Mãe do modelo infantil da H&M diz que esta é uma polémica “desnecessária”

(dr) H&M

A mãe do modelo infantil da H&M, que causou indignação nas redes sociais por estar a usar uma camisola com a frase “o macaco mais fixe da selva”, considera que esta é uma polémica “desnecessária” e pede às pessoas revoltadas com a marca sueca para “seguirem em frente”.

Bastou apenas uma fotografia para a conhecida marca H&M ser completamente arrasada. Numa das recentes campanhas divulgada na página de compras online, um menino surge com uma camisola com a frase “o macaco mais fixe da selva”. Porém, o facto de a criança ser negra provocou uma onda de indignação de famosos nas redes sociais que acusaram a marca de racismo.

Contudo, quem não está a concordar minimamente com estas reações é mesmo a mãe do menino, Terry Mango, para quem toda esta polémica é “desnecessária”.

Residente em Estocolmo, a progenitora do modelo infantil decidiu quebrar o silêncio e, em resposta a um comentário sobre o tema, deu-se a conhecer, afirmando que esteve presente durante toda a sessão fotográfica e esta camisola trata-se apenas “de uma entre as centenas de peças que o filho vestiu”.

Terry pediu para as pessoas pararem “de chorar a toda a hora um assunto desnecessário” e para “seguirem em frente”.

Ainda assim, as reações negativas obrigaram a marca sueca a retirar a imagem do site e a fazer um pedido de desculpas “a todas as pessoas que se possam ter sentido ofendidas”.

Recorde-se ainda que, antes dessa medida ter sido tomada, algumas figuras públicas que têm ligação à H&M prometeram abandonar a parceria, como foi o caso do cantor The Weenkd, que já foi modelo da marca em várias campanhas publicitárias.

ZAP // Move

PARTILHAR

RESPONDER

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …

Governo garante que julho foi o mês com mais testes à covid-19

O mês de julho registou o maior número de testes à covid-19, totalizando 431.178 rastreios e uma média diária de 13.909, revelou, esta quarta-feira, a secretária de Estado da Saúde. Na conferência de imprensa para fazer …

Imprensa chinesa acusa EUA de "abuso de poder" para roubar TikTok

Um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC) acusou esta quarta-feira os Estados Unidos (EUA) de "abusarem do seu poder" para "roubarem" o TikTok, ao forçarem a venda da aplicação de vídeos detida pela empresa …

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …