Manuel Alegre apoia candidatura de Maria de Belém

Mário Cruz / Lusa

Manuel Alegre

Manuel Alegre

O histórico dirigente socialista Manuel Alegre manifestou hoje o seu apoio à candidatura presidencial de Maria de Belém, considerando que “muitas das críticas” que são feitas à ex-presidente do PS “partem de preconceitos sexistas e machistas”.

Sob o título “Apoiarei Maria de Belém”, num artigo no Diário de Notícias, Manuel Alegre começa por afirmar que não era sua intenção pronunciar-se sobre as presidenciais antes das legislativas de 4 de Outubro, as quais reconhece serem “para os socialistas, a prioridade das prioridades”.

“Mas algumas afirmações feitas ultimamente sobre a pessoa de Maria de Belém obrigam-me a tomar posição”, justifica, referindo que a candidatura presidencial é um direito que assiste à ex-presidente do PS.

“Merece respeito e não pode ser posto em causa por considerações táticas, interpretações sectárias e inaceitáveis ataques de carácter”, frisa.

Para Manuel Alegre, as candidaturas presidenciais são “o espaço da cidadania”, que tanto existe dentro como fora dos partidos.

“Ninguém tem o exclusivo da cidadania. Ser membro de um partido não constitui uma menoridade cívica, como ser independente não confere a ninguém um estatuto de superioridade sobre quem assume a sua filiação partidária”, destaca.

Nesse sentido, afirma que “não há proprietários da esquerda nem monopólio de candidaturas”.

“Maria de Belém, ao contrário do que alguns disseram, não divide, não fratura nem é redutora”, considera Manuel Alegre, que teve a antiga ministra da Saúde como mandatária nacional na sua candidatura presidencial de 2011.

Para Alegre, a candidatura de Belém “tem condições para unir, alargar e mobilizar aqueles que, dentro e fora do PS, na sociedade civil e em diversificados sectores da vida pública, desejam a mudança, um presidente que respeite a Constituição e seja, de facto, o presidente de todos os portugueses”.

Alegre recusa que o PS e a esquerda “se resignem a perder a eleição presidencial”, depois de quatro anos de “uma maioria, um governo e um presidente”, que “mostram que, se é fundamental ganhar as legislativas, seria um erro imperdoável menosprezar a importância decisiva das eleições presidenciais”.

“A candidatura de Maria de Belém é, em si mesma, um ato de coragem cívica, essencial a qualquer combate político. Partindo da esquerda socialista, terá a abrangência e transversalidade indispensáveis a uma candidatura vencedora” afirma.

Considerando Maria de Belém como “uma falsa frágil”, Manuel Alegre conclui que essa é a força da candidata, porque “tem condições para derrotar qualquer candidato de direita”.

Em comunicado enviado à Lusa, Maria de Belém anunciou ontem que informou o secretário-geral do PS, António Costa, de que vai candidatar-se à Presidência da República.

“Apresentarei publicamente a minha candidatura após as eleições legislativas de 4 de Outubro“, disse Maria de Belém.

Na mesma nota, Maria de Belém reconhece que a prioridade para PS, “neste momento, são as eleições legislativas”, mas justifica o seu anúncio “para evitar especulações” e pelo respeito que lhe merecem as pessoas que lhe têm manifestado o seu apoio.

Numa reação ao anúncio de Maria de Belém, o secretário-geral do PS manteve a reserva sobre o apoio a um candidato à Presidência da República para depois das eleições legislativas.

“Será discutido no momento próprio. Cada coisa tem o seu momento próprio. Nem sabemos sequer o universo total de pessoas que se vão candidatar. Se tivéssemos tomado essa decisão há dois meses atrás, não poderíamos contar com Maria de Belém, que, pelos vistos, anunciou agora”, afirmou António Costa na SIC Notícias.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sr. homem de letras, independentemente do género… Capacidade e competência para derrotar qualquer candidato, inclusive do próprio partido!

RESPONDER

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …