Trump quer maior controlo de armas mas sem esquecer uma “necessária” reforma migratória

Jim Lo Scalzo / EPA

O Presidente norte-americano exortou esta segunda-feira os congressistas Republicanos e Democratas a aprovarem regras mais restritivas de verificação de antecedentes de quem queira comprar armas de fogo, sugerindo, porém, que tais medidas devem estar ligadas a uma reforma migratória.

As declarações de Donald Trump surgem depois de um fim de semana marcado por dois tiroteios nos Estados Unidos, em El Paso (Texas) e em Dayton (Ohio), que fizeram um total de 29 mortos e mais de 50 feridos.

“Não podemos deixar que aqueles que morreram em El Paso, no Texas, e Dayton, no Ohio, tenham morrido em vão”, escreveu o chefe de Estado norte-americano na rede social Twitter, acrescentando: “Da mesma forma para aqueles que ficaram gravemente feridos. Nunca os poderemos esquecer e a todos os que vieram antes deles”.

Ainda nas mensagens publicadas no Twitter, Donald Trump dirigiu palavras diretas aos representantes Republicanos e Democratas no Congresso. “Os Republicanos e os Democratas têm de se unir e obter verificações de antecedentes mais fortes, talvez alinhando tais medidas legislativas a uma reforma migratória tão necessária”, declarou o Presidente norte-americano.

“Qualquer coisa positiva, até mesmo grande, deve resultar destes eventos trágicos”, escreveu ainda Trump, mas sem especificar que tipo de medidas legislativas poderia eventualmente apoiar.

A Câmara dos Representantes (câmara baixa do Congresso norte-americano, atualmente controlada pelos Democratas) aprovou um projeto-lei sobre o controlo de armas que inclui alterações no sistema de verificação de antecedentes dos compradores e utilizadores de armas nos Estados Unidos, mas o texto está parado no Senado (câmara alta do Congresso, controlada pelo Partido Republicano).

Ainda no Twitter, Trump acusou os ‘media’ de “contribuírem largamente” na propagação de “notícias falsas” e “da ira e da raiva” nos Estados Unidos.

“Os ‘media’ têm uma grande responsabilidade em relação às vidas e à segurança no nosso país. As ‘fake news’ têm contribuído largamente para a ira e para a raiva que se têm desenvolvido ao longo de muitos anos”, disse o Presidente norte-americano.

No sábado em El Passo, uma cidade maioritariamente hispânica localizada perto da fronteira com o México, um homem de 21 anos abriu fogo num centro comercial, matando 20 pessoas e ferindo outras 26. As autoridades detiveram o homem no local do tiroteio.

Cerca de 13 horas depois, na cidade de Dayton, outro homem, de 24 anos, matou nove pessoas e feriu outras 27, incluindo a sua própria irmã.

O atirador seria morto no local pela polícia cerca de um minuto depois de ter começado a disparar.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ele sabe lá o que quer!…
    Entretanto, quando for “apertado” pela NRA, diz o contrário (como já disse!) sem qualquer problema!…

RESPONDER

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …

Praga de baratas fecha refeitório do hospital Amadora-Sintra

Uma praga de baratas está a afetar o Hospital Amadora-Sintra, provocando sérios transtornos às centenas de trabalhadores desta unidade de saúde. O caso foi denunciado ao Correio da Manhã por funcionários e confirmado pelo hospital. A …

Singapura é a inesperada vencedora da crise em Hong Kong

A instabilidade política está a levar uma crescente instabilidade económica em Hong Kong. Quem beneficia com isto é a Singapura, que surge como alternativa no mercado asiático. Em Hong Kong, o duelo entre os manifestantes contra …

Irão pediu vistos aos EUA para ir à Assembleia Geral da ONU "há meses", mas nenhum foi entregue

O Presidente do Irão ainda não recebeu visto de entrada nos EUA, podendo estar em risco a participação de Hassan Rohani na Assembleia Geral das Nações Unidas, noticiou esta quarta-feira a agência de notícias estatal …

Livre: Aparecer nas sondagens é sair da "invisibilidade"

"Estarmos nas sondagens significa que nós estamos com altas hipóteses de eleger [deputados]", referiu na quarta-feira Joacine Katar Moreira, em declarações à agência Lusa, no Jardim Augusto Monjardino, em frente à Maternidade Alfredo da Costa …