Livro para crianças de Malala Yousafzai editado este mês em Portugal

United Nations / Flickr

A activista adolescente Malala Yousafzai, Prémio Nobel da Paz

“O lápis mágico de Malala”, o novo livro da jovem ativista paquistanesa Malala Yousafzai, Nobel da Paz em 2014, vai ser editado ainda este mês em Portugal.

Através de um conto autobiográfico, Malala defende o direito das raparigas irem à escola e de terem acesso à educação. Neste livro infanto-juvenil, recheado com ilustrações e imagens, a autora tenta desde início consciencializar os mais novos através do seu próprio exemplo.

A história gira em torno de uma menina chamada Malala que desejava um mundo melhor e mais justo. Esta, quando era nova, sonhava ter uma lápis mágico para poder desenhar vestidos bonitos para a mãe ou para desenhar “meninas e meninos, todos eles com direitos iguais”.

O lápis mágico de Malala, editado pela Presença, tem ilustrações de Sébastien Cosset e Marie Pommepuy, que, em conjunto, assinam como Kerascoet.

O lápis mágico de Malala, o novo livro da jovem ativista paquistanesa Malala Yousafzai

Malala é a personalidade mais nova de sempre a receber o prémio Nobel da Paz. O início da história de Malala remonta ao ano de 2009, quando tinha apenas 12 anos, idade com que escreveu um diário sobre a sua vida escolar para a BBC. Em 2010, o The New York Times lançou um documentário sobre a paquistanesa.

Dois anos depois, a  jovem foi vítima de uma tentativa de assassinato por parte do Movimento dos Talibãs do Paquistão, enquanto seguia num autocarro para a escola, tendo sido atingida por um tiro na cabeça.

Sobre o tema, Malala escreveu um dia que “A minha voz tornou-se tão poderosa que os homens perigosos tentaram silenciar-me. Mas falharam”. Este episódio deixou a comunidade internacional, que apadrinhou e acarinhou a jovem, em choque. O evento também foi o responsável pelo mediatismo de Malala.

Com apenas 17 anos, Malala ganhou o prémio Nobel, como prova do reconhecimento da sua insurreição pelos direitos das mulheres e contra o difícil acesso à educação na sua terra natal, no Paquistão, onde grupos terroristas com controlo do terreno impedem as jovens de ir à escola.

Agora, aos 20, Malala prepara-se para dar continuidade a um caminho desde então amplamente publicitado, desta vez com o lançamento do livro em questão.

Em Portugal está editado ainda o seu primeiro livro Eu, Malala, de 2013, no qual a ativista relata a sua história de vida, dirigida a um público adolescente.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Vejo como essas mulheres sofrem… eles colocam a religião a frente das coisas para justificar tais atos..simplesmente dizem que Deus quer e é assim que tem que ser… usam o nome de um Deus para defender os seus interesses, e matam a todos aqueles que se rebelam contra esse tipo de comportamento…fico super assustada de viver em um mundo com gente tão cruel ..que Deus tenha piedade dessas mulheres e de todo o povo que sofre com esses costumes

  2. Isso é um grande absurdo. Uma cultura sem leis, onde as pessoas usam o nome de Deus em vão!! Cultura extremamente machista. Alguma autoridade já deveria ter intervindo nisso! mas ninguém quer se meter. Enquanto isso esse povo sofre. Principalmente as mulheres

RESPONDER

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …

É a maior contração desde 1995. INE revê queda do PIB para 8,4%

A queda foi pior do que se esperava: o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 8,4% e não 7,6%, indicam os recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 8,4% em …

EUA aprovam terceira dose da Pfizer para maiores de 65 anos e grupos de risco

A Food and Drugs Adminustration (FDA) anunciou, na noite de quarta-feira, ter dado luz verde à administração de uma terceira dose da vacina da Pfizer em alguns casos. O organismo que regula a comercialização de medicamentos …

Estabelecimentos de Santos vão encerrar mais cedo. Psicólogos alertam que fim de restrições pode levar a excessos

Redução do horário é a solução encontrada pelos empresários para dar resposta à recente onda de criminalidade que se tem registado na zona de Santos. Especialistas em psicologia apontam o levantar das medidas de restrição, …

885 novos casos e cinco mortes. Internamentos continuam em queda

Portugal registou 885 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

Número de professores de informática é insuficiente para responder à procura

Aquela que poderia ser uma notícia positiva tem, na realidade, um contexto negativo, já que evidencia uma falha estrutural do sistema de ensino português. De acordo com as informações veiculadas pela Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), …