Armada espanhola" assegura 70% do mercado das obras públicas em Portugal

As empresas espanholas estão a assegurar 70% do mercado das obras públicas em Portugal, escreve esta segunda-feira o jornal Público, citando uma análise ao Portal Base, às obras públicas acima de sete milhões de euros No …

"Oitavos" da Liga dos Campeões não vão ser jogados em Portugal

A UEFA cedeu à pressão dos clubes e decidiu que os encontros da segunda mão dos oitavos-de-final vão ser disputadas nos respetivos estádios dos clubes. Os encontros por jogar relativos aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões …

Turmas repartidas e aulas ao sábado. O que muda no novo normal do Ensino Superior

Para o regresso às aulas do Ensino Superior no próximo ano letivo, as universidades estão a preparar medidas que permitam cumprir as regras sanitárias e zelar pela aprendizagem dos seus alunos. Se tudo correr como planeado, …

Presidente do Barcelona afasta interessados em Messi e desfaz mito

Rumores sugeriam que Lionel Messi estava decidido a sair do Barcelona. Não tardou a aparecerem interessados no argentino, mas o presidente do Barça já veio deixar um recado. Na semana passada, o mundo do futebol foi …

Doze jovens infetados após festa na Guarda. Politécnico suspende exames presenciais

Doze jovens, oito dos quais alunos do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), testaram este fim de semana positivo para o novo coronavírus (covid-19). De acordo com a SIC Notícias, as infeções deram-se na sequência de uma …

Vieira pode demitir-se para provocar eleições antecipadas. Candidatura em Outubro "dificilmente chegará às urnas"

As eleições para a presidência do Benfica estão na ordem do dia numa altura em que o título nacional parece mais distante e quando se avança que Luís Filipe Vieira deve vir a ser acusado …