Mais de 35 mil casos nas últimas 24 horas. Morreram 20 pessoas vítimas de covid-19

3

Portugal regista, este sábado, mais de 35 mil novos casos de covid-19. Há ainda a lamentar 20 óbitos na sequência da infeção.

Portugal registou 35 643 casos positivos de covid-19 e 20 óbitos nas últimas 24 horas, indica o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Lisboa e Vale do Tejo é a região que regista mais infeções, com 15 142 casos confirmados, seguida pelo Norte, que regista mais 12 481 novas infeções.

Segue-se a zona Centro (3 819), a Madeira (1 708), o Algarve (1 118), o Alentejo (1 085) e os Açores (290).

Dos 20 óbitos, 13 foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo, cinco no Norte e dois no Algarve.

Os internamentos registaram um aumento nas últimas 24 horas. Há agora 1 388 doentes internados no país, mais 35 do que os registados no último boletim, e 153 pessoas em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), menos oito em relação a esta sexta-feira.

O boletim diário da DGS indica ainda que 31 541 pessoas recuperaram da doença, num total de 1 336 014 recuperados desde o início da pandemia. Portugal tem hoje 258 322 casos ativos, um aumento de 4 082 em relação ao dia anterior, e 218 269 contactos em vigilância.

A matriz de risco sofreu uma atualização na sexta-feira, pelo que os dados se mantêm.

A incidência do SARS-Cov-2 ao nível nacional está nos 2438,8 casos por 100.000 habitantes. Se se contar apenas com o Continente, a incidência é agora de 2444,5 casos/100.000 habitantes.

Já o índice de transmissão R(t) situa-se nos 1,32, tanto a nível nacional como no continente.

O decreto-lei que altera e simplifica as medidas no âmbito da pandemia de covid-19, incluindo a redução para sete dias dos períodos de isolamento de pessoas assintomáticas ou com doença ligeira, foi publicado em Diário da República na sexta-feira.

  Liliana Malainho, ZAP //

3 Comments

  1. Só uma curiosidade ,, gostaria de saber a opnião apenas dos quimicos ou farmaceuticos, se saberiam detalhar para nós, qual efeito do “grafeno” no organismo humano, a curto e longo prazo?

    Porque se não, vocês teriam de procurar saber mais profundamente sobre o “grafeno”, muitas pessoas estão dizendo que ela faz parte composição de muitos dos atuais imunizantes, por ela ser incolor

    Só aproveitar, se for verdade, gostaria de fazer uma nova pergunta a quem souber responder, quais efeitos do “grafeno” + “radiação de antenas de internet 5G”, no organismo humano, a curto e longo prazo?

    • Não te preocupes, que há uma forma de nos protegermos contra o “grafeno” e a “radiação de antenas de internet 5G”. Fazes um cone de papel de prata e metes na cabeça a fazer de chapéu, ficas protegido contra isso e muito mais.

  2. Que bom que você é químico ou entendido no assunto, agora se não …, garanto que tem muitas pessoas que querem de profissionais qualifificados tratando de dar respostas a respeito da questão, por se tratar de vidas, tanto a deles quanto das nossas.

    Uma moeda tem dois lados, conhecemos muito pouco um lado dela, e do outro lado da moeda, nada de nada. Se você não da valor na sua vida, eu dou na minha e ela só pertence a Deus.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.