Malta: Assassinos receberam 150 mil euros para matar jornalista

(dr) Times of Malta

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia

Os autores materiais do crime receberam 50 mil euros cada um pela morte da jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia.

Os três assassinos contratados para matar a jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia receberam, cada um, 50 mil euros pelo crime.

O dinheiro foi pago pelo empresário Yorgen Fenech, detido na semana passada e acusado de ser o mandante do crime. Ainda assim, o empresário garantiu à polícia que a morte da jornalista maltesa foi encomendada por Keith Schembri, amigo de longa data do primeiro-ministro Joseph Muscat e, até à última segunda-feira, seu chefe de gabinete.

Segundo fontes da investigação citadas pela Reuters, tanto o intermediário confesso do crime, o taxista Melvin Theuma, como um dos assassinos, Vincent Muscat, confirmaram à polícia que Yorgen Fenech pagou 150 mil euros pela morte da jornalista.

O contrato terá sido fechado num café dos arredores de La Valletta, em Malta, no verão de 2017, mediante o pagamento de um sinal de 30 mil euros. Os três assassinos – Vincent Muscat e os irmão Alfred e George Degiorgio – chegaram a comprar uma espingarda com mira telescópica à Mafia italiana, dado que o plano inicial era matar a jornalista a tiro. No entanto, acabaram por mudar de ideias com medo de falhar.

Desta forma, os criminosos trocaram a espingarda por uma bomba acionada à distância, que Alfred colocou debaixo do lugar do condutor do carro da jornalista. Os três assassinos foram detidos em dezembro de 2017, dois meses após o crime, e aguardam julgamento.

Daphne Caruana Galizia, de 53 anos, foi morta em 16 de outubro de 2017 com uma bomba colocada no seu automóvel em Bidnija, onde vivia.

A jornalista investigava, na altura, vários políticos malteses, incluindo o primeiro-ministro e a mulher, no âmbito dos Papéis do Panamá, que mostraram como centenas de políticos, empresários e celebridades utilizaram paraísos fiscais para evasão fiscal, lavagem de dinheiro e transações ilegais.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …

Promulgado diploma sobre acesso às praias (com alerta para novo regime de multas)

O "regime contraordenacional, que está previsto para o não cumprimento de um conjunto de regras que temos na área covid, também é aplicado" às regras relativas às praias. O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o …

PCP vai votar contra reforma das Forças Armadas

Os comunistas consideram tratar-se de uma "alteração significativa" da estrutura de comando, sem dar resposta "a problemas que persistem há largos anos" na instituição militar". O PCP vai votar contra as propostas do Governo para a …

Biden diz que ataque a oleoduto veio da Rússia. Mas exclui envolvimento do Kremlin

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, afirmou na quinta-feira que o ciberataque que paralisou durante vários dias a maior rede de oleodutos do país foi proveniente da Rússia, mas exclui envolvimento do Governo …

Máscaras vieram para ficar. Mas pode haver exceções

A máscara de proteção individual vai continuar a fazer parte do nosso dia-a-dia. No entanto, pode haver exceções para os já vacinados contra a covid-19. O Governo convidou os especialistas a criarem um novo plano e …

Chega quer que agentes da PSP e GNR usem câmaras de vídeo nas lapelas e nas viaturas

O deputado único do Chega entregou esta quinta-feira um projeto de resolução no Parlamento que recomenda a colocação de câmaras de vídeo nas lapelas das fardas e nas viaturas das forças de segurança, a fim …