Macron visitou linha de apoio à violência doméstica e ouviu polícia recusar ajuda a uma mulher

Stephane Mahe / EPA

O Presidente francês, Emmanuel Macron

Esta terça-feira, Emmanuel Macron visitou as instalações de uma linha nacional francesa de apoio às vítimas de violência doméstica, mas deparou-se com uma situação que não esperava.

Este ano, pelo menos 100 mulheres francesas foram mortas, por parceiros atuais ou antigos, vítimas de violência doméstica. Consternado com este número, o Presidente francês fez uma visita às instalações da linha de apoio e observou de perto o trabalho dos operadores.

Uma mulher de 57 anos telefonou, dizendo que o seu marido a tinha ameaçado de morte depois de vários anos de intensos abusos dentro de quatro paredes. A francesa estava na esquadra da polícia e apresentava uma queixa. No entanto, com medo que o marido a matasse, pediu à polícia que a acompanhasse a casa para recuperar os seus pertences. Mas a polícia recusou e, por isso, recorreu à linha de apoio.

– Eles têm de ajudar as pessoas em perigo – insistia o operador que, em seguida, pediu à mulher que passasse o telemóvel ao polícia que a atendia na esquadra.

Enquanto a mulher denunciava o episódio ao operador, Macron ouvia em silêncio toda a situação, enquanto abanava a cabeça, notavelmente aborrecido, descreve o The Guardian.

Durante a chamada, que durou cerca de 15 minutos, o operador insistia constantemente para que a polícia no local fizesse alguma coisa. O agente recusou, alegando que precisaria de uma ordem judicial para acompanhar a mulher até casa. Algo que, segundo o matutino, não é verdade.

A chamada telefónica terminou sem que nada tivesse sido feito. Já com o telefonema desligado, Emmanuel Macron questionou se episódios como este são constantes. “Sim, e é cada vez mais comum”, respondeu o operador, que trabalha ali há mais de 20 anos.

O caso está a ser investigado. O polícia que recusou ajuda à francesa já foi identificado e vai ser alvo de um inquérito da Gendarmerie, a polícia militar francesa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em Portugal é igual. Tem que haver esquadras específicas para a Violência doméstica com polícias especializados no atendimento às vitimas., e depois toda uma rede de ajuda, casas de acolhimento, assistentes sociais etc.

RESPONDER

Novo relatório aponta possível causa para número anormal de doenças causadas pelo vaping

Um novo relatório vem confirmar que o acetato de vitamina E encontrado em muitos produtos utilizados pelos vapers pode ser o responsável pelos problemas de saúde. O ano de 2019 ficou marcado por várias doenças e …

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …