/

Liga dos Campeões: 32 equipas, 32 jogadores que podem brilhar

O melhor jogador da Liga portuguesa está na lista. Internacional português do Manchester City também entra nas escolhas.

A Liga dos Campeões já arrancou, desta vez numa velocidade diferente, já que vai haver jogos em quase todas as semanas até dezembro. Mas, no meio da rapidez, há discernimento e calma suficientes para olhar para uma lista de 32 jogadores que merecem ser seguidos com atenção; um por cada uma das 32 equipas que chegaram à fase de grupos do torneio.

Na lista elaborada pelo portal GiveMeSport, que excluiu os grandes nomes do futebol europeu (como Cristiano, Messi ou Lewandowski), o representante do FC Porto é, sem surpresas, o melhor jogador do último campeonato português: Corona. “Não, não é uma piada sobre a pandemia”, começa por escrever o portal, que destaca o “extremo voador” que pode ameaçar os adversários do Grupo C e que começou muito bem a presente temporada.

Rúben Dias, que saiu do Benfica rumo ao Manchester City, é o eleito do plantel de Guardiola. O internacional português pode ser “aquela peça” que faltava ao City para chegar ao topo da Europa. Espera-se que Rúben Dias torne mais sólida a defesa da turma inglesa.

Agora, nas equipas comandadas por treinadores portugueses, o destaque do Marselha (André Villas-Boas) é Duje Ćaleta-Car, defesa internacional pela Croácia; Mady Camara, médio que é uma das grandes figuras do Olympiacos (Pedro Martins); e Viktor Kovalenko, médio ucraniano liderado por Luís Castro no Shakhtar Donetsk.

O campeão europeu Bayern Munique conta com um jovem em ascensão chamado Jamal Musiala. Do Real Madrid surge a eterna promessa chamada Martin Ødegaard. Em Liverpool joga Joël Matip e na Juventus, entre os colegas de Cristiano Ronaldo, salienta-se a presença de Dejan Kulusevski. Merece também referência Demba Ba, do Başakşehir, que aos 35 anos é o futebolista mais velho nesta lista.

Confira os outros jogadores que merecem ser observados:

Sergino Dest – Barcelona

Lucas Torreira – Atlético de Madrid

Jules Koundé – Sevilha

Billy Gilmour – Chelsea

Donny van de Beek – Manchester United

Nicolo Barella – Inter Milão

Mario Pašalić – Atalanta

Sergej Milinković-Savić – Lazio

Giovanni Reyna – Borussia Dortmund

Florian Neuhaus – Borussia Monchengladbach

Alexander Sørloth – Leipzig

Moise Kean – PSG

Danielle Rugani – Rennes

Sardar Azmoun – Zenit

Marcus Berg – Krasnodar

Fedor Smolov – Lokomotiv Moscovo

Hans Vanaken – Brugge

Mohammed Kudus – Ajax

Sekou Koita – Salzburgo

Mykola Shaparenko – Dínamo Kiev

Anders Dreyer – Midtylland

Tokmac Chol Nguen – Ferencvárosi

PUBLICIDADE

  NMT, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.