Londres acusa Moscovo de conduzir ciberataques em todo o mundo

A Austrália apoiou esta quinta-feira as acusações do Reino Unido sobre o “padrão de atividade cibernética maliciosa” da Rússia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico acusou hoje a inteligência militar russa de fazer ciberataques contra instituições políticas, desportivas, empresa e meios de comunicação de todo o mundo.

“Este tipo de comportamento demonstra o desejo russo de operar sem levar em conta o direito internacional ou as normas estabelecidas”, apontou Jeremy Hunt, em comunicado. O ministro britânico afirmou ainda que Moscovo age com um sentido de “impunidade e sem considerar as consequências”.

Os chefes das secretas europeias, principalmente os serviços secretos britânico e alemão, têm vindo a acusar a Rússia como a principal fonte de ameaças híbridas à Europa.

Os países citaram as tentativas de manipulação de eleições, roubo de dados sensíveis e de um golpe no Montenegro, além do envenenamento de um antigo espião russo com um agente neurotóxico que o Reino Unido atribui à Rússia.

As autoridades britânicas acreditam que a inteligência russa é responsável pelo badrabbit, um programa malicioso que bloqueia computadores e pede um resgate para reverter os danos, que em 2017 afetou a rede de metro de Kiev, o aeroporto de Odesa (Ucrânia) e o banco central da Rússia.

O Reino Unido acredita também que a Rússia esta por de trás do ataque à agência mundial de antidoping (WADA), que levou à divulgação de registos médicos de atletas, e outro contra um canal de televisão britânico, entre julho e agosto de 2015, onde conseguiram aceder a contas de correio e material de empresa.

Entretanto, a Austrália já apoiou as acusações do Reino Unido. “Isto é inaceitável e o governo australiano pede a todos os países, incluindo à Rússia, que parem com este tipo de atividades maliciosas“, declarou o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, em comunicado.

Scott Morrison afirmou que Camberra não tem sofrido grandes impactos com os ciberataques, mas salientou que “esta atividade afetou a capacidade do público noutras partes do mundo em desempenhar as suas vidas diárias. Causou um dano significativo indiscriminado em infraestruturas civis e causou milhões de dólares em danos económicos”.

O governo australiano quer ver os responsáveis punidos pelas violações das normas e leis. O Governo neozelandês decretou o seu apoio a Camberra.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Oumuamua pode ser um icebergue de hidrogénio (e um dos objetos mais raros do Universo)

Uma equipa de astrónomos da Universidade de Yale e da Universidade de Chicago propôs uma nova descrição para o Oumuamua, o primeiro objeto interestelar a passar pelo nosso Sistema Solar. De acordo com a nova teoria …

A Via Láctea pode ter sido esmagada por campos magnéticos quando ainda era um "bebé cósmico"

Nos primeiros dias do Universo, quando a Via Láctea ainda era apenas um bebé cósmico, campos magnéticos poderosos podem tê-la esmagado e ter tido um grande impacto no seu crescimento. Em entrevista ao NewScientist, astrofísicos da …

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …