Se Madeira Rodrigues for eleito, Boloni será treinador até ao fim da época

Manuel de Almeida / Lusa

Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Pedro Madeira Rodrigues revelou esta quarta-feira que o romeno Laszlo Boloni regressará ao Sporting como diretor para o futebol, caso vença as eleições do clube, técnico que assumirá também a equipa principal até ao fim da temporada.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Em conferência de imprensa, Pedro Madeira Rodrigues referiu acreditar que, caso vença as eleições, o atual treinador leonino, Jorge Jesus, se afastará do cargo.

“Vamos ter um coordenador para o futebol profissional e para a formação, que é um último campeão treinador pelo Sporting: Laszlo Boloni. É um regresso de um campeão a Alvalade, que tomará conta da equipa como treinador até final da época. Será passageiro e vai fazer a transição da atual equipa técnica para a que entrará”, começou por dizer o candidato da lista A à presidência do Sporting.

Relativamente ao treinador que assumirá o plantel principal, Madeira Rodrigues disse que “está escolhido e será apresentado após o encontro frente ao Estoril”, no sábado.

O candidato admitiu que Boloni “é top mundial, um namoro desde o primeiro dia e um sonho realizado”, frisando, por outro lado, que “a raça de campeão irá voltar”.

Madeira Rodrigues explicou que o antigo treinador campeão leonino, na temporada de 2001/2002, terá um papel fundamental na escolha dos jogadores, lembrando que foi um técnico que acreditou sempre nas camadas jovens.

“É a pessoa ideal para fazer este trabalho de conjugação e ficará responsável por toda a área da formação, pelo planeamento da equipa e da época, com uma relação muito estreita com o treinador. Vai decidir quem vamos contratar e foi um treinador que apostou sempre na formação por onde passou”, salientou.

Relativamente à composição da estrutura do futebol, Delfim Teixeira, antigo atleta do clube, será o ‘team manager’ e Ricardo Pina Cabral o gestor de talentos.

“Escolhemos também um grande campeão, o Delfim. Um homem que deu tudo com a camisola do Sporting e é a escolha certa para ‘team manager’, pelas suas características que vai passar para o balneário”, revelou, prosseguindo: “Vamos ter uma área que tem funcionado muito mal no Sporting, que tem a ver com a gestão de ativos. As contratações, renovações, as vendas… vamos ter ai o Ricardo Pina Cabral.”

O gestor e o atual presidente do clube, Bruno de Carvalho, são os únicos candidatos à presidência do Sporting, cujas eleições para os órgãos sociais se realizam no próximo dia 4 de março.

PUBLICIDADE

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.