Macron amplia vantagem depois do debate televisivo

Eric Feferberg / EPA

Os candidatos Marine Le Pen e Emmanuel Macron no último debate televisivo antes das eleições presidenciais

Os candidatos Marine Le Pen e Emmanuel Macron no último debate televisivo antes das eleições presidenciais

O candidato centrista às presidenciais francesas ampliou a vantagem sobre a candidata da extrema-direita, depois do debate televisivo desta quarta-feira, segundo sondagens publicadas esta sexta, último dia da campanha.

Numa sondagem para a BFM TV, realizada na quinta-feira, o dia seguinte ao debate televisivo, Emmanuel Macron reuniu 62% das intenções de voto, mais três pontos percentuais do que na última terça.

Um tal resultado traduz o voto no candidato centrista dos 24% que votaram nele na primeira volta, de quase metade (45%) dos que votaram no candidato da direita, François Fillon, mais de metade (54%) dos que votaram no candidato da esquerda, Jean-Luc Mélenchon, e quase dois terços (72%) dos que apoiaram o socialista Benoît Hamon.

Marine Le Pen, que na primeira volta obteve 21,3%, obteve nesta sondagem 38% das intenções de voto, graças ao voto de um terço (32%) dos eleitores que a 23 de abril optaram por Fillon, 14% dos de Mélenchon e 7% dos de Hamon.

Noutra sondagem, apresentada pela televisão pública, Macron obteve 61,5% dos votos, um aumento de 2,5% em relação ao princípio da semana.

Ambas preveem uma diminuição da afluência às urnas em relação à primeira volta: na primeira, a participação prevista é de 68%, menos dez pontos percentuais que a 23 de abril, e na segunda de 76%.

O debate televisivo de quarta-feira, visto por cerca de 16,5 milhões de telespetadores, foi considerado por vários comentadores “um pugilato verbal sem precedente”.

A candidata da extrema-direita chegou a insinuar que o rival tem atualmente uma conta offshore nas Bahamas, informação que começou a surgir em alguns sites de notícias falsas. Macron rejeitou de imediato essa acusação e, esta sexta-feira, o candidato anunciou que vai processá-la por difamação.

Le Pen, que perdeu o debate televisivo segundo as sondagens, continua a não ter vida fácil. Depois de, nesta quinta-feira, ter sido recebida com ovos e insultos numa visita surpresa a a Dol-de-Bretagne, a candidata foi hoje recebida com vaias na Catedral do Reims, tendo mesmo de abandonar o local por uma porta lateral.

Amnistia Internacional alerta para “propostas perigosas”

A Amnistia Internacional quebrou hoje a reserva em matéria eleitoral para alertar para as “propostas perigosas para os direitos humanos”, em matéria de asilo, liberdades e igualdade, da candidata às presidenciais francesas Marine Le Pen.

“Considerar que certos seres humanos têm menos direitos que outros é espezinhar a própria ideia dos direitos fundamentais universais”, afirmou, em comunicado, a presidente da Amnistia em França, Camille Blanc.

Blanc sublinha que a organização, “fiel ao seu caráter não partidário, nunca na sua história apelou ao voto a favor ou contra um candidato”, mas considera ter “um dever de alerta” quando os direitos humanos são ameaçados.

Antes da primeira volta, que se realizou a 23 de abril, a Amnistia enviou a todos os candidatos dez compromissos com os direitos humanos, pedindo-lhes que os subscrevessem.

Emmanuel Macron, candidato independente centrista, pronunciou-se a favor de nove dos dez compromissos, mas Le Pen não respondeu à interpelação.

No comunicado hoje divulgado, a Amnistia apela aos eleitores que tenham consciência do impacto da eleição nos direitos humanos, não apenas em França, como “potencialmente europeu e internacional”, dada nomeadamente a participação de França na União Europeia, Conselho da Europa e Nações Unidas.

A organização considera que as propostas de Macron, sendo positivas, precisam de clarificação, mas, em relação a Le Pen, a Amnistia considera terem sido feitas durante a campanha “propostas perigosas”, “nomeadamente em matéria de asilo, de liberdades e de igualdade no acesso aos direitos”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por que Macron vai ganhar a eleição? Isso acelerará o retorno da Rússia. (Daniel 11:29a) Macron é um cavalo de Troia para a UE. Le Pen não vai lutar com Varsóvia e Budapeste.

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …