A linguagem de Benoit está a morrer. O senegalês quer salvá-la através da música

(cv) The Washington Post

Benoit Fader Keita

O senegalês Benoit Fader Keita está a usar o poder da música para salvar a sua linguagem, ménik, que tem apenas 3 mil falantes e está em risco de extinção.

Benoit Fader Keita nasceu no Senegal e fala ménik, uma das 25 línguas nativas reconhecidas do Senegal, mas que tinha apenas cerca de 3 mil falantes na última contagem.

Se na escola falasse esta linguagem, tinha uma punição: andar com um osso de vaca amarrado por um fio à volta do pescoço o dia todo. Benoit teve de usar o osso inúmeras vezes, escreve o The Washington Post. A escola quer coagir os alunos a falarem francês.

Agora, Benoit quer mudar este estigma e incentivar os mais jovens a falarem a sua linguagem nativa. O senegalês de 35 anos escreve e canta canções de rap e reggae em ménik para encorajar os jovens a falar este idioma falado por caçadores-coletores.

Enquanto na Europa há políticas para proteger e promover as línguas em risco de extinção, na maior parte de África isso não existe.

“O que o Benoit está a fazer é muito importante, porque influencia a juventude”, disse Adjaratou Oumar Sall, linguista da Universidade Cheikh Anta Diop, em Dakar.

O próprio Benoit reconhece a força do seu movimento: “Antes, as pessoas eram um pouco inseguras sobre falar ménik, mas agora estão orgulhosas”.

Ménik é falado pelo povo Bedik, uma minoria étnica que vive em aldeias remotas nas montanhas na região sudeste de Kédougou. Benoit cresceu a aprendê-la, por influência do seu pai, que era caçador, e da sua avó, que lhe contava histórias sobre a sua cultura.

Em 2012, o território Bedik foi declarado parte do Património Mundial da UNESCO devido à cultura local e às suas tradicionais casas de barro.

A popularidade de Benoit como cantor começou a crescer no ano passado, depois de um concerto na véspera de Ano Novo em Bandafassi, que atraiu cerca de 200 pessoas. Depois disso, as crianças nas aldeias sabem todas as letras das suas canções.

O cantor revela que os ouvintes ocasionalmente contactam-no para dizer que ele pronunciou algo errado. Em ménik, o significado de uma palavra muda caso se aumente ou diminua o seu tom, salienta o jornal norte-americano.

Para Benoit o que conta é passar o legado. Recentemente, uma criança disse-lhe que queria ser cantor como ele. “Eu disse a mim mesmo, talvez daqui a cinco ou dez anos, não serei capaz de ter sucesso, mas outra pessoa terá”, atirou Benoit.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …