“Lupin”. Livros originais regressam aos mais vendidos com série na Netflix

EF via Netflix/Penguin

Novo fenómeno da Netflix, a série francesa Lupin estreou a bater recordes no ecrã… e não só. Com o sucesso da adaptação moderna da história clássica do ladrão Arsène Lupin, os livros originais voltaram aos tops de venda por todo o mundo com a curiosidade dos fãs.

Os livros de Arsène Lupin são um marco na cultura literária do século passado. O personagem foi introduzido em 1905 em contos publicados numa revista francesa e o sucesso foi tal que o romancista Maurice Leblanc (1864-1941) acabou por escrever 17 livros, 39 novelas e várias outras histórias, publicadas num total de 24 livros.

Em Portugal, não há edições recentes do livro; as últimas, publicadas em 2012 e 2015, estão atualmente descontinuadas.



A série da plataforma de streaming faz uma homenagem às histórias clássicas do autor, apresentando uma versão moderna da sua personagem e não uma adaptação direta. Esta adaptação moderna do Ladrão de Casaca conta a história de Assane Diop (Omar Sy), um ladrão astuto e cheio de truques na manga que cresceu a ler as aventuras de Arsène.

Diop vai à procura de respostas para o que aconteceu ao seu pai, que 25 anos antes fora acusado de um crime que não cometeu. Para tal, inspira-se na história e nos feitos do gentleman thief, criando um pseudónimo que é, na realidade um anagrama do nome de Arsène LupinPaul Sernine. O livro aparece mesmo na série, tornando-se numa das chaves para a tentativa de resolução do mistério em que o roubo de um colar milionário está envolto.

Clássicos que voltam ao top de vendas

As histórias do anti-herói francês, clássicos da literatura policial que já foram adaptados ao cinema e à televisão de forma mais literal várias vezes, voltaram a estar ‘na moda’ com o sucesso estrondoso da nova série na Netflix. Em França, o país natal, as obras dispararam para os tops de venda nacionais e foi até lançada uma nova edição, com um aspeto mais parecido à versão do livro que aparece em Lupin.

Na FNAC francesa, há duas edições do livro entre os 10 mais vendidos, o mesmo que acontece na Amazon, que tem a nova edição e outra mais antiga em quarto e quinto lugares na lista – a série já foi lançada há mais de 10 dias, altura em que estiveram no pódio.

Mas a curiosidade dos espectadores e leitores não disparou apenas em França. Noutros países, especialmente na Europa, as aventuras de Arsène estão também entre os livros mais populares nos últimos dias – em Espanha, encontra-se neste momento em 15.º na Amazon; no Reino Unido, a editora Penguin Random House ressalta o clássico como o trending book desta semana. A tendência estendeu-se também a territórios como os Estados Unidos ou até mesmo a Coreia do Sul.

Esta não é a primeira vez que uma adaptação de sucesso leva as obras que lhe deram origem para os tops de vendas. Os casos são inúmeros, mas, recentemente, houve outra série a agitar o mercado literário, desta feita no mundo dos romances históricos.

O sucesso de Bridgerton levou os livros da autora Julia Quinn aos tops, inclusive em Portugal – onde Crónica de Paixões e Caprichos ainda continua nos primeiro lugares, segundo a Wook e a FNAC

O mesmo, embora em menor escala, aconteceu com Gambito de Dama. O livro de Walter Trevis, que não tinha edição em Portugal, vai ser publicado em fevereiro pela editora Suma de Letras e já está entre os destaques nas pré-vendas.

Ambas séries da Netflix, foram (coincidência ou não) agora ultrapassadas em número de espectadores por Lupin, cujos cinco episódios devem ser vistos por mais de 70 milhões de contas do serviço nos primeiros 28 dias em exibição. A adaptação moderna para série da Netflix tem os os episódios disponíveis no catálogo da plataforma.

Espalha-Factos //

PARTILHAR

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …