Livre defende a exclusão da disciplina de Educação Moral e Religiosa da escola pública

Patrícia Gonçalves, candidata às eleições legislativas pelo Livre, considera que “não faz sentido haver ensino confessional” na escola pública.

Em entrevista ao Público, Patrícia Gonçalves, número cinco da lista do Livre por Lisboa, explicou o que motiva o partido a defender a exclusão da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) do currículo das escolas públicas.

“Achamos que na escola pública não faz sentido haver ensino confessional. As pessoas têm a liberdade de escolher o ensino confessional que quiserem, mas podem fazê-lo fora da escola pública, na escola pública isso não deve ser feito”, considerou.

Para o fazer, o Livre defende que esta disciplina deve deixar de ser curricular, ou seja, “deve poder ocupar extremos de horário para não estar dentro do horário normal das outras disciplinas”. “Não acredito que seja possível resolver esta questão de uma vez.”

Patrícia Gonçalves considera que a segunda questão tem a ver com os professores. “Os professores de Educação Moral e Religiosa são pagos pelo erário público, como os outros professores, e têm de ter validação do Patriarcado. Ao mesmo tempo são funcionários públicos que, se perderem a confiança do Patriarcado, não podem dar mais aulas e ficam impedidos de trabalhar”, explicou.

“Por isso, o segundo passo é que estas pessoas deixem de ser pagas pelo erário público, deixem de ser funcionários públicos. O caminho é afastar este tipo de ensino da escola e levá-lo para a catequese, para as igrejas, onde ele deve ser ensinado”, disse a candidata.

O Livre considera que o primeiro passo é mais simples do que o segundo, uma vez que “os professores deixarem de ser pagos pelo erário público é uma luta grande”. “São mais de dois mil professores de EMRC no país e isto tem implicações na vida das pessoas e também no equilíbrio da Igreja Católica.”

Quanto à polémica em torno desta proposta, Patrícia Gonçalves considera que isso acontece pelo facto de a Igreja Católica ter muito poder em Portugal. “Em Maio de 2018, tínhamos 35% de católicos praticantes e 48% de não praticantes. A grande parte dos não praticantes nem sequer acredita no que está na Bíblia. No que toca à religião, as pessoas ou estão muito ligadas por razões emocionais e de educação ou são supersticiosas, por isso, acham complicado mexer nestes assuntos.”

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Só quem não tem ideias nem mais nada para inventar se vai lembrar de proibir o que é opcional há décadas…
    Portugal a precisar de alternativas sérias para e só nos calham duques.
    Enfim.

  2. Concordo, menos com a interpretação do Livre no último parágrafo. Não tinha que se meter numcampo que não é o de um partido político.
    Efetivamente, não faz sentido nenhuma educação religiosa na escola pública. Seja qual for a confissão.O que é curioso em Portugal é que no ensino privado, podendo ter essa disciplina e dar-lhe o relevo que muito bem entenderem, tanto quanto sei a maioria dos colégios estão-se nas tintas para a religião e não estão para perder tempo (horários) com isso. E, surpreendentemente, para a boa educação, para os pais e para a sociedade civil está tudo bem

RESPONDER

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor. A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, …

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP. A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes …

Na fase inicial da pandemia, o setor privado "não quis e não entrou no combate à pandemia"

A antiga ministra da Saúde Ana Jorge considera que os privados podem ser envolvidos na luta contra a pandemia, recebendo doentes não covid-19, mas avisa que é preciso um “equilibro” nessa ação, depois de estes …

Uso de máscara pode salvar 130 mil vidas nos EUA até final de fevereiro, revela estudo

As medidas de distanciamento social, principalmente o uso de máscaras em público, podem salvar até 130 mil vidas nos Estados Unidos (EUA), revelou um novo estudo divulgado na sexta-feira. Em abril, o Presidente dos Estados Unidos …