Malta: Assassinos receberam 150 mil euros para matar jornalista

(dr) Times of Malta

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia

Os autores materiais do crime receberam 50 mil euros cada um pela morte da jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia.

Os três assassinos contratados para matar a jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia receberam, cada um, 50 mil euros pelo crime.

O dinheiro foi pago pelo empresário Yorgen Fenech, detido na semana passada e acusado de ser o mandante do crime. Ainda assim, o empresário garantiu à polícia que a morte da jornalista maltesa foi encomendada por Keith Schembri, amigo de longa data do primeiro-ministro Joseph Muscat e, até à última segunda-feira, seu chefe de gabinete.

Segundo fontes da investigação citadas pela Reuters, tanto o intermediário confesso do crime, o taxista Melvin Theuma, como um dos assassinos, Vincent Muscat, confirmaram à polícia que Yorgen Fenech pagou 150 mil euros pela morte da jornalista.

O contrato terá sido fechado num café dos arredores de La Valletta, em Malta, no verão de 2017, mediante o pagamento de um sinal de 30 mil euros. Os três assassinos – Vincent Muscat e os irmão Alfred e George Degiorgio – chegaram a comprar uma espingarda com mira telescópica à Mafia italiana, dado que o plano inicial era matar a jornalista a tiro. No entanto, acabaram por mudar de ideias com medo de falhar.

Desta forma, os criminosos trocaram a espingarda por uma bomba acionada à distância, que Alfred colocou debaixo do lugar do condutor do carro da jornalista. Os três assassinos foram detidos em dezembro de 2017, dois meses após o crime, e aguardam julgamento.

Daphne Caruana Galizia, de 53 anos, foi morta em 16 de outubro de 2017 com uma bomba colocada no seu automóvel em Bidnija, onde vivia.

A jornalista investigava, na altura, vários políticos malteses, incluindo o primeiro-ministro e a mulher, no âmbito dos Papéis do Panamá, que mostraram como centenas de políticos, empresários e celebridades utilizaram paraísos fiscais para evasão fiscal, lavagem de dinheiro e transações ilegais.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …

Emprego, formação e pobreza. Cimeira Social marca "o mais ambicioso compromisso" da UE

A Cimeira Social arrancou, nesta sexta-feira, no Porto, com a presença de 24 dos 27 chefes de Estado e de Governo da UE, num evento que pretende definir a agenda social da Europa para a …