O maior número primo até à data foi descoberto (e é demasiado grande para o conseguir ler)

23,249,425 são os dígitos que compõem o recentemente descoberto número primo. Chama-se M77232917 e é o 50.º número primo deste tipo a ser descoberto.

Chama-se primo Mersenne (como o padre matemático francês Marin Mersenne) e é o resultado da multiplicação de dois juntos muitas vezes e subtraindo um ao número final. O M77232917 foi descoberto ao calcular dois elevado a 77,232,917, subtraindo um.

Este é quase um milhão de dígitos maior do que o anterior número primo, também um primo Mersenne. E torna-o demasiado longo para que possamos escrevê-lo aqui para si.

Conforme os números vão ficando maiores, os números primos – um número divisível por 1 e pelo próprio – tornam-se cada vez mais difíceis de encontrar. Tornam-se cada vez mais distantes e não há qualquer padrão da sua distribuição, por isso não é possível usar um algoritmo que os descubra.

Até a formula para encontrar números primos Mersenne não é um método infalível, é apenas a redução aos números mais prováveis.

Por isso, depois de usar uma fórmula para criar o número, o cientista tem depois que passar pelo difícil processo de o testar, dividindo por todos os números que possam ser um fator de divisão. Quanto maior o número, mais tempo é necessário.

Alguns softwares podem ser usados para procurar primos Mersenne e testá-lo, o que aconteceu com o M77232917.

Como parte do Great Internet Mersenne Prime Search (GIMPS), o voluntário Jonathan Pace, um engenheiro elétrico com 51 anos do Tennessee, nos EUA, fez a descoberta com software especializado no seu PC. Desde os 14 que o engenheiro tenta descobrir um número primo e esta é a primeira vez que consegue.

O número já foi descoberto a 26 de dezembro de 2017, mas provar que era primo demorou seis dias de computação sem parar. Depois disso, quatro diferentes programas de software a operar em quatro configurações diferentes de hardware para verificar a descoberta.

O anterior recorde de um número primo Mersenne foi descoberto em janeiro de 2016, com menos 910,807 dígitos do que o recente M77232917.

O novo recorde é tão grande que teriam que ser impressas nove mil páginas ou 118 quilómetros – um pouco mais do que a distância entre Lisboa e Santarém (104 quilómetros) – com dois dígitos por cada centímetro.

Porquê procurar por números primos? O M77232917 é demasiado grande para servir o seu propósito, mas a criptografia usa grandes números primos apenas porque são difíceis de descobrir. Combine dois números primos como chave de criptografia e terá algo muito mais difícil de quebrar – e, conforme os computadores vão ficando mais poderosos, os números primos têm de ser maiores para acompanhar o ritmo.

Este números podem também ajudar-nos a compreender os números em si. Se descobrirmos primos suficientes, talvez um dia seja possível fazer a descoberta de um padrão.

Mas para os matemáticos, tanto amadores como profissionais, os números primos grandes tornaram-se algo como uma caça ao tesouro – quase literalmente agora que o GIMPS oferece prémios monetários para novos recordes.

Pace vai receber três mil dólares (3,370 euros) pela sua descoberta.

Se, como o Pace, também quiser descobrir um número primo, mesmo que isso leve o resto da sua vida a fazer, pode fazer o download do software aqui e ler as instruções aqui.

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …