Pelas touradas, contra o totalitarismo. Manuel Alegre escreve a António Costa

*Bloco / Flickr

Numa carta aberta a António Costa, Manuel Alegre pede ao primeiro-ministro para não excluir as touradas na descida do IVA dos espetáculos. Impor por decreto “cheira a totalitarismo”.

Manuel Alegre, militante histórico do Partido Socialista, escreveu uma carta a António Costa, publicada esta quarta-feira no jornal Público. Na carta aberta, o poeta aborda o tema do “politicamente correto”, afirmando que, por vezes, sente a sua “liberdade pessoal ameaçada” devido ao “fundamentalismo do politicamente correto”.

Porquê? Manuel Alegre refere-se às declarações da ministra da Cultura, Graça Fonseca, sobre as touradas, sublinhando que a sua liberdade é atacada pela tentativa “de interferir nos gostos e comportamentos das pessoas” feita por alguns deputados e governantes que fundamentam as suas declarações no “politicamente correto“.

“Vivo uma situação paradoxal. Apoio esta solução governativa, o PS está no poder e, no entanto, por vezes sinto a minha liberdade pessoal ameaçada”, escreveu o poeta.

Apesar de ser adepto da geringonça desde o primeiro dia, isso não o impede de fazer uma crítica, dura e explícita, à interferência do Governo “nos gostos e comportamentos das pessoas” ou, por outras palavras, a tentação de “protagonismo de alguns deputados e governantes que ninguém mandatou para reordenarem ou desordenarem a nossa civilização”.

É desta forma que Alegre rejeita esta posição do Governo, afirmando que este tipo de comportamento “cheira a totalitarismo” e ameaça a liberdade, que, refere, é a “essência e a alma do PS”.

O escritor defende que é “chegada a hora de enfrentar cultural e civicamente o fanatismo do politicamente correto”, em nome da liberdade. “Liberdade para não gostar de touradas. Mas liberdade para gostar. Liberdade para não gostar da caça. Mas liberdade para gostar”.

A carta termina com um pedido de Manuel Alegre ao primeiro-ministro: “Por isso, meu caro António Costa, peço-lhe que intervenha a favor de valores essenciais do PS: o pluralismo, a tolerância, o respeito pela opinião do outro. Peço-lhe que interceda pela descida de 6% do IVA para todos os espetáculos, sem discriminar a tauromaquia, já que os prejudicados serão os mais pobres, os trabalhadores que tornam possível este espetáculo.”

“Sim, meu caro António Costa, trata-se de uma tradição cultural e social que é parte integrante da nossa civilização. É, também, um problema que diz respeito ao emprego e à vida de milhares de pessoas. E é, sobretudo, uma questão de liberdade, que sempre foi a essência e a alma do Partido Socialista”, conclui.

  ZAP //

PARTILHAR

38 COMENTÁRIOS

  1. Não consigo entender como pode haver pessoas que gostem do mau estar, do sofrimento de um outro ser vivo só porque é de uma outra espécie!
    És um triste ser humano que de humano, não tens nada!

    • Aí sim, teríamos um confronto honesto entre seres da mesma espécie. Seria justo vê-lo com as cuecas arriadas no meio da praça a levar com a lança no lombo.

    • A tolerância dos abutres.. Será que tens algum animal de estimação em casa, ou alimentas algum? Duvido!!!!! Parece que estes abutres dos comentários não comem carnes ou peixes e muito menos aves… GO TO HELL…. O paposeco de 2 arames ou 3 estão caros, para se ser vegetariano…..

      • Abutre és tu e os da tua laia, que esperam pacientemente que o animal morra depois de torturado para o comer.Alimento muitos e não torturo nenhum.

