“Lupin”. Livros originais regressam aos mais vendidos com série na Netflix

EF via Netflix/Penguin

Novo fenómeno da Netflix, a série francesa Lupin estreou a bater recordes no ecrã… e não só. Com o sucesso da adaptação moderna da história clássica do ladrão Arsène Lupin, os livros originais voltaram aos tops de venda por todo o mundo com a curiosidade dos fãs.

Os livros de Arsène Lupin são um marco na cultura literária do século passado. O personagem foi introduzido em 1905 em contos publicados numa revista francesa e o sucesso foi tal que o romancista Maurice Leblanc (1864-1941) acabou por escrever 17 livros, 39 novelas e várias outras histórias, publicadas num total de 24 livros.

Em Portugal, não há edições recentes do livro; as últimas, publicadas em 2012 e 2015, estão atualmente descontinuadas.

A série da plataforma de streaming faz uma homenagem às histórias clássicas do autor, apresentando uma versão moderna da sua personagem e não uma adaptação direta. Esta adaptação moderna do Ladrão de Casaca conta a história de Assane Diop (Omar Sy), um ladrão astuto e cheio de truques na manga que cresceu a ler as aventuras de Arsène.

Diop vai à procura de respostas para o que aconteceu ao seu pai, que 25 anos antes fora acusado de um crime que não cometeu. Para tal, inspira-se na história e nos feitos do gentleman thief, criando um pseudónimo que é, na realidade um anagrama do nome de Arsène LupinPaul Sernine. O livro aparece mesmo na série, tornando-se numa das chaves para a tentativa de resolução do mistério em que o roubo de um colar milionário está envolto.

Clássicos que voltam ao top de vendas

As histórias do anti-herói francês, clássicos da literatura policial que já foram adaptados ao cinema e à televisão de forma mais literal várias vezes, voltaram a estar ‘na moda’ com o sucesso estrondoso da nova série na Netflix. Em França, o país natal, as obras dispararam para os tops de venda nacionais e foi até lançada uma nova edição, com um aspeto mais parecido à versão do livro que aparece em Lupin.

Na FNAC francesa, há duas edições do livro entre os 10 mais vendidos, o mesmo que acontece na Amazon, que tem a nova edição e outra mais antiga em quarto e quinto lugares na lista – a série já foi lançada há mais de 10 dias, altura em que estiveram no pódio.

Mas a curiosidade dos espectadores e leitores não disparou apenas em França. Noutros países, especialmente na Europa, as aventuras de Arsène estão também entre os livros mais populares nos últimos dias – em Espanha, encontra-se neste momento em 15.º na Amazon; no Reino Unido, a editora Penguin Random House ressalta o clássico como o trending book desta semana. A tendência estendeu-se também a territórios como os Estados Unidos ou até mesmo a Coreia do Sul.

Esta não é a primeira vez que uma adaptação de sucesso leva as obras que lhe deram origem para os tops de vendas. Os casos são inúmeros, mas, recentemente, houve outra série a agitar o mercado literário, desta feita no mundo dos romances históricos.

O sucesso de Bridgerton levou os livros da autora Julia Quinn aos tops, inclusive em Portugal – onde Crónica de Paixões e Caprichos ainda continua nos primeiro lugares, segundo a Wook e a FNAC

O mesmo, embora em menor escala, aconteceu com Gambito de Dama. O livro de Walter Trevis, que não tinha edição em Portugal, vai ser publicado em fevereiro pela editora Suma de Letras e já está entre os destaques nas pré-vendas.

Ambas séries da Netflix, foram (coincidência ou não) agora ultrapassadas em número de espectadores por Lupin, cujos cinco episódios devem ser vistos por mais de 70 milhões de contas do serviço nos primeiros 28 dias em exibição. A adaptação moderna para série da Netflix tem os os episódios disponíveis no catálogo da plataforma.

Avatar Espalha-Factos //

PARTILHAR

RESPONDER

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …

Já chegou o voo de repatriamento com 300 passageiros vindos do Brasil

O voo de repatriamento vindo do Brasil chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com cerca de 300 passageiros. De acordo com a RTP, o voo de repatriamento vindo de São Paulo, …

Costa imune ao descontrolo da pandemia. Popularidade de Marcelo dispara

A sondagem TSF/JN/DN regista uma avaliação positiva do primeiro-ministro e do Presidente da República, com este a atingir um novo pico de popularidade. Os líderes do PSD e do Chega surgem empatados como principais figuras da …

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …

Siza Vieira anuncia que Programa Apoiar vai ser reforçado e alargado

O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia da covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro da Economia, indicando que as medidas vão ser anunciadas na próxima semana. "Queremos reforçar …

Embaixadora deixa Venezuela na terça-feira. UE chama embaixador em Cuba

A embaixadora da União Europeia na Venezuela vai sair do país na terça-feira, informou à agência Lusa fonte diplomática europeia, sem adiantar mais detalhes. Na última quarta-feira, a Venezuela decidiu expulsar Isabel Brilhante Pedrosa, em retaliação …

EUA aprovam vacina unidose da Johnson & Johnson. Nova Zelândia volta ao confinamento

O regulador do medicamento norte-americano aprovou, este sábado, a vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson, a terceira autorizada nos Estados Unidos. A vacina em causa da Johnson & Johnson é de dose única e junta-se …

Estes traços psicológicos podem ajudar a identificar pessoas vulneráveis ao extremismo

As características dos cérebros das pessoas podem oferecer pistas sobre as suas crenças políticas, sugere um novo estudo científico. Num estudo com cerca de 350 cidadãos norte-americanos, uma equipa de investigadores examinou a relação entre as …