Mais cinco óbitos e 888 casos nas últimas 24 horas

Há também mais 671 recuperados. O maior número de novos casos voltou a ser registado em Lisboa e Vale do Tejo.

Segundo o mais recente boletim epidemiológico da DGS, Portugal registou nas últimas 24 horas mais cinco mortes e 888 novos casos de infecção por covid-19. Mais 671 pessoas recuperaram da doença.

Há também mais dois doentes internados, num total de 318. A nível dos internamentos em cuidados intensivos, há menos uma pessoa em relação aos dados de ontem, num total de 60 pacientes.

A maioria dos novos casos foram registados em Lisboa e Vale do Tejo (370), seguindo-se o Norte (221), o Centro (176), o Algarve (51) e o Alentejo (35). Nos Açores, há mais 13 infecções, e na Madeira registam mais 22 casos.

A nível dos óbitos, dois foram em Lisboa e Vale do Tejo, dois no Centro e um no Alentejo.

A matriz de risco e o r(t), que são actualizados às segundas, quartas e sextas, mantém-se iguais, com Portugal a permanecer na “zona amarela” de risco. Nos dados de quarta-feira, o país registou subidas tanto no r(t) – ou índice de transmissibilidade —​ como na incidência.

O índice de transmissibilidade fixa-se nos 1,08, quer a nível nacional, quer apenas no continente. Já a incidência subiu para os 94,8 casos de infecção por 100 mil habitantes a 14 dias no país e 94,9 no continente.

O número de casos activos aumentou para 31 455, sendo mais 212 no espaço de um dia relativamente aos dados divulgados ontem. Já 1 088 133 pessoas em Portugal tiveram covid-19, tendo já 1 038 529 recuperado da doença e 18 149 morrido.

A ministra da Saúde, Marta Temido anunciou nesta quinta-feira que Portugal deve chegar aos 1300 casos diários de covid-19 na próxima semana.

“As estimativas e as análises de modelação epidemiológica realizadas pelo Instituto de Saúde Ricardo Jorge apontam para que possamos ter, dentro daquilo que é o horizonte para o qual já podemos ter dados, 1.300 casos positivos no dia 7 de novembro, se se mantiver a tendência”, afirmou.

  Adriana Peixoto, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.