  2. Entao nesse caso, se ha quem goste de violar e matar, temos que respeitar a liberdade de gostar dessa pessoa, é assim o pensamento deste senhor. Eu concordo inteiramente com ele quando fala que temos que respeitar o gostar das pessoas, mas há aqui um ponto muito importante, não temos que respeitar o gostar das pessoas quando esse gostar ultrapassa os limites e prejudica outros, neste caso tira vidas e provoca sofrimento. Isto é egoismo puro, “eu gosto de touradas e não me importo que um animal seja torturado e morto” o gostar dele e de todos os aficionados está a prejudicar outro ser vivo. Tem de haver limites ao “gostar “. E que tal seu gostar de violar a sua mulher, Sr. Manuel Alegre, e matar os seus filhos? eu gosto e pronto…tenho de ser respeitado nos meus gostos. Por amor de Deus! haja noção!!

    • Estou solidário com a Ministra da cultura: A tourada é uma industria de entretenimento, não é cultura ou arte, mas, mesmo assim o governo financia as touradas! O Sr. Manuel Alegre já deve ter os neurónios desconectados: Quando escreveu o livro “Cão como nós” teve o seguinte desabafo: “com a sua morte, cria-se um vazio no coração de todos aqueles a que o cão era alguém muito especial”. Será que nessa altura, também, só gostava de cães? Ainda não está informado que os animais não humanos já não são coisas, mas sim, seres vivos dotados de sensibilidades. “Tradição cultural e social da nossa civilização”. Não me venham com o fantasma das tradições, se assim fosse, tantas tradições barbaras e desumanas tinham continuado, só vou mencionar umas quantas: cruzadas, inquisição, caça às bruxas, escravatura, a mulher não ser considerada de igualdade de direitos, mas sim como parideira…

  3. Oh Manel!! (não me ocorre um tratamento mais respeitoso…)
    E já agora, porque não reanimar outro “evento cultural” que fazia as delícias do povo?!? As fogueiras da “santa inquisição…
    Também foram durante uns tempos, tradição, cultura…
    Ignorantes… cheios de cultura, mas ainda mais cheios de ignorância!!!

  4. Óh Sr Manuel Alegre, não faça figuras tristes! Quantos decretos aprovam os politicos contra vontades das maiorias? A idade é um posto e o Sr devia gozar a idade com as suas poesias, não estragando como figura pública aquilo que de bom possa ter feito. Juizo também lhe ficava bem.

  5. Se quer touradas que as vá ver mas que as pague ele, não têm que ser os portugueses a pagar por essa atividade da idade da pedra!

  6. Este animal não sabe o que é democracia, a maioria deve-se curvar a uma minoria que gosta de sofrimento e tortura animal porque ele quer?

    O pior disto tudo é que nem sequer tem a ver com o final de uma barbaridade mas sim esses bárbaros pagarem IVA como qualquer um de nós

    • meu caro não sei se sabe mas Portugal é uma República, como tal não é por existir uma maioria do que quer que seja que as minorias deixam de ter direitos.

      para além disso existem direitos inalienáveis que nenhuma democracia, maioria ou Estado pode retirar a qq ser humano.

  7. A começar pelo próprio nome, este senhor é um poço de contradições. Mas tem direito a sê-lo. Confunde liberdade com o seu contrário. Fala de gostos em vez de falar de desgostos.
    Não percebe que o que está em causa não é um atentado à cultura, mas à VIDA.
    A cultura do suplício, da tortura, da morte também existia no tempo da Inquisição, com eventos públicos que tinham expectadores. Duas situações distintas, mas só aparentemente. É que a diferença está apenas nas criaturas sacrificadas, porque o prazer mórbido dos carrascos e de quem os ovacionava/ovaciona é idêntico.
    Mas para quem não se importava que os seus concidadãos, sem culpa de serem combatentes à força, nas antigas colónias africanas, fossem metralhados pela guerrilha, à qual dava informações via rádio, é natural que sacrificar/matar seja o que for faça sentido.

    • A única coisa que é triste no Manuel Alegre é defender a esquerdalha que o ataca…. Está na hora de ele pensar um pouco, e que esquerda é símbolo de intolerância e miséria….. Por enquanto o país ainda não chegou aos anos de 17 na união soviética ou nos quarentas da alemanha, do século passado!!!!!!!!!!!!!!!!
      ,,,,,,,,

  8. E eu sinto a minha liberdade pessoal ameaçada por ser obrigada a pagar impostos para promover touradas e alimentar esta corja de politicos aficionados.

    • Os verdadeiros animais são esses asnos como esse infeliz do Alegre que enaltece a prática de sub-humanos em se deliciar ao ver o pobre touro ser sacrificado covardemente.

  9. Manuel Alegre é felizmente parte de uma geração em extinção.
    Nem sei se as poemas dele deviam de ser consideradas como tal ou apenas um tricôt.
    Tipo arrogante, apenas aparentemente culto por ter tido uma boa educação, mal criado, com falta de respeito pelos outros e pela vida, pelos vistos.

    A tauromania é tal como as execuções de criminosos no Coliseum da Roma, através de leões, uma coisa que aconteceu no passado, na fase de ascensão à civilização, mas que não dá créditos ao espécie humano.

    A Manel sugiro que ele se dedique aos clubezinhos literárias onde há sempre gente a lubridiar

  10. Já são muitos os países que têm vindo a proibir a utilização de animais, como elefantes, leões, etc., em circos, por causa dos maus tratos.
    Penso que também já vai sendo altura de proibir as pessoas de irem às touradas, para que as suas mentes não fiquem maltratadas.

  11. Caro Manuel Alegre

    Na época dos Romanos, foi em tempos comum, não só no Coliseu de Roma como noutros anfiteatros, o sacrifício de escravos em lutas com gladiadores e animais ferozes.
    E os romanos tinham a LIBERDADE de assistir a esta carnificina.
    E as pessoas GOSTAVAM do espetáculo.
    E fazia parte da CULTURA desses tempos.
    E era TRADIÇÃO.

    Daqui a 100 anos, ou 50, ou talvez menos, quando se falar do poeta Manuel Alegre, será retratado como uma personalidade paradoxal com algumas qualidades. Mas também será apontado como alguém que promoveu a cultura da barbárie, a cultura do sacrifício de outra espécie animal, tal como muitas pessoas do seu tempo.

    Não se esqueça que o senhor, tal como todos nós, é um animal. E não é um animal qualquer, pertence à espécie mais inteligente do reino animal.
    É certo que a espécie a que pertence tem promovido a degradação do meio ambiente e levado à extinção de milhares de outras espécies.
    No entanto, apesar de tudo, a espécie Homo sapiens sapiens, é a única espécie que tem a capacidade de promover a recuperação do meio ambiente. Compete-nos, também, como seres inteligentes que somos e como única espécie com essa capacidade, zelar pelo bem-estar das outras espécies do reino animal.

    Pense nisto…

  12. Até quando teremos que aguentar esta vermelhagem toda, será que esta cambada não come bifes? Não creio que só se alimentem de leite, couves e nabos, será que as vacas e bois, também não devem puxar carros? Vão viver para currais, já que gostam assim tanto.

    • E triste pensar que não concordar com as touradas tem a ver com política, sou contra as touradas porque não concordo com o sofrimento dos animais por pura diversão, mas se realmente acha que tem a ver com cores politicas fico desiludida a direita não se importa com o sofrimento alheio, as touradas são por diversão e por negócio, quando falam em cultura e tradição dá-me vontade de rir, um exemplo: antigamente a tradição era as mulheres ficarem em casa a cuidar da casa e dos filhos e os homens trabalharem para o seu sustento, também é dos que concordam que se devia manter esta tradição? e se formos enumerar mais tradições que foram já ultrapassadas…. haveria um sem numero delas

    • Ele enquadra mais nos azuis da CDS. E deve ter sangue azul e gosta de derramar sangue vermelho de peixes e animais de sangue quente, desde vermelho, pois gosta do cor.
      Eleva um passa tempo de terras saloias para uma arte com bois que nascem, comem e vivam para morrer nas mãos de cobardes numa luta desigual e desnecessária. Cornos cortadas, mantidos no escuro, para reagir de modo agressivo na arena (expressão originária da areia no palco do Coliseu de Roma). Não são Touros, mas bois.
      E um boi também ele é, mantido por um partido que, não sei por que suporta muitos bois.
      Hoje em dia o boi na agricultura é substituído pelo trator. Será que esta gente tem dificuldade de acompanhar as mudanças? Porque não uma luta entre o Manel e um trator até a morte?

  13. deve ser a primeira vez que concordo com este sr.

    mas realmente tem toda a razão, mas é a sua esquerda que tanto gosta de se armar em moralizadora e cheia de virtudes apenas e só para retirar a liberdade a quem não pensa o mesmo que suas excelências.

    vão olhando para o que se passa nos EUA, Canada, França, Alemanha, Suécia para perceberem o que esta gentinha anda a fazer.

  14. Tenho quase a certeza absoluta que todos estes comentaristas são vegetarianos e que só comem ervas em vez de uns bons bifes de carne de vaca, umas febras de porco.. ou um franguinho assado…. Talvez usem óculos verdes e pensem que são vegetais…. Até que ponto chega a intolerância e maldade humana. Não vejo touradas, mas como carne de animais, mas respeito os outros. Alguns frequentam espaços nocturnose antro de droga e se acham sacristãos a ensinar os padres… Esquerdalha nojenta, zumbies….

    • respeitas os outros? ahahahahah está se mesmo a ver….onde esta o teu respeito pelo touro? mas se for um cãozinho…ou um gatinho…ah aí já não pode ser maltratado. Vá-se lá entender essa mentalidade.

    • em 1º lugar nem sabe o que é um vegetariano, o vegetariano come legumes, frutas, proteinas de origem vegetal. que é o que concerteza tambem você come, so que o vegetariano não acrescenta a carne, mas o ser contra as touradas ou neste caso a descida do IVA para os espetáculos, espetáculos só os vê quem quer seja ele de que espécie for, agora o ter prazer em ver a espetarem facas num ser vivo isso é maldade, o ser humano em vez de evoluir está a voltar ao tempo das cavernas

  15. Em minha opinião o IVA nas touradas devia ser abolido, assim como as próprias touradas. É um espectáculo bárbaro, asqueroso, amoral. Além do touro ser espicaçado com lanças, espetado com bandarilhas, torturado, enquanto selvagens gritam olé, sucede também que toureiros sejam feridos e mortos em frente a espectadores ávidos de ver sangue, alguns deles crianças. É um espectáculo que não faz parte nem da cultura nem da civilização.

  16. Façam um referendo e fica a situação resolvida! Se é liberdade que este Sr. quer vamos por a sociedade a responder….
    A liberdade e a tradição não podem ter nunca por base o sofrimento alheio!

  17. Apesar de ser mais um dos que nos levam o dinheiro ( tem 3 reformas o rapaz), neste caso tem razão. Portugal está a ficar amaricado. Esses defensores dos animais, que deixem de comer carne e passem a comer erva do campo.Assim está bem, estariam a ser coerentes. Fez falta a tropa a este paezinhos de leite. Ide bugiar. isto é, tocat no buzio.

RESPONDER

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …

Vítimas do ataque na Noruega foram mortas com facadas e não com arco e flecha

A polícia norueguesa esclareceu, esta segunda-feira, que as cinco vítimas mortais do ataque perpetrado na semana passada foram esfaqueadas, afastando assim a tese inicial que as mortes tinham sido provocadas por um arco e flechas. Segundo …

É um pássaro? É um avião? Não, é uma estrada de drones

Várias empresas estão a juntar-se ao governo de Israel na criação de sistemas de entregas através de drones. O objectivo final é ter uma estrada destes aparelhos nos céus. Num futuro próximo, as estradas podem estar …