Mais impostos e incentivos. Governo avança com reforma fiscal verde (e tem o apoio de Bruxelas)

Tiago Petinga / Lusa

O Governo está a trabalhar com a Comissão Europeia para aprofundar a primeira vaga reformista, lançada pelo anterior Governo PSD-CDS em 2015, para avançar com uma nova reforma fiscal verde.

O Diário de Notícias avança esta quarta-feira que o Executivo de António Costa está a trabalhar com Bruxelas numa “nova reforma fiscal verde”, aprofundando a primeira vaga reformista, lançada pelo anterior Governo PSD-CDS, que levou ao agravamento de impostos, novos descontos e benefícios fiscais.

Em causa está um quadro fiscal mais penalizador no recurso a materiais muito poluentes e para emissões de carbono, que incentiva a migração para usos mais limpos.

A ideia é moderar o consumo e uso industrial de combustíveis fósseis, plásticos, redundâncias na mobilidade, e usar a digitalização da economia e da sociedade para alavancar um modo de vida e produção mais sustentável do ponto de vista ambiental.

Segundo fontes europeia, haverá apoios sob o chapéu da transição justa, de modo a não provocar ruturas e bolsas de crise e desemprego à boleia desta mudança.

Esta parceria para a nova reforma fiscal verde é um dos 15 projetos-piloto de Portugal que surgem na lista aprovada de reformas que o Governo quer desenvolver no âmbito do novo Instrumento de Assistência Técnica (IAT) da Comissão, apresentado esta terça-feira por Elisa Ferreira.

Segundo a comissária portuguesa, este instrumento “não é um colete-de-forças que limite opções dos Estados”, mas Bruxelas quer “que os países estejam prontos para gerir os fundos com a máxima eficiência”.

Assim, a Comissão Europeia consegue ficar mais próxima dos governos nacionais e acompanhar as contratações feitas e o dinheiro gasto em projetos e investimentos cujo financiamento vai ser ancorado em fundos europeus. Uma das ideias deste instrumento é financiar os governos para modernizarem as administrações públicas e terem funcionários mais qualificados.

A Comissão Europeia aprovou esta terça-feira 226 projetos dos 27 Estados-Membros, mas “Portugal é um dos países que já está a trabalhar com a Comissão e vai receber apoio“. “O diálogo com Portugal está bastante avançado”, disse Elisa Ferreira.

Apesar de o Governo ainda não ter um calendário fechado para lançar este novo quadro, algumas alterações podem surgir já no Orçamento do Estado de 2022 (OE2022).

  Maria Campos, ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Reforma verde”, para o Sr. Kosta significa MAIS IMPOSTOS!! Votem Xuxalismo! Tugas do cargo (ai, carago não, carago!)!

RESPONDER

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

Albuquerque mostrou-se disponível para negociar o OE, mas Rio diz que "a Madeira não está à venda"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, manifestou hoje disponibilidade para conversar com o Governo sobre o OE, mas Rui Rio garantiu que os deputados madeirenses não vão contrariar o partido. “Se for para …

Golpe de Estado no Sudão. Confrontos nas ruas causam sete mortos e 140 feridos

Milhares de sudaneses têm saído às ruas para protestarem a tomada do poder pelos militares. A comunidade internacional tem sido unânime na condenação ao golpe de Estado. Na sequência do golpe de Estado de segunda-feira, os …

Amnistia Internacional pede que EUA retirem acusações a Assange e a Londres que evite extraditá-lo

A Amnistia Internacional (AI) pediu aos Estados Unidos que retirem as acusações contra o fundador da Wikileaks, Julian Assange, e ao Reino Unido que evite extraditá-lo, pedido feito hoje antes do início, quarta-feira, de nova …

Mudar de telemóvel pode ser um rombo nas poupanças a longo prazo, mais do que se pensa

Especialistas em finanças ouvidos pelo The New York Times consideram que mudar de telemóvel anualmente, dando o dispositivo anterior para retoma (quando este ainda tem um valor elevado), não é uma boa aposta, sobretudo a …

Costa confessa a "enorme frustração pessoal" com a morte da geringonça e admite governar em duodécimos

O debate deixou tudo em águas de bacalhau e nem a esquerda nem o governo dão sinais de ceder. Costa admite que o fim da parceria com o PCP e o Bloco é uma derrota …

Koeman: "O que se passou comigo é um problema social"

Treinador do Barcelona teve dificuldades em sair do Camp Nou, depois de perder frente ao Real Madrid. A contestação à volta de Ronald Koeman em Barcelona já se verifica há algum tempo (começou em alguns momentos …

Mais de 100 mil doentes podem ter covid longa e sobrecarregar o SNS

Com o crescimento do número de pacientes que reportam sintomas de covid prolongada, os especialistas receiam que o Serviço Nacional de Saúde não tenha capacidade de resposta. Segundo avança o Expresso, os directores e coordenadores de …

O serial killer John Wayne Gacy

Vítima de serial killer identificada 40 anos depois através do ADN de um dente

Os restos mortais de Francis Wayne Alexander foram encontrados há mais de 40 anos na casa do infame serial killer John Wayne Gacy. Mas só agora se conseguiu verificar a sua identidade. Segundo conta a cadeia …

Nem Salah, nem Mané: "Vão escrever livros sobre o Firmino"

Elogios públicos de Jürgen Klopp, depois da goleada do Liverpool contra o Manchester United. O Liverpool silenciou Old Trafford ao vencer por 5-0 na casa do rival Manchester United, graças aos golos de Keïta, Diogo Jota …

Psicólogo holandês diz ter vendido "pó suicida" a mais de 100 pacientes

Wim van Dijk não está preocupado com uma possível pena de prisão. A intenção do psicólogo holandês é alimentar o debate sobre a morte assistida. O psicólogo holandês Wim van Dijk disse ter vendido um "pó …