Lula da Silva avança com novo habeas corpus

blogplanalto / Flickr

O ex-presidente do Brasil, Lula da Silva

Os advogados do ex-Presidente brasileiro avançaram, esta quinta-feira à noite, com um novo pedido de habeas corpus para evitar que seja preso.

Segundo o Expresso, a defesa de Lula da Silva apresentou o recurso no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), com o argumento de que ainda há recursos a serem apresentados junto do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Desta forma, a pena não poderá começar a ser cumprida até que esses recursos sejam analisados. Recorde-se que o juiz federal Sérgio Moro ordenou que o ex-Presidente se apresente até às 17h00 desta sexta-feira à Polícia Federal, em Curitiba.

“Relativamente ao condenado, o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, concedo-lhe, em atenção à dignidade cargo que ocupou, a oportunidade de que se apresente voluntariamente à Polícia Federal, em Curitiba, até as 17:00 do dia 06/04/2018, altura em que deverá ser cumprido o mandado de prisão”, disse Moro.

Em causa está o cumprimento de uma pena de prisão de 12 anos e um mês, com início em regime fechado, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso Lava Jato. Lula terá recebido um apartamento de luxo, em São Paulo, como suborno da construtora OAS, em troca de favorecer contratos com a petrolífera estatal Petrobras.

Moro está a agir politicamente para impedir o meu direito de defesa. O sonho de consumo desse pessoal e do Moro é de me manter pelo menos um dia preso na cadeia. Eles apostam na radicalização, o Moro aposta na radicalização, mas eu estou calmo, sereno, vou aguardar as indicações do meu advogado”, reagiu Lula, em declarações ao comentador da CBN Kennedy Alencar.

A decisão do juiz foi tomada menos de 24 horas depois de o Supremo Tribunal Federal ter negado um habeas corpus para evitar a prisão de Lula antes que se esgotem todos os mecanismos de apelo em instâncias superiores.

Numa nota enviada antes do recurso, a defesa do ex-chefe de Estado condenou a decisão do juiz, afirmando que “a expedição de mandado de prisão nesta data contraria a decisão proferida pelo próprio TRF-4 no dia 24/01, que condicionou a providência – incompatível com a garantia da presunção da inocência – ao exaurimento dos recursos possíveis de serem apresentados para aquele Tribunal, o que ainda não ocorreu”, cita o semanário.

No ano passado, Sérgio Moro tinha condenado o ex-presidente a 9 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas a pena foi ampliada em segunda instância, em janeiro, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Apresenta recurso atrás de recurso porque tem dinheiro e poderes p/ tal se fosse um cidadão do Povo (como já o foi) já estava na prisão á muito tempo. Mas estes politicos não vem o Povo como pessoas mas tão somente algo q utilizam p/ alcançar os fins q se propõem, que será vigarizar, roubar, ludibriar o Povo.
    Povo não confies em NENHUM politicos esta gentalha não vale NADA.

  2. Agora barricou-se na sede do sindicato dos metalúrgicos…
    Deve ir preso ele e logo de seguida o Michele Temer que é outro ladrão

RESPONDER

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …

Ainda há esperança para os gorilas mais raros do mundo. Foram fotografados com crias

Os gorilas do rio Cross, os mais raros do mundo, foram fotografados na Nigéria com algumas crias, aumentando a esperança para esta espécie de primatas. A fotografias foram divulgadas por uma organização não-governamental nigeriana, a …

"Já sofreu muito". Trump comuta pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comutou a pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone, que foi condenado em fevereiro a 40 meses de prisão, anunciou sexta-feira a Casa Branca. Roger …

Armas, droga, sucata e prostituição financiam neonazis portugueses (mas lucros não vão todos para a causa)

Os grupos neonazis portugueses são "bastante desorganizados" e financiam-se com dinheiro obtido em negócios ilícitos, como o tráfico de armas, de droga e de mulheres para prostituição e a sucata. Mas os ganhos obtidos não …