Mandaram calar Bruno de Carvalho (que só pensa em reforçar poderes)

Um adepto do Sporting mandou calar Bruno de Carvalho, enquanto o presidente leonino discursava no 11.º almoço dos sportinguistas de Alenquer. Um sinal de desgaste com o dirigente quando o seu Conselho Directivo propõe uma mudança nos estatutos do clube para reforçar poderes.

O presidente do Sporting marcou presença, neste domingo, no 11.º almoço dos sportinguistas de Alenquer. E durante o seu discurso, que estava a ser transmitido em directo na Sporting TV, um adepto gritou-lhe “Cala-te!”.

Bruno de Carvalho dizia, na altura, que “tudo o que não é feito nos nossos rivais é feito no Sporting”. O adepto não gostou de o ouvir a falar nos adversários e manifestou-se daquela forma. “Vens para aqui falar do Benfica para quê? Fala do Sporting, não fales do Benfica”, atirou o sportinguista descontente.

Bruno quer “uma prova inequívoca” dos sócios

Este sinal de desagrado de um adepto surge numa altura em que Bruno de Carvalho apela aos sócios do Sporting para manifestem o seu claro apoio à direcção.

“Ou vocês dão, nos próximos tempos, uma prova inequívoca de que o Sporting continua a ser aquele Sporting em que tanto trabalhámos, de pessoas de cabeça levantada, felizes por terem ganho quase tudo, ou, se estão infelizes, não será comigo ou com esta direcção que continuarão infelizes”, salientou o dirigente leonino em Alenquer, em declarações divulgadas pelo Record.

“Aqui dou o compromisso, em nome das minhas filhas, de que se houver uma AG de destituição, eu voto a favor dela. Pela saúde das minhas filhas. Para dizerem que mais isento não posso ser. Vou lá e ponho a cruzinha“, atirou ainda Bruno de Carvalho.

Isto para alertar os adeptos de que “quem for votar nessa Assembleia Geral vai assumir a responsabilidade das decisões que tomar“. “Não se esqueçam: nós temos responsabilidades pessoais e temos família”, avisou ainda o líder dos leões.

“Se eu chegar e disser vou embora, pela lei sou responsável por aquilo que outros vão para lá fazer, basta o outro dizer ‘isto está um horror’. Mas vou estar a mexer no dinheiro – pouco, coitadas – das minhas filhas por causa do Sporting? Não. Então, tirem-nos de lá. Mas a parti daí diz a lei, assume a responsabilidade quem toma a decisão”, acrescentou Bruno de Carvalho.

“Claro que não são os sócios que vão pagar, mas os que vierem a seguir desta golpada vão ter essa responsabilidade“, concluiu o presidente do Sporting.

Propostas para reforçar poderes

Entretanto, a direcção do Sporting vai propor a alteração de três artigos dos estatutos do clube, dois sobre a renúncia de titulares de mandatos, e outro sobre a nomeação de dirigentes, na Assembleia Geral de 17 de Junho, segundo apurou a Agência Lusa.

Uma das propostas prevê a possibilidade de haver órgãos sociais transitórios, em caso de cessação de mandatos, individuais ou colectivas, que provoquem a queda do Conselho Directivo, da Mesa da AG e do Conselho Fiscal e Disciplinar.

A direcção leonina pretende também que os estatutos permitam que o presidente possa indicar para este órgão “outros sócios efectivos”, assim como a possibilidade de “nomear novos membros para preenchimento de vagas até ao limite máximo estatutariamente previsto”.

Após a designação das comissões transitórias, deve ser convocado um acto eleitoral para o órgão substituído, no prazo de seis meses, propõe ainda o Conselho Directivo do Sporting.

Estas propostas integram a agenda da reunião magna convocada pela comissão transitória da Mesa da AG do Sporting, marcada para 17 de Junho, pelas 14 horas, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa. Esta reunião de sócios prevê ainda a aprovação de mais dois artigos, um sobre a prorrogação de prazos de apresentação do Relatório e Contas e outro sobre a dissolução do Sporting.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. ESte gajo quer mais poderes p/ NUNCA MAIS SAIR do POLEIRO do Sporting. Abram os olhos este sr. é um canalha de todo o tamanho e está a destruir o clube que tem décadas de existência. Não em um pingo de vergonha nem escrúpulos p/ conseguir os objetivos dele e da companheira dele. Desde que se juntou c/ esta ficou MUITO PIOR.

      • Tem toda a razão…

        Abaixo o eleitos…

        Viva os não eleitos…

        Porra para as regras…

        Quem manda é ninguém e somos todos.

        não há maioria.

        viva eu ( vale para quem lê)…

    • Eu acho que não deverá haver eleições.
      Sempre que um presidente é eleito os derrotados querem que ele seja destituído, não faz diferença do resultado.

      O deverá ser é todas as semanas troca-se de presidente assim todos ficam contentes.

      O grande aborrecimento é para os jornalistas que vão deixar de derrubar presidentes ( entre a eleição e a mudança a notícia não tem tempo de fazer efeito )

      ABAIXO AS ELEIÇÕES.

      VIVA A ANARQUIA

    • Caro qwer…

      O benfica não acabou depois de vale de Azevedo.

      O Sporting também não vai acabar.

      O Boavista depois da descida não acabou apesar de ter sido terrívelmente injusticado por um cavalheiro inqualificável.

      O Sporting também não vai acabar.

      Provavelmente o que rodeia este desporto é que deveria acabar…

RESPONDER

Dança afro-beat inspirada nos saltos de Ronaldo já chegou a Paris

Uma música humorística 'afro-beat', publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França. "Quand Cristiano …

Portuguesa Critical Software e BMW juntam-se para produzir "o carro do futuro"

A BMW escolheu a portuguesa Critical Software para construir "o carro do futuro". As duas empresas unem-se agora numa joint venture que terá sede no Porto. A companhia tecnológica portuguesa Critical Software anunciou, esta segunda-feira, a …

As criptomoedas podem vir a sobrecarregar a Internet, alerta BIS

O Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) lançou, este domingo, um novo alerta: as criptomoedas podem "rebentar" com a Internet. O Banco de Pagamentos Internacionais - ou BIS, na sigla em inglês - lançou, este domingo, um …

Rui Patrício assina com o Wolverhampton por quatro anos

O guarda-redes português Rui Patrício, que rescindiu com o Sporting alegando justa causa, assinou contrato com o Wolverhampton válido por quatro épocas, anunciou hoje o clube da liga inglesa de futebol. O guarda-redes internacional português Rui …

Juízes querem condenados a cumprir mais cedo pena de prisão

Os juízes defendem que a pena de prisão deveria começar a ser cumprida logo que fosse confirmada por um tribunal de segunda instância, ainda antes da decisão transitar em julgado, mesmo que continuem a recorrer. A …

Médica reformada acusada de matar centenas de pacientes com doses fatais de analgésicos

Uma médica de clínica geral, agora aposentada, será a responsável pela morte de centenas de pacientes. A médica é acusada de prescrever doses fatais de analgésicos opiáceos a idosos no Reino Unido, nos anos 90. Jane …

Custo de vida para jovens estrangeiros em Lisboa ultrapassa mil euros

Um jovem estrangeiro precisa de 1032 euros para se instalar em Lisboa, sendo Lisboa a 57.ª cidade mais cara de uma lista de 80 cidades do mundo. Roménia é a cidade mais barata, de acordo …

Marcelo voltou a Pedrógão para limpar lágrimas (e Costa nem foi convidado)

Marcelo Rebelo de Sousa foi a figura central da homenagem às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, limpando lágrimas e distribuindo abraços, enquanto António Costa nem foi convidado. O primeiro-ministro admitiu que não foi convidado para …

Mihajlovic apontado ao Sporting para substituir Jesus

A imprensa desportiva apontou o técnico sérvio Sinisa Mihajlovic como o novo treinador do Sporting, substituindo o lugar deixado por Jorge Jesus. O antigo selecionador da Sérvia chegou a Lisboa esta segunda-feira, remetendo esclarecimentos para …

Falta de obstetras afeta assistência a partos de risco

O número de especialistas de ginecologia e obstetrícia é cada vez mais crítico no Serviço Nacional de Saúde, devido à falta de contratação de profissionais. O défice de especialistas de ginecologia e obstetrícia no Serviço Nacional …