Marcelo define-se como feminista e defende paridade na diplomacia

João Relvas / Lusa

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, em visita oficial a Moçambique

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, em visita oficial a Moçambique

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu que deve haver paridade na diplomacia, referindo que a desigualdade persiste nos escalões superiores, e neste contexto definiu-se como feminista.

Numa conferência internacional esta segunda-feira sobre mulheres na diplomacia, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, em Lisboa, o chefe de Estado declarou-se “sensível à causa que une as senhoras embaixadoras que organizaram este encontro: a causa da igualdade de género“.

“Se é verdade que hoje ninguém questiona a participação das mulheres na diplomacia, não o é menos que a proporção de mulheres nos serviços diplomáticos de todo o mundo, particularmente em posições de relevo, está ainda longe da desejável paridade”, considerou.

Marcelo Rebelo de Sousa repetiu a expressão “desejável paridade” e questionou se dizer isso “será querer dizer que o Presidente da República é feminista“, acrescentando: “Não há como fugir ao qualificativo, mesmo sem nunca o ter assumido, ou assumir de moto próprio”.

O governo anunciou em janeiro que pretende que até 2020 os conselhos de administração das empresas “tenham de cumprir uma quota de 33% para o género menos representado”. Nas empresas do Estado, as quotas terão de ser cumpridas até 2018.

Esta é uma medida que já estaria a ser preparada pelo governo de Passos Coelho, que teria até assinado um acordo com 13 empresas cotadas em Bolsa, em junho de 2015, no sentido de que os respectivos conselhos de administração fossem compostos por um mínimo de 30% de mulheres até 2018.

“Sou quase um Presidente feminista”

Em março, num discurso perante um grupo de embaixadoras em Lisboa, o Presidente da República disse que “a igualdade de género é uma forma de estar” que estava no topo das suas preocupações.

“Sou, por dever moral e por sentimento, quase um presidente feminista. O meu primeiro encontro com embaixadores é com um grupo de embaixadoras e não podia ser de outra maneira”, disse Marcelo, afirmando que não é preciso ser “uma Presidente mulher para se preocupar com os direitos das mulheres”, direitos que devem ser uma preocupação de todos.

O Presidente da República foi peremptório: “A igualdade de género é uma forma de estar. Não basta apregoar, não basta construir um quadro legislativo. É preciso concretizar a igualdade de género no nosso dia-a-dia, é preciso sentir que é importante.”

O Presidente da República disse ter “total paridade de género” na sua equipa de assessoria diplomática e adiantou que a nova secretária do Conselho de Estado é uma mulher – Rita Magalhães Colaço -, tal como a nova responsável em matéria de Segurança Nacional, Mafalda Gama Lopes. Algo fundamental já que, diz Marcelo, jurou “sobre uma Constituição que tem no princípio da igualdade um dos seus pilares fundamentais”.

Dirigindo-se ao grupo de embaixadoras, o chefe de Estado considerou que “as mulheres na diplomacia são sinónimo de igualdade de circunstâncias”, o que significa que tiveram uma “formação em igualdade de circunstâncias”, escolheram a diplomacia em igualdade de circunstâncias e passaram por processos de seleção em igualdade de circunstâncias.

Citando a jovem ativista Malala Yousafzai, prémio Nobel da Paz em 2014, Marcelo enfatizou a importância da Educação na promoção do desenvolvimento das sociedades, no reforço do poder das mulheres e na igualdade.

No encontro em março estiveram presentes, para além de 19 embaixadoras em Portugal, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Teresa Ribeiro, e as deputadas do PSD Paula Teixeira da Cruz, Maria Germana Rocha e Ângela Guerra, e do CDS-PP Teresa Caeiro.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fim dos debates quinzenais. Rio diz que é o melhor para o país (e pensa em si próprio)

O líder do PSD, Rui Rio, explicou, num vídeo da PSD/TV que defende o fim dos debates quinzenais porque é o "melhor para o país", alegando que esta proposta não tem a "preocupação de dificultar …

Lei de segurança nacional. Taiwan teme ser próximo alvo da China (e Hong Kong pode ser o novo Tibete)

A decisão de Pequim em impor a Hong Kong uma lei draconiana sobre segurança faz crescer os receios de que Taiwan possa ser o próximo alvo da República Popular da China. Por outro lado, teme-se …

Patrick Mahomes assina o maior contrato da história do desporto: 10 anos por 446 milhões

O jogador de futebol americano Patrick Mahomes fez história ao assinar o maior contrato de sempre do mundo do desporto. O quarterback dos Kansas City Chiefs renovou por dez temporadas, num valor total de 446 …

Centeno rejeita conflito de interesses. “Não conseguia emprego em Portugal nas próximas décadas"

O antigo ministro das Finanças está esta quarta-feira a ser ouvido no Parlamento, naquela que é a sua primeira grande prova de fogo no caminho que terá que percorrer até chegar ao cargo de governador …

Centenas de holandeses nas ruas de Albufeira. GNR obrigada a intervir

A Guarda Nacional Republicana (GNR) levantou, no domingo, dezenas de autos de contraordenação a estabelecimentos e a pessoas, em Albufeira, no Algarve, por desrespeito das regras impostas devido à pandemia da Covid-19, disse esta terça-feira …

Soares atravessou jejum de golos, mas há uma estatística em que ninguém o bate

O avançado portista Tiquinho Soares é o jogador que mais golos faz de cabeça, em Portugal e na Europa. Esta temporada, já leva sete cabeceamento certeiros. Tiquinho Soares esteve 12 jogos sem marcar qualquer golo com …

"Dêem a Portugal uma Ponte Aérea". Escocês faz petição e diz que decisão do Reino Unido é injusta

Um escocês admirador de Portugal considera a exclusão da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido “injusta” e “pouco transparente” e por isso promoveu uma petição popular a pedir o levantamento …

Juiz Carlos Alexandre está em isolamento profilático

O juiz Carlos Alexandre encontra-se em isolamento profilático depois de ter participado, no final de junho, numa busca a uma agência bancária em que estiverem envolvidas três pessoas infetadas com covid-19. De acordo com a RTP, …

Jogo de loucos em Itália. Milan de Ibrahimovic derrota Juve de CR7 com golo português

Cristiano Ronaldo fez o 2-0 para a Juventus em casa do AC Milan, porém, o campeão perdeu 4-2 e desperdiçou a oportunidade de ampliar para 10 os pontos de vantagem para a Lazio, derrotada em …

A maior promessa do futebol alemão pede para sair. Chelsea prepara 100 milhões de euros

O internacional alemão Kai Havertz pediu à direção do Leverkusen para sair este verão. O Chelsea é o principal candidato à contratação do médio, tendo de desembolsar 100 milhões de euros. Kai Havertz é provavelmente a …