Malásia vai abolir a pena de morte

O Governo da Malásia vai abolir a pena de morte, anunciou esta quinta-feira o ministro da comunicação, Gobind Singh Deo, numa decisão saudada pelas organizações de defesa dos direitos humanos.

“O governo está de acordo em abolir a pena de morte”, disse o ministro, citado pela AFP. “Espero que a lei seja em breve emendada”, acrescentou.

A pena capital por enforcamento está actualmente prevista na lei da Malásia para uma série de crimes, desde o homicídio ao rapto, passando pela posse de armas de fogo e pelo tráfico de droga. Mais de 1.200 pessoas estão no corredor da morte no país.

De acordo com a imprensa local, o ministro das Leis, Liew Vui Keong, disse ontem que o Governo tinha concordado abolir a pena de morte e apresentar a legislação necessária para tornar a decisão efetiva na segunda-feira, no reinício da sessão parlamentar.

“A pena de morte será abolida e as execuções suspensas”, afirmou, citado pela comunicação social malaia.

A organização não-governamental de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional (AI) saudou a decisão, que considerou um importante avanço, mas pediu a Kuala Lumpur para garantir que a abolição da pena de morte é “para todos os crimes, sem excepções”.

Na quarta-feira, data em que se assinalou o Dia Mundial contra a Pena de Morte, a AI lançou uma nova campanha pelo fim da pena de morte em cinco países, incluindo a Malásia.

A nova “campanha de pressão” pelo fim da pena de morte na Bielorrússia, Gana, Irão, Japão e Malásia, visa pressionar “em particular estes países” a acabarem com o “tratamento desumano” a que são sujeitos os prisioneiros condenados à pena de morte e a avançarem para a abolição deste tipo de punição, segundo nota da AI.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …

Julgamento BES. Ministério Público acredita que provas da Suíça ainda podem ser utilizadas

O jornal Público escreve este sábado que os procuradores do Ministério Público (MP) acreditam ainda ser possível utilizar os elementos solicitados nas cartas rogatórias enviadas às autoridades suíças no julgamento do caso BES. O Ministério …

Salários mais baixos podem passar a ter lay-off pago a 100%

O Governo está a estudar a possibilidade de o regime de lay-off, desenhado especificamente para o contexto da pandemia de covid-19, passar a ser pago na sua totalidade (100%) para quem tem salários mais baixos. …

Bronca na Liga. Contestação adia 5 substituições e o Marítimo recusa assinar Plano de Retoma

Após dois dias intensos de reuniões, foi aprovado o Plano de Retoma do campeonato nacional para a disputa das últimas 10 jornadas da época 2019/2020. Mas apenas 17 clubes o assinaram. O Marítimo recusou fazê-lo, …

Igreja perdeu 50 milhões de euros com a pandemia (e há dioceses em lay-off)

Ao cabo de dois meses de paragem por causa da pandemia de covid-19, as missas regressam, neste sábado, mas com regras novas para evitar a propagação do coronavírus. Uma paragem que resultou num "prejuízo" de …

Reabertura de ATL adiada para 15 de junho. Creches arrancam segunda-feira (sem apoios para os pais)

As Atividades de Tempos Livres (ATL) não integradas em estabelecimentos escolares só poderão voltar a funcionar a partir de 15 de junho, duas semanas depois daquilo que estava inicialmente previsto. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, …

Governo britânico vai continuar a pagar 80% dos salários durante mais três meses

O Governo britânico vai continuar a pagar durante mais três meses 80% do salário de trabalhadores em lay-off devido à pandemia de covid-19, e reduzir gradualmente o valor até ao fim do sistema, em outubro. O …

Resgate à TAP deverá ser feito através de empréstimo obrigacionista

A ajuda do Estado à TAP deverá chegar através de um empréstimo obrigacionista convertível em ações, avança o jornal Expresso neste sábado. Este é o cenário mais provável para a TAP, apurou o semanário, que …

Lisboa pode receber a final deste ano da Liga dos Campeões

Istambul não está agradada com a ideia de receber a final da Liga dos Campeões sem adeptos no estádio. Por isso, outras hipóteses estão a ser consideradas, nomeadamente Lisboa. A final da Liga dos Campeões está …

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …