Maddie: atenções centradas no sistema de esgotos

findmadeleine.com

Maddie McCann

Maddie McCann

As polícias portuguesa e britânica suspenderam às 18h30 de quinta-feira a procura de indícios que levem ao paradeiro de Madeleine McCann e que decorrem na Praia da Luz, Lagos, devendo os trabalhos ser retomados na manhã de sexta-feira.

Na quinta-feira, o quarto dia de buscas, as autoridades centraram as atenções no sistema de esgotos existente junto do miradouro e fizeram marcações no terreno, com colocação de pequenas bandeiras amarelas.

Sete anos depois do desaparecimento de Madeleine McCann, as autoridades portuguesas e inglesas regressaram no início desta semana à Praia da Luz, no concelho de Lagos, para vistoriarem terrenos adjacentes ao aldeamento turístico onde a família McCann estava alojada de férias.

As diligências que agora decorrem foram requeridas pela Scotland Yard.

Madeleine McCann desapareceu poucos dias antes de fazer quatro anos, a 3 de maio de 2007, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico na Praia da Luz, no Algarve.

Buscas interrompidas segunda e terça-feira para prosseguirem noutros locais

As buscas que desde o início da semana decorrem num terreno da Praia da Luz no âmbito do desaparecimento de Maddie deverão ser interrompidas na segunda e terça-feira, para depois prosseguirem noutros locais.

Uma fonte ligada ao processo disse à Lusa que as buscas, que têm estado centradas num terreno interditado pelas autoridades a aproximadamente 500 metros do apartamento onde a família McCann passava férias, deverão incidir na quarta e quinta-feira em outros dois terrenos já identificados.

Na manhã desta sexta-feira, os dois cães pisteiros levados pela polícia britânica para detectar um eventual odor a cadáver estiveram a farejar locais previamente delimitados pelas autoridades, no terreno onde pelo quinto dia se centram as buscas.

Durante o fim de semana as polícias portuguesa e britânica preveem continuar as operações de busca por indícios relacionados com o desaparecimento de Madeleine McCann.

A operação estaria inicialmente prevista para durar cerca de uma semana e terminar durante o dia de hoje, mas o prazo foi estendido até à próxima semana.

Além dos cães pisteiros, as autoridades já utilizaram nas buscas um georradar, tendo igualmente vistoriado parte do sistema de esgotos da povoação.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se uma pessoa de estatura normal demora a decompor o seu corpo em 5 anos. porque é que só agora a policia britanica anda à procura da miuda se o corpo dela se decompõe em 2 anos? 7 anos de espera? que quer essa gentalha esconder? porque proibiram a policia judiciaria portuguesa, considerada a melhor do mundo a fazer as pesquizas???Gentinha mais estupida nunca tal vi… bifes. e porque deixaram os pais as crianças sozinhas num apartamento?? se fossse eu a deixaar crianças sozinhas era logo presa e acusada de aabondono e maus tratos, seria retirada as crianças de imediato..os pais da pequena são os verdadeiros ASSASSINOS. e o Rui Pedro? mas que consideraão é esta?
    so por ser ingles e culpados merecem ajuda? e a mae do rui pedro que nunca pediu dinehiro nem USOU o nome do filho para enriquecer????…estupidos ao quadrado é o que os ingleses são
    assassinos.

RESPONDER

Governo compromete-se a concluir processo de regularização dos precários

O Governo comprometeu-se com a conclusão, no início da legislatura, do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), mas sem avançar uma data concreta. O debate temático sobre o PREVPAP, que decorreu …

Camboja acaba com passeios turísticos de elefante em Angkor

Os passeios de elefante, que são umas das principais atrações turísticas pelas áreas dos templos de Angkor, no Camboja, deixarão de o ser em 2020. Em 2016, uma elefante fêmea morreu por insuficiência cardíaca depois de …

MPLA afasta "Tchizé" dos Santos do comité central e suspende-a por dois anos

O Bureau Político do MPLA aprovou, esta quinta-feira, o afastamento de Welwitschia 'Tchizé' dos Santos de membro do comité central do partido no poder em Angola e a suspensão por dois anos da condição de …

Coldplay adiam divulgação de álbum. Querem uma digressão mais "respeitadora do ambiente"

O líder dos Coldplay anunciou na quinta-feira que o grupo musical britânico adiou a digressão de apresentação do seu novo álbum, que é publicado esta sexta-feira, para ser o mais limpa possível e ter um …

Vila Galé já estuda novo resort na região do Brasil onde abandonou projeto

O Vila Galé vai mesmo avançar com uma nova unidade hoteleira na mesma região do Brasil onde decidiu abandonar o projeto que tinha, depois das críticas de que ia investir em potencial zona de reserva …

França ultrapassa Alemanha. É o pais europeu com mais pedidos de asilo

França tornou-se no país europeu com mais pedidos de asilo, pela primeira vez desde o início da crise migratória em 2015, afirmou esta quinta-feira em Paris o ministro do Interior. “A França tornou-se desde 20 de …

Procurador-geral admite que suicídio de Epstein foi resultado de vários erros

O procurador-geral dos EUA disse, esta sexta-feira, que a morte de Jeffrey Epstein, que se suicidou atrás das grades, foi o resultado de "uma tempestade perfeita de asneiras". Em entrevista à Associated Press, William Barr confessou …

Vegano processa Burger King nos EUA por "contaminação" de hambúrguer

Um cliente vegano interpôs uma ação judicial contra o Burger King nos Estados Unidos, acusando a cadeira de restaurantes de fast-food de lhe ter servido um hambúrguer cozinhado na mesma grelha utilizada para preparar carne. De …

Dono do carro onde seguia Angélico condenado a dois anos de pena suspensa

O dono de um stand da Póvoa de Varzim e a sua ex-mulher foram, esta sexta-feira, condenados a dois anos de prisão, com pena suspensa. Em causa está a falsificação do contrato de compra e venda …

Mais de 500 mulheres assassinadas em Portugal nos últimos 15 anos

Mais de 500 mulheres foram assassinadas nos últimos 15 anos em contexto de relações de intimidade em Portugal, e só neste ano já morreram 28, algumas baleadas, outras estranguladas ou espancadas, a maioria vítima de …