“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

(dr) octapharma.com

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação “O Negativo” por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) para seu próprio interesse.

Um esquema de corrupção para a venda de derivados de plasma humano, entre 1998 e 2013, gerou elevados lucros à farmacêutica Octapharma e ao seu administrador Lalanda e Castro e culminou na acusação de seis pessoas e uma empresa por parte do MP.

Contudo, no despacho de acusação a que a agência Lusa teve acesso, a procuradora Ana Paula Vitorino refere que a multinacional Octapharma fica de fora do processo porque a investigação entende que Lalanda e Castro atuou sempre em função do seu próprio interesse e ambição de negócio, isto é, quanto mais produtos da farmacêutica vendesse em Portugal, mais elevadas seriam as suas comissões e bónus, que recebia através da sua ‘offshore’ Ruby Capital Corporational, o que aconteceu até 2013.

Para o Ministério Público, o empresário Paulo Lalanda e Castro, ex-administrador da Octapharma até 2016, construiu, ao longo de vários anos, uma rede de influências através de relações pessoais e familiares, nomeadamente com os restantes acusados do processo, para obter benefícios financeiros próprios.

O médico Luís Cunha Ribeiro, ex-presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, acusado de corrupção passiva e de mais outros 10 ilícitos foi membro da Comissão de Análise de Propostas dos Concursos Públicos 19/98 e 9/2000, para fornecimento de Plasma Humano Inativo (PHI) e hemoderivados e, segundo o Ministério Público, terá sido corrompido com um apartamento pago pela empresa de Lalanda e Castro, a Convida – investimentos imobiliários e Turísticos.

A acusação lembra ainda que Cunha Ribeiro aceitou, entre 1998 e 2003, fez parte da Comissão Técnica do Medicamento do Infarmed e sabia que poderia vir a emitir pareceres médicos cruciais para a obtenção da AIM (Autorização de Introdução no Mercado) de mais de 10 produtos da Octapharma.

A farmacêutica Elsa Morgado, amiga e sócia de Lalanda e Castro também integrou o júri dos dois concursos públicos como representante da Associação Portuguesa de Hemofílicos.

Já Manuela Carvalho, médica imuno-hemoterapeuta, trabalhou com Cunha Ribeiro no hospital de S. João e substituiu-o como júri de concurso após este ter sido nomeado presidente do INEM (de 2003 a 2008) e foi apresentada por este a Lalanda de Castro.

A médica participou em estudos clínicos e várias cerimónias e congressos patrocinados pela farmacêutica e viajou várias vezes, dentro e fora de Portugal, a expensas da multinacional.

Porém, associado ao esquema montado por Lalanda e Castro, para que a sua empresa ganhasse os dois concursos de fornecimento de plasma e derivados de sangue para os hospitais públicos, a morosidade do concurso 9/2000, permitiu que a Octapharma alargasse o número de adjudicações mantendo-se como a maior fornecedora de hemoderivados no mercado português durante vários anos, segundo o MP.

A operação culminou na acusação de Luís Cunha Ribeiro, Manuela Carvalho, do advogado Paulo Farinha Alves e da farmacêutica Elsa Morgado, e Helena Lalanda e Castro por corrupção, abuso de poder e branqueamento.

Este processo iniciou-se em 2015 e durante vários anos investigou os negócios de venda de derivados de sangue, tendo concluído que a Octapharma deteve o monopólio da venda em Portugal, devido à intervenção de Lalanda e Castro.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